Whatsapp icon Whatsapp

Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito ocorrido entre 1914 e 1918 que envolveu vários países e terminou com a assinatura do Tratado de Versalhes, em 1919.
A Batalha de Verdun foi uma das mais importantes da Primeira Guerra Mundial e ocorreu em abril de 1916.
A Batalha de Verdun foi uma das mais importantes da Primeira Guerra Mundial e ocorreu em abril de 1916.

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito envolvendo vários países entre 1914 e 1918, na Europa. As origens remontam a meados do século XIX, quando as grandes potências europeias disputavam entre si mercado consumidor, matéria-prima e metais preciosos na Ásia e na África. Essa disputa levou à corrida armamentista, ou seja, investimento em armamentos potentes caso houvesse enfrentamento entre essas potências.

Essa guerra se encerrou logo após a assinatura do Tratado de Versalhes, em 1919. O domínio europeu sobre o mundo deixou grandes consequências, como a ascensão dos Estados Unidos como maior país capitalista e o surgimento do nazifascismo na Alemanha e na Itália.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Leia também: A vida nas trincheiras durante a Primeira Guerra

Resumo

  • A Primeira Guerra Mundial foi um conflito envolvendo vários países entre 1914 e 1918.

  • Desde o século XIX, as potências europeias rivalizavam o domínio das novas colônias na Ásia e África, o que gerou a corrida armamentista.

  • A Paz Armada significou o investimento em armamentos no período anterior à guerra.

  • Duas alianças foram formandas na guerra: Tríplice Aliança (Alemanha, Itália e Império Austro-Húngaro) e Tríplice Entente (Estados Unidos, Rússia, França e Inglaterra).

  • O Brasil participou da guerra após submarinos alemães afundarem navios brasileiros e enviou para a Tríplice Entente auxílio médico e humanitário.

  • As consequências da guerra foram a Alemanha sendo acusada de ser a grande culpada pelo conflito, o domínio dos Estados Unidos e o fim da Era dos Impérios.

  • A Segunda Guerra Mundial retomou alguns resquícios deixados pela Primeira Guerra Mundial, como a vingança de Adolf Hitler contra os termos do Tratado de Versalhes.

Videoaula sobre a Primeira Guerra Mundial

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Antecedentes e motivos da Primeira Guerra Mundial

Em meados do século XIX, a Europa atravessava a segunda fase da Revolução Industrial, quando outros países passavam pelo processo de industrialização. As unificações alemã e italiana, ocorridas no mesmo período, acirraram a concorrência dessas potências para expandir o domínio econômico em outras regiões, como a Ásia e a África. Essas unificações se deram por meio de guerras entre as nações europeias.

O neoimperialismo foi o domínio europeu sobre o continente asiático e africano. Além das questões econômicas, a cultura foi outro fator importante para o domínio europeu nesses continentes. A Europa representava o desenvolvimento e o progresso, enquanto a África e a Ásia era consideradas “inferiores” e necessitavam desse domínio externo para aderir à civilização.

O lucro obtido nessa exploração possibilitou às potências europeias grande investimento na produção de armas de guerra, tendo em vista que o neoimperialismo acirrou as disputas entre elas. Outra área que recebeu investimentos foi a cultura, por isso o período anterior à Primeira Guerra Mundial é denominado Belle Époque, ou seja, “bela época”, quando a Europa era a maior referência na produção cultural.

Com o êxito econômico e o surgimento de outros países, como Alemanha e Itália, os nacionalismos ganharam força na Europa. Por conta disso, cada nação se via como soberana, enquanto as demais eram ameaças ao seu desenvolvimento.

O estopim da Primeira Guerra Mundial aconteceu em 28 de junho de 1914, quando o arquiduque do Império Austro-Húngaro, Francisco Ferdinando, e sua esposa, Sophie, foram assassinados enquanto desfilavam pelas ruas da cidade de Sarajevo, na Bósnia. Naquela época, o território era dominado pelos austríacos e vários grupos clandestinos surgiram para lutar em favor da independência. Um desses grupos era o “Mão Negra”, do qual Gravilo Princip, autor dos disparos que mataram Ferdinando e Sophie, fazia parte. Esse grupo tinha ligação com a Sérvia. Logo após o atentado, o Império Austro-Húngaro declarou guerra à Sérvia, e o que era para ser uma guerra punitiva se tornou uma guerra mundial. A Alemanha, aliada dos austríacos, ofereceu apoiou militar. Por sua vez, a Sérvia era aliada da Rússia e da França, que ficaram do lado dos sérvios.

Leia também: Revolução Russa — outro grande acontecimento do século XX

Quais países participaram da Primeira Guerra Mundial?

No período anterior à Primeira Guerra Mundial, ocorreu a política de alianças, que consistia em acordos diplomáticos feitos entre países em caso de ataque militar. Essa política foi determinante na formação das duas tríplices que entraram em conflito a partir de 1914:

1) Tríplice Aliança:

  • Alemanha

  • Itália

  • Império Austro-Húngaro

  • Império Otomano

2) Tríplice Entente:

  • Estados Unidos

  • Rússia

  • França

  • Inglaterra

Cabe ressaltar que, em 1917, ocorreu uma modificação que foi determinante para a vitória da Entente na guerra. Por conta da Revolução Bolchevique, os russos se retiraram das trincheiras da Primeira Guerra Mundial. Já os Estados Unidos entraram no conflito logo após um submarino alemão afundar um navio norte-americano.

Quais foram as fases da Primeira Guerra Mundial?

  • Guerra de Movimento

A Guerra de Movimento foi a primeira fase da guerra e aconteceu em 1914. Os alemães conquistaram territórios franceses logo após a invasão da Bélgica. Enquanto o inimigo marchava para Paris, o governo francês transferiu a capital para Bordeaux. Porém, a França conseguiu bloquear o avanço da Alemanha em setembro daquele ano.

Nesse período, ocorreu a “trégua de Natal”. Na região de Ypres, os soldados que estavam nas trincheiras cessaram os conflitos em dezembro de 1914, por ocasião da véspera de Natal. Os soldados aproveitaram essa trégua para confraternizar entre si e com os inimigos que estavam do outro lado da trincheira. Além do clima festivo, houve troca de alimentos e cigarros. Porém, acabado o clima festivo, as tropas voltaram à guerra. Para saber mais, leia: Trégua de Natal na Primeira Guerra Mundial.

Estátua localizada em Liverpool (Inglaterra) que recorda a “trégua de Natal” ocorrida em dezembro de 1914. [2]
Estátua localizada em Liverpool (Inglaterra) que recorda a “trégua de Natal” ocorrida em dezembro de 1914. [2]
  • Guerra de Posições

A segunda fase e a mais duradoura da Primeira Guerra Mundial ocorreu entre 1914 e 1918. Foi o período em que os países adotaram estratégias militares baseadas no avanço territorial e na ampliação das trincheiras, que eram valas abertas no solo onde os soldados se abrigavam e atacavam os inimigos. Foi nesse período que a Rússia saiu da guerra, por conta da Revolução Bolchevique, e os Estados Unidos entraram, logo após ataque alemão.

  • Ofensivas de 1918

Já próximo ao final da guerra, começou a ofensiva de 1918. Nessa última fase, os países utilizaram novos armamentos, como o tanque e os aviões de caça para bombardeios, além do aumento do efetivo por conta da entrada dos norte-americanos no front. A Alemanha não tinha mais forças para reagir aos ataques da Tríplice Entente e, no final do ano, se rendeu.

Leia também: Tsar bomb — a bomba mais potente já produzida

Brasil na Primeira Guerra Mundial

Venceslau Brás governou o Brasil durante todo o período da Primeira Guerra Mundial. Quando o conflito começou, ele decidiu pela neutralidade brasileira. Nessa época, o nosso país começava a se industrializar por meio da substituição de importações. As indústrias europeias pararam sua produção para atender a guerra. Por isso, o Brasil começou a fabricar em seu próprio território os produtos industrializados que eram importados da Europa.

Apesar das pressões sofridas para que o Brasil se posicionasse durante a guerra, inclusive de Rui Barbosa, o presidente Venceslau Brás manteve sua opção pela neutralidade. Submarinos alemães navegavam próximos ao litoral brasileiro, em uma clara ameaça à soberania nacional. Em 1917, esses submarinos afundaram navios brasileiros, fazendo com que Brás mudasse o posicionamento do Brasil ao declarar guerra contra a Alemanha, alinhando-se com a Tríplice Entente.

A participação do Brasil na guerra consistiu no envio de auxílio humanitário e remédios para o conflito na Europa e de apoio logístico nos combates no Oceano Atlântico. Para saber mais, leia: Brasil na Primeira Guerra Mundial.

Consequências da Primeira Guerra Mundial

Com a rendição alemã e o encerramento da Primeira Guerra Mundial, em 1918, começava-se a discutir os desdobramentos do acordo de paz. O presidente norte-americano Woodrow Wilson sugeriu “14 pontos de paz” no intuito de evitar um novo conflito mundial. A partir dessa proposta, surgiu a Liga das Nações, uma entidade internacional que pretendia mediar disputas entre países de forma diplomática.

Em 1919, foi assinado o Tratado de Versalhes, que considerou a Alemanha a grande culpada da guerra e alvo das maiores sanções e de pagamentos de indenizações aos países vencedores. Os alemães saíram do primeiro conflito mundial humilhados, o que abriu espaço para o surgimento de líderes radicais como Adolf Hitler, que usou o ressentimento como motivo para se vingar do resultado daquele tratado.

Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial, iniciada em 1939, foi uma amostra de que os acordos de paz finalizados após a Primeira Guerra Mundial não surtiram os efeitos esperados. A Liga das Nações optou pela política de apaziguamento e não interferiu na política expansionista da Alemanha nazista. Hitler descumpriu as sanções do Tratado de Versalhes, rearmou seu exército, ordenou a reconstrução de aviões de guerra, preparando a Alemanha para mais uma guerra.

Exercícios resolvidos sobre a Primeira Guerra Mundial

1) Dos fenômenos abaixo citados, assinale aquele que é considerado como o causador da Primeira Guerra Mundial.

a) O assassinato da família imperial russa.

b) O fim do colonialismo africano.

c) A emancipação dos povos árabes.

d) O descumprimento do Tratado de Versalhes por parte da Alemanha.

e) O assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando, herdeiro do trono austríaco.

Resolução

Letra E. O assassinato do arquiduque Francisco Ferdinando foi o estopim da Primeira Guerra Mundial.

2) (Mackenzie) A respeito do envolvimento dos EUA na Primeira Grande Guerra, é INCORRETO afirmar que:

a) foi influenciado pela intenção germânica de atrair o México, prometendo-lhe ajuda na reconquista de territórios perdidos para os EUA.

b) os EUA financiaram diretamente a indústria bélica franco-inglesa e enviaram um grande contingente de soldados ao front.

c) uma possível derrota da França e Inglaterra colocaria em risco os investimentos norte-americanos na Europa.

d) contrariando o Congresso, o presidente dos EUA rompeu a neutralidade, declarando guerra às forças do Eixo.

e) a adesão dos EUA desequilibrou as forças em luta, dando um novo alento à Entente.

Resolução

Letra D. Os Estados Unidos entraram na Primeira Guerra Mundial logo após a decisão do presidente Woodrow Wilson com a autorização do Congresso norte-americano.

Créditos das imagens

[1] Everett Collection / Shutterstock.com

[2] John B Hewitt / Shutterstock.com

Publicado por Carlos César Higa
Assista às nossas videoaulas

Artigos de Primeira Guerra Mundial

O posicionamento em trincheiras foi uma das principais características da Primeira Guerra
A vida nas trincheiras durante a Primeira Guerra
Saiba como era a vida nas trincheiras durante a Primeira Guerra e perceba que os soldados dos exércitos rivais não eram os únicos inimigos dos combatentes.
A guerra de movimento e a guerra de trincheiras: diferentes momentos da Primeira Guerra Mundial.
As fases da Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial, As fases da Primeira Guerra Mundial, guerra de posições, guerra de movimento, guerra de trincheiras, Batalha do Marne, Tríplice Aliança, Tríplice Entente, armistício de Compiègne.
O navio Cruzador Bahia foi uma das embarcações brasileiras enviadas à Primeira Guerra*
Brasil na Primeira Guerra Mundial
Saiba como aconteceu a participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial e o que isso significou para o país à época.
Woodrow Wilson ofereceu um acordo interessado em evitar outras grandes guerras.
Os 14 pontos de Wilson
O tratado que ofereceu uma “paz sem vencedores”.
A Europa sofreu os impactos de um conflito que prejudicou sua economia como um todo.
Os resultados da Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial, resultados da Primeira Guerra Mundial, retração econômica européia, o fim da hegemonia econômica européia, crescimento econômico dos Estados Unidos, ascensão dos partidos radicais, desenvolvimento das economias periféricas.
Alfred von Schlieffen e as tropas alemãs executoras de seu plano militar durante a Primeira Guerra.
Plano Schlieffen
A estratégia alemã que visava controlar militarmente a Europa.
Tríplice Entente x Tríplice Aliança: os dois lados da Primeira Guerra Mundial.
Preparativos para a Primeira Guerra Mundial
Primeira Guerra Mundial, preparativos da Primeira Guerra Mundial, conflitos da Primeira Guerra Mundial, política de alianças, imperialismo, corrida armamentista, Tríplice Aliança, Tríplice Entente.
Charge satirizando a intromissão das grandes potências na região dos Bálcãs.
Questão balcânica
A disputa imperialista que serviu de estopim para a Primeira Guerra Mundial.
A disputa pelo Marrocos foi uma das rivalidades que antecederam a Primeira Guerra Mundial.
Questão Marroquina
Uma disputa que marca a rivalidade entra as nações imperialistas.
Tratado de Versalhes: conjunto de imposições que massacraram a Alemanha no pós-Primeira Guerra.
Tratados da Primeira Guerra Mundial
Tratados da Primeira Guerra Mundial, Primeira Guerra Mundial, O mundo depois da Primeira Guerra Mundial. Tríplice Entente, Tríplice Aliança, Tratado de Versalhes, Tratado de Saint-German, Catorze pontos para a paz.
video icon
Português
Vícios de linguagem: cacofonia – eco, hiato e colisão
Palavras e expressões cacofônicas na língua portuguesa podem ser considerados vícios de linguagem. Nesta videoaula, abordaremos a cacofonia, o eco, o hiato e a colisão, desvios recorrentes na fala e na escrita.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.