Whatsapp icon Whatsapp

Consenso de Washington

O Consenso de Washington foi uma recomendação internacional elaborada em 1989, que visava a propalar a conduta econômica neoliberal com a intenção de combater as crises e misérias dos países subdesenvolvidos, sobretudo os da América Latina. Sua elaboração ficou a cargo do economista norte-americano John Williamson.

As ideias defendidas por Williamson ficaram conhecidas por terem se tornado a base do neoliberalismo nos países subdesenvolvidos, uma vez que depois do Consenso de Washington, os EUA e, posteriormente, o FMI adotaram as medidas recomendadas como obrigatórias para fornecer ajuda aos países em crises e negociar as dívidas externas.

As recomendações do Consenso de Washington eram:

a) Reforma fiscal: promover profundas alterações no sistema tributário (arrecadação de impostos), no sentido de diminuir os tributos para as grandes empresas para que elas aumentassem seus lucros e o seu grau de competitividade;

b) Abertura comercial: proporcionar o aumento das importações e das exportações através da redução das tarifas alfandegárias;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

c) Política de Privatizações: reduzir ao máximo a participação do Estado na economia, no sentido de transferir a todo custo as empresas estatais para a iniciativa privada;

d) Redução fiscal do Estado: reduzir os gastos do Estado através do corte em massa de funcionários, terceirizando o maior número possível de serviços, e diminuição das leis trabalhistas e do valor real dos salários, a fim de cortar gastos por parte do governo e garantir arrecadação suficiente para o pagamento da dívida pública.

Caso os países se recusassem a cumprir essas normas, encontrariam dificuldade de receberem investimentos externos e ajuda internacional por partes dos EUA e do FMI.

Tais medidas foram amplamente criticadas por grupos de esquerda, que defendem que a retirada do Estado da economia e a abertura exagerada da economia para o capital internacional proporcionam a precarização do trabalho e a diminuição da qualidade de vida da população.

Publicado por Rodolfo F. Alves Pena

Artigos Relacionados

A realização de acordos internacionais é de suma importância em uma economia globalizada
Acordos Internacionais
A atuação dos acordos internacionais numa economia globalizada.
Agricultura Orgânica: agricultura em harmonia com a natureza
Agricultura Orgânica
Clique aqui e conheça as características e o objetivo da agricultura orgânica!
Na economia de mercado, o sistema financeiro é guiado pela iniciativa privada
Economia de Mercado
O conceito de economia de mercado e o seu papel na economia capitalista.
A década de 1990 marcou o auge do processo de privatização no Brasil
Privatizações no Brasil
Compreenda os debates e principais fatos referentes às privatizações no Brasil!
video icon
Filosofia
O que é utopia?
Utopia é um termo que indica um lugar inexistente ou, ao menos, distante. É um termo que pode ser aplicado às várias tentativas ao longo da história da humanidade de estabelecer-se uma crítica social que melhorasse as condições vigentes por meio da apresentação de um modelo ideal. O utópico está ligado ao ideal, àquilo que não existe, mas que deve ser buscado, pois apresenta os melhores moldes para uma sociedade mais avançada.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Anaxágoras
Assista nossa videoaula para entender mais sobre o pensamento pluralista de Anaxágoras.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."