Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Festa Junina
  3. Simpatias de São João

Simpatias de São João

Nos dias 23 e 24 de junho, é comum que se faça em muitas regiões do Brasil as ditas Simpatias de São João, o santo festejado nessa época.

São João Batista é um dos santos mais prestigiados das festas juninas, ao lado de Santo Antônio de Pádua, de São Pedro e de São Paulo. João Batista, como é narrado nos Evangelhos, era um pregador do deserto que batizava as pessoas às margens do rio Jordão e foi o responsável por anunciar a vinda de Jesus Cristo como o salvador da humanidade. As histórias relacionadas com São João há muito tempo fazem parte da cultura popular católica, e muito elementos delas se encontram nas festas juninas, em especial no dia reservado para festejar esse santo: 24 de junho.

Na noite do dia 23 e no dia 24 de junho, era comum (e ainda é, a depender da região) nos sertões brasileiros realizar uma série de simpatias, aproveitando o dia da festa de São João. A maior parte dessas simpatias era de adivinhação, principalmente relacionada com o casamento.

A festa dedicada a São João Batista acontece no dia 24 de junho
A festa dedicada a São João Batista acontece no dia 24 de junho


Adivinhações relacionadas à fogueira

A fogueira é um dos elementos de mais destaque nas festas juninas e tem especial ligação com o dia de São João, pois foi por meio de uma fogueira que sua mãe, Santa Isabel, avisou Maria, mãe de Jesus, que o filho tinha nascido.

Muitos folcloristas brasileiros documentaram as práticas adivinhatórias relacionadas com a fogueira na noite do dia 23 para o dia 24 de junho. Entre esses folcloristas, está Câmara Cascudo, que, em seu livro Superstições no Brasil, diz o seguinte: Em noite de São João passa-se sobre a fogueira um copo contendo água, mete-se no copo sem que atinja a água um anel de aliança preso por um fio, e fica-se a segurar o fio; tantas são as pancadas dados no anel nas paredes do copo quantos os anos que o experimentado terá de esperar pelo casamento. (p. 148).

Além dessa simpatia do anel, há outra, desta vez acrescentando ovos à simpatia, colhida pelo mesmo Câmara Cascudo, mas dessa vez retirada da obra de outro pesquisador, J. M. Cardoso de Oliveira. Diz o texto: “As moças passavam em cruz sobre as brasas copos cheios d'água, dentro dos quais quebravam ovos, e iam expô-los ao sereno: de manhã os examinariam: e conforme às posições tomadas pela clara e a gema, formando mais ou menos aproximadamente uma igreja, um navio, uma joia, significariam: casamento, viagem, riqueza, e assim por diante”. (p. 149-150).

Esse tipo de adivinhação remonta às antigas consultas a oráculos, como ocorria nas culturas clássicas greco-romanas, e que acabaram sobrevivendo.


Adivinhações relacionadas com as refeições

Além das simpatias relacionadas com a fogueira, há também registro de outras associadas às refeições, que, segundo Cascudo, são do tipo “que mais preocupa a mocidade em noites de São João”. Uma das variações dessas simpatias está relacionada com o sonho. Veja:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Uma pequena mesa, forrada com uma toalha bem limpa, com talheres, pratos e copos para duas pessoas. Duas velas acesas à cabeceira da mesa, junto da qual fica a cama, onde deve dormir a pessoa que faz a adivinhação. O que tiver de suceder aparecerá em sonho, cujo cenário é a mesa. Quando a moça, que faz a adivinhação, tiver que se casar, aparecerá à mesa, fazendo refeição ao lado do noivo.” (p. 151).

Outra variação é narrada pelo Barão de Studart, folclorista cearense, também citado por Câmara Cascudo em Superstições no Brasil. Diz o barão:

[…] no dia de São João deve a jovem guardar um bocado de todo alimento que tomar nas diversas refeições, arranjando, assim, um pratinho é posto sobre a mesa. Indo deitar-se, sonhará a moça com o homem com que um dia se deverá unir pelo matrimônio. E verá distintamente o rosto do rapaz, de maneira a reconhecê-lo, mais tarde no seu prometido.” (p. 151).

Para Cascudo, esse tipo de adivinhação tem origem na milenar prática de oferta de alimento aos deuses, comum tanto às culturas europeias e asiáticas quanto a algumas das culturas originárias da América e da África.


Simpatias relacionadas com o espelho e com nomes

Outro tipo de simpatia muito comum nas festas de São João diz respeito a olhar-se no espelho à meia-noite do dia 23 de junho. Se a pessoa não ver seu reflexo, é porque morrerá antes do próximo dia de São João. Há variações dessa simpatia com a substituição do espelho por uma bacia com água, na qual a pessoa deve tentar ver sua imagem à luz das chamas da fogueira.

Há também a simpatia feita para que se descubra o primeiro nome do homem com que a moça deverá casar-se. Diz Cascudo que: “Põe-se água na boca por detrás duma porta. Ou numa janela. O primeiro nome de homem que for ouvido é justamente o nome do futuro marido. Coloca-se moeda da fogueira e pela manhã, retirando-a do braseiro dá-se de esmola ao primeiro pedinte. Pergunta-se o nome. Coincidirá com o do futuro noivo”. (p. 153).

Nessa prática de querer saber o nome do marido, Câmara Cascudo enxerga reminiscências do culto antigo ao deus Hermes, o deus mensageiro dos gregos, como fica explicado na passagem abaixo:

Ter as vozes da rua como resposta a uma consulta feita mentalmente é uma reminiscência do oráculo do deus Hermes em Acaia. Consultavam ao deus, com muitas orações, e dizia-se a pergunta ao ouvido do ídolo. Depois o consulente cobria a cabeça com um manto e deixava o templo. No adro, retirava o manto da cabeça e as primeiros palavras que ouvisse era a resposta de Hermes, a solução enviada pelo deus nas vozes do acaso.” (p. 153).

As festas juninas são comemoradas no mês de junho e têm uma relação direta com o catolicismo popular
As festas juninas são comemoradas no mês de junho e têm uma relação direta com o catolicismo popular
Publicado por: Cláudio Fernandes
Assuntos relacionados
Grande parte das simpatias de festas juninas diz respeito ao relacionamento amoroso
Simpatias amorosas de São João
Conheça algumas simpatias amorosas de São João, que são feitas da noite do 23 para o dia 24 de junho.
Balões, bandeirolas, fogueira e quadrilha são símbolos juninos
Símbolos Juninos
No mês de junho ocorrem em todo o Brasil festas juninas. Confira os significados de importantes símbolos juninos!
Crenças populares que usam amuletos, santos e a fé
Simpatias Juninas
Crenças populares que ajudam a resolver problemas e realizar sonhos.