Whatsapp icon Whatsapp

Charlie Chaplin

Charlie Chaplin foi um cineasta e ator britânico. É considerado um dos grandes nomes do cinema no século XX, marcando tanto o cinema mudo quanto o cinema falado.
Retrato em preto e branco de Charlie Chaplin
Charlie Chaplin foi um dos grandes atores da história do cinema.[1]

Charlie Chaplin foi um ator e cineasta britânico que teve longa carreira no cinema, sendo um dos grandes nomes da sétima arte no século XX. Marcou gerações produzindo filmes mudos e também filmes falados, tendo popularizado um personagem: O Vagabundo, também conhecido como Carlitos.

Charlie Chaplin nasceu em uma família muito pobre e teve uma vida pessoal polêmica, com quatro casamentos e 11 filhos. Ficou conhecido por ter um temperamento explosivo no trabalho e na vida pessoal. Entre seus filmes mais importantes, estão: O Grande Ditador, Tempos Modernos e O Garoto.

Leia mais: Indústria cultural — faz da arte um subproduto produzido em massa para render lucro a uma indústria, como a cinematográfica

Resumo sobre Charlie Chaplin

  • Charlie Chaplin foi um ator e cineasta britânico que ficou conhecido como um dos grandes nomes do cinema.

  • Fez sua fama com os filmes do cinema mudo mas também fez filmes falados.

  • Nasceu em uma família pobre de Londres e teve dois pais artistas.

  • Entre alguns de seus filmes de destaque estão: Em Busca do Ouro, O Garoto e Tempos Modernos.

  • Teve quatro casamentos, gerando 11 filhos no total.

  • Foi proibido de entrar novamente dos EUA em 1951 como consequência da histeria anticomunista.

Biografia de Charlie Chaplin

  • Infância de Charlie Chaplin

Charles Spencer Chaplin Junior nasceu no dia 16 de abril de 1889, na cidade de Londres, capital inglesa. Apesar de seu nome de origem ser Charles, ele ficou popularizado enquanto artista como Charlie. Era filho de pais artistas que trabalhavam com entretenimento na Inglaterra do final do século XIX.

A condição financeira da família Chaplin durante a sua infância era bastante ruim. Seus pais se divorciaram com ele ainda criança, e isso fez com que a situação de todos piorasse bastante. Sua mãe, Hannah Chaplin, teve de abandonar a carreira de entretenimento por conta de problemas vocais.

Hannah Chaplin tinha dificuldade em manter o sustento de seus filhos, o que fez Charlie Chaplin parar em abrigos para crianças carentes em alguns momentos de sua infância. O pai de Chaplin, também chamado Charles Chaplin, não se importava muito com os seus filhos e pouco os ajudava financeiramente. Além disso, Charles Senior era alcoólatra.

A mãe de Chaplin foi internada com sintomas de psicose causada por sífilis e desnutrição. Seu pai morreu, com apenas 38 anos, de cirrose.

  • Vida pessoal de Charlie Chaplin

Sua vida pessoal foi marcada pelos quatro casamentos que Charlie Chaplin teve ao longo de sua vida, sendo que o mais duradouro foi o último, com 34 anos de duração e se encerrando apenas com a morte do ator britânico. Seu casamento com Oona O’Neill se estendeu de 1943 a 1977, e os outros matrimônios foram com Mildred Harris (1918-20), Lita Grey (1924-27) e Paulette Goddard (1936-42).

Chama atenção o fato de que três dos quatro casamentos de Charlie Chaplin foram com mulheres com menos de 20 anos de idade. As suas duas primeiras esposas tinham 16 anos quando se casaram com o ator. A sua última esposa, Oona, tinha apenas 18 anos quando se casou com Chaplin.

Além disso, muitos biógrafos de Charlie Chaplin apontam que ele tinha um comportamento explosivo com suas mulheres, com seus filhos e, até mesmo, com colegas de trabalho. Ao longo de sua vida, ele teve 11 filhos: Norman, Charles, Sydney, Geraldine, Michael, Josephine, Victoria, Eugene, Jane, Annette e Christopher.

  • Morte de Charlie Chaplin

A saúde de Charlie Chaplin demonstrou sinais reais de enfraquecimento a partir da década de 1970. Nessa época ele já morava na Suiça com sua última esposa, Oona. Seu falecimento aconteceu no dia 25 de dezembro de 1977, quando o ator britânico teve um AVC enquanto dormia. Seu corpo foi sepultado na Suiça.

Leia mais: Frida Kahlo — uma artista à frente do seu tempo, teve vida marcada por resistência, sofrimento, paixões e luta

Carreira de Charlie Chaplin no cinema

Charlie Chaplin cresceu com pais artistas e desenvolveu o gosto pela arte ainda cedo. Ele ingressou em grupos de artistas itinerantes e fez pequenos shows de comédia por meio de mímicas. Em 1906, tornou-se membro da companhia de comédia de Fred Karno, uma das mais prestigiadas da Inglaterra.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir de 1910, a companhia de comédia que Charlie Chaplin fazia parte deu início a uma turnê nos Estados Unidos, e essa turnê mudou definitivamente o rumo da vida do ator britânico. As cenas de comédia protagonizadas por Charlie Chaplin chamaram a atenção, e ele recebeu uma proposta para participar de filmes em Hollywood.

Em 1914, o comediante ingressou na Keystone Studios para participar do seu primeiro filme, Making a Living. Nesse momento, Chaplin iniciou sua trajetória no cinema mudo. Como ator de cinema mudo, ele ficou conhecido por criar um personagem que se popularizou: O Vagabundo, também chamado de Carlitos.

As comédias de que Charlie Chaplin participava alcançaram grande sucesso, e isso permitiu que ele tivesse a própria produtora de vídeo: a United Artists. Com sua produtora, ele produziu filmes que se tornaram clássicos de sua filmografia, como O Garoto (1921) e Em Busca do Ouro (1925).

O final da década de 1920, uma nova tendência surgiu no cinema: o som. A possibilidade de fazer cinema falado não agradava a Chaplin, e ele resistiu ao máximo à adesão do som e de falas em seus filmes. Tempos Modernos (1936) teve alguns efeitos sonoros, mas as falas só chegaram aos filmes desse diretor e produtor em 1940.

Cena do filme O Grande Ditador, protagonizado por Charlie Chaplin.
Cena do filme O Grande Ditador, protagonizado por Charlie Chaplin.

Em 1940, ele lançou O Grande Ditador, filme que critica os nazistas e Adolf Hitler. Depois da Segunda Guerra Mundial, os posicionamentos políticos de Chaplin em seus filmes começaram a lhe trazer problemas, num cenário em que a histeria anticomunista começou a ganhar espaço na sociedade norte-americana.

Em 1947, Chaplin lançou Monsieur Verdoux, filme com críticas ao capitalismo e à proliferação das armas de destruição em massa. Conta-se que o filme chegou a ser vaiado nos Estados Unidos. Charlie Chaplin passou a ser investigado pelo FBI por suas visões políticas, e foram buscados meios para expulsá-lo dos Estados Unidos.

Em 1951, Chaplin foi a Londres, e então o governo norte-americano agiu para impedir o retorno do cineasta britânico. Ele teve o seu visto revogado, por isso foi impedido de entrar novamente nos Estados Unidos. O artista deixou sua esposa responsável pelos negócios e propriedades nos Estados Unidos, e juntos foram residir na Suíça.

Filmografia de Charlie Chaplin

A lista de filmes de Charlie Chaplin é enorme, mas aqui estão alguns dos principais longas da sua carreira:

  • The Kid (1921)

  • The Gold Rush (1925)

  • City Lights (1931)

  • Modern Times (1936)

  • The Great Dictator (1940)

  • Monsieur Verdoux (1947)

  • Limelight (1952)

  • A King in New York (1957)

  • A Woman of Paris (1923)

  • The Circus (1928)

  • Shoulder Arms (1918)

  • A Dog's Life (1918)

  • The Immigrant (1917)

  • Easy Street (1917)

  • The Kid Auto Races at Venice (1914)

  • The Tramp (1915)

  • The Vagabond (1916)

  • A Day's Pleasure (1919)

  • Pay Day (1922)

  • The Pilgrim (1923)

Prêmios de Charlie Chaplin

Ao longo de sua carreira, o ator britânico conquistou uma série de prêmios e honrarias por seu trabalho como cineasta. As premiações mais significativas que ele recebeu foram os Oscars Honorários da Academia, em 1971. Ele também recebeu premiações em eventos na Inglaterra e Itália, além da honraria de ser chamado de Sir pela monarquia britânica.

Leia mais: Oscar — maior cerimônia de premiação de cinema no mundo

Frases de Charlie Chaplin

  • “Se matamos uma pessoa somos assassinos. Se matamos milhões de homens, celebram-nos como heróis.”

  • “O amor perfeito é a mais bela das frustrações, pois está acima do que se pode exprimir.”

  • “A vida é uma tragédia quando vista de perto, mas uma comédia quando vista de longe.”

Fontes

MARTINELLI, Armando. 130 anos de Charlie Chaplin. Disponível em: http://cienciaecultura.bvs.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0009-67252019000300015

REDAÇÃO. Overview of his life. Disponível em: https://www.charliechaplin.com/en/articles/21-Overview-of-His-Life

VENTURA, Dalia. O extraordinário (e esquecido) caso do sequestro do caixão de Charles Chaplin. Disponível em: https://www.bbc.com/portuguese/geral-64091751

Crédito da imagem

[1]Commons

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

Física do cinema 3D
Descubra por que os filmes do cinema 3D parecem ser tão reais e por que devemos utilizar os óculos 3D.
O primeiro filme de cinema
Nitrato de celulose, polímero usado no cinema, primeiro filme de cinema, material altamente inflamável, material produzido a partir da celulose com ácido nítrico concentrado, alta inflamabilidade e solubilidade, películas de filmes, rolos dos filmes antigos de cinema.
Origem do Cinema
Conheça como ocorreu a origem do Cinema na virada do século XIX para o século XX.
Oscar
Clique e saiba mais detalhes a respeito do Oscar, a maior premiação de cinema do mundo. Entenda como surgiu e veja algumas curiosidades a respeito dessa cerimônia.