Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Gramática
  3. Ortografia
  4. Porque, por que, porquê, por quê?

Porque, por que, porquê, por quê?

Você fica com dúvidas toda vez que decide usar um dos porquês? Bom, você não é o único! A verdade é que cada porquê tem um sentido diferente e é por esse motivo que necessitam de serem diferenciados!

Vejamos como fica o porquê:

Quando puder substituir por uma vez que, já que, visto que, pois ou para que, ou seja, por conjunções causais, explicativas ou final, será escrito junto e sem acento: porque.

a) Ela não gosta de viajar de ônibus porque demora demais! (visto que, uma vez que)
b) Não vá de ônibus, porque demorará demais! (pois)
c) É preciso que você não vá de ônibus porque, dessa forma, chegue a tempo! (para que)

Quando for substantivo e/ou houver um determinante antecedendo, será escrito junto e com acento: porquê. Nesse caso, seus substitutos são as palavras: motivo, razão, causa.

a) O porquê de estarmos aqui é que faremos reunião a respeito das férias de dezembro.
b) Dê-me um porquê para continuar a ajudá-lo!
c) Agora, estudaremos o uso dos porquês.

Nas orações interrogativas diretas, ou melhor, nas perguntas, use separado e sem acento: por que:

a) Por que você não veio ontem?
b) Então, por que não podemos ir?

Da mesma forma, quando a oração for afirmativa e puder ser substituído por pela qual, pelo qual, pelas quais, pelos quais ou quando a palavra “razão” estiver subentendida, use desta forma: por que.

a) Este é o motivo por que não mantemos nossas prioridades. (pelo qual)
b) Não entendi por que estamos tão ansiosos, pois de nada adianta! (por que razão)

O acento irá incidir sobre a forma “por que” (por quê) quando este vier ao final de alguma frase ou antes de pausas, ou seja, vírgulas:

a) Não sabia por quê, mas estava muito esperançoso! (por qual razão)
b) Você não foi ao cinema, por quê? (por qual motivo)

Veja mais!

Entre mim e você ou entre eu e você? - Clique aqui e tira sua dúvida!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Explique o motivo da utilização dos “porquês” neste trecho: “Estou cansada, porque trabalho o dia inteiro. Além disso, não gosto de shows ao vivo e todos sabem o porquê.”

a) Os dois porquês são utilizados aqui para trazer a explicação para o cansaço do sujeito e para o fato de não gostar de ir ao show ao vivo, um estando sem acento porque está no início da frase e o outro levando acento porque está no final da frase.

b) A primeira forma indica a explicação para o sujeito estar cansado, tendo o valor de “pois”. A segunda é um substantivo, o qual indica que o sujeito não gosta de shows ao vivo e que todos sabem disso, podendo ser substituído por “motivo”.

c) A primeira forma indica motivo, tendo o valor de “pois”, não sendo acentuado porque não é um substantivo. A segunda também indica um motivo, não sendo substantivo e levando o acento apenas porque está no final da frase.

d) A primeira forma indica causa, tendo o valor de “pois”, não estando acentuado porque é um substantivo e que está no início da frase. A segunda também indica causa, estando acentuado porque é um substantivo que está no final da frase.

e) A primeira forma indica causa, tendo o valor de “porém”, não estando acentuado porque é um substantivo que está no início de frase. A segunda indica explicação, estando acentuado porque é um substantivo que está no final da frase.

Questão 2

Indique qual é a frase cujo uso do “porquê” está correto.

a) Ontem fomos à praia porquê fazia sol.

b) Por que recebi ontem, fui ao mercado fazer compras.

c) Fernanda não foi trabalhar hoje porque está doente.

d) Mudei de canal por quê quis.

e) O paciente não entendeu o por que de tanta preocupação.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O emprego do hífen
Constate algumas informações de relevante importância!
As formas variantes ligadas à ortografia
Amplie seus conhecimentos conhecendo-as aqui!
Um estudo acerca das expressões (para) trás, atrás e traz
Aprenda a empregá-las corretamente!
“Bom dia” como saudação: sem hífen; na qualidade de substantivo, com hífen
Bom dia: com ou sem hífen?
Deseja ampliar ainda mais sua competência linguística? Então clique e confira se “bom dia” se escreve com ou sem hífen.
As vezes = artigo definido e substantivo; significa “as ocasiões”. Às vezes = locução adverbial de tempo que significa “de vez em quando”
As vezes ou às vezes?
Sane todas as suas dúvidas a respeito das expressões “as vezes” e “às vezes”. Vamos lá?
Assim como o substantivo PREVENÇÃO, o verbo PREVENIR deve ser escrito com a vogal E na segunda sílaba
Prevenir ou previnir?
Neste artigo você encontra a resposta para a seguinte dúvida: a ortografia correta é prevenir ou previnir?
Ortografia: Emprego do s, z, e, i, g, j, x e ch.
Normas práticas para algumas grafias.
Para não fazer confusão na hora de escolher qual usar, é importante conhecer seus significados
Sessão, seção ou cessão?
O uso das palavras sessão, seção e cessão geram muitas dúvidas. Clique aqui e aprenda usá-las de forma correta!
Palavras homógrafas, homófonas e homônimos perfeitos
Entenda o significado desses termos e não tenha mais dúvidas!
Ortoepia e prosódia
Saiba um pouco mais sobre as características que elas se referem!
As terminações “-IZAR” e “-ISAR” – características relevantes
Constate acerca de alguns pressupostos a elas relacionados!
Por ora e por hora, mesmo em se tratando das semelhanças gráficas e sonoras, possuem sentidos distintos
Por ora e por hora
Por ora e por hora mesmo apresentando semelhanças, divergem quanto ao significado. Por ora significa por agora; e por hora significa a cada hora.