Whatsapp icon Whatsapp

Grau superlativo

O grau superlativo é uma das flexões do adjetivo, usado para expressar um grau acentuado, máximo de uma qualidade. O superlativo dos adjetivos pode ser relativo ou absoluto.
Três peixes de tamanhos diferentes ilustrando texto sobre grau superlativo dos adjetivos.
O grau superlativo pode expressar superioridade ou inferioridade, indicando o maior ou o menor entre os demais, por exemplo.

O grau superlativo é uma forma gramatical utilizada para expressar o máximo grau de uma qualidade, seja em relação a outros elementos (superlativo relativo) ou de forma absoluta (superlativo absoluto).

Leia também: Qual é a classificação dos adjetivos?

Resumo sobre grau superlativo

  • O grau superlativo é uma das variações em grau dos adjetivos.

  • Pode ser usado para destacar uma qualidade, dando maior ênfase e intensidade a ela.

  • O grau superlativo relativo destaca a qualidade de um indivíduo em relação a um grupo, dando maior destaque a esse indivíduo.

  • O grau superlativo absoluto destaca a qualidade de um indivíduo sem comparações, atribuindo-lhe um grau acentuado e intenso.

  • O grau superlativo relativo pode ser de inferioridade ou de superioridade.

  • O grau superlativo absoluto pode ser sintético (acrescentando um sufixo ao adjetivo) ou analítico (quando um advérbio acompanha o adjetivo).

O que é o grau superlativo?

O grau superlativo é uma das formas de flexão do adjetivo. Os adjetivos podem variar em grau, indicando o grau máximo de uma qualidade ou característica desse adjetivo. Em essência, ele é utilizado para expressar uma ideia de superioridade, inferioridade ou extrema qualidade em relação a outros elementos. O grau superlativo pode ser relativo ou absoluto.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Grau superlativo relativo

Nesse caso, o adjetivo é modificado para indicar a qualidade máxima em relação a um grupo específico de seres ou objetos. Veja:

“O livro mais interessante que já li foi escrito por uma autora brasileira.”

Nesse caso, tem-se o substantivo “livro”, que pertente a um grupo específico (“livros que já li”). O adjetivo “interessante” é elevado ao grau máximo dentro desse grupo: “o livro mais interessante”.

O grau superlativo relativo pode ser de inferioridade ou de superioridade, em que o adjetivo é acompanhado de advérbios que indiquem essa inferioridade ou superioridade (como “menos” e “mais”, respectivamente).

Superlativo relativo de inferioridade

Como o nome já diz, ele destaca o grau máximo de inferioridade em relação a outros do mesmo grupo. Em geral, usa-se o advérbio “menos” para isso. Observe:

“O garoto menos alto da nossa turma passa de 1,8 m.”

Nesse caso, o objetivo foi destacar, dentro da característica “alto”, o garoto que era o mais inferior. Portanto, “o garoto menos alto”.

Superlativo relativo de superioridade

Aqui, o destaque vai para o grau máximo de superioridade em relação a outros do mesmo grupo.

Em geral, usa-se o advérbio “mais” para isso. Observe:

“O garoto mais alto da nossa turma mede 1,7 m.”

Nesse caso, o objetivo foi destacar, dentro da característica “alto”, o garoto que era o mais superior. Portanto, “o garoto mais alto”.

Veja também: Grau comparativo e grau superlativo dos advérbios — como usar

Grau superlativo absoluto

Aqui, o adjetivo é modificado para expressar a qualidade máxima sem fazer comparação direta com outros elementos. O que importa é a qualidade em si, e não sua comparação com os demais do grupo. O grau superlativo absoluto pode ser sintético ou analítico.

Superlativo absoluto sintético

É formado pela adição de um sufixo ao adjetivo, para indicar a máxima intensidade da qualidade.

“Aquele garoto é altíssimo.”

O sufixo “-íssimo” foi adicionado ao adjetivo “alto” para enfatizar a qualidade expressa nessa palavra. Para saber mais sobre esse grau do adjetivo, clique aqui.

Superlativo absoluto analítico

É formado pela adição de palavras, como os advérbios “muito”, “bastante” etc.

“Aquele garoto é muito alto.”

Quando usar o grau superlativo?

O superlativo é um recurso linguístico utilizado para expressar o grau máximo de uma qualidade ou característica em relação a um conjunto de elementos. Ele é empregado quando se deseja destacar algo como sendo, por exemplo:

  • o maior;

  • o menor;

  • o melhor;

  • o pior;

  • o mais intenso;

  • o menos intenso.

Em geral, o superlativo é utilizado para enfatizar a excepcionalidade de algo em comparação com outros elementos do mesmo tipo. Além disso, o superlativo é comumente empregado para transmitir impressões intensas ou extremas sobre algo ou alguém.

Tabela de superlativos muito utilizados

Superlativo relativo e superlativo absoluto

Veja, a seguir, uma tabela comparando o grau superlativo relativo e o absoluto.

Adjetivo

Superlativo relativo

Superlativo absoluto

Bonito

O mais bonito

Muito bonito

Grande

O maior

Muito grande

Pequeno

O menor

Muito pequeno

Bom

O melhor

Muito bom

Mau

O pior

Muito mau

Alto

O mais alto

Altíssimo

Forte

O mais forte

Fortíssimo

Rico

O mais rico

Riquíssimo

Pobre

O mais pobre

Paupérrimo

Feliz

O mais feliz

Felicíssimo

Triste

O mais triste

Tristíssimo

Inteligente

O mais inteligente

Inteligentíssimo

Superlativo relativo de inferioridade e de superioridade

Agora, veja a diferença entre os tipos de superlativo relativo.

Adjetivo

Superlativo relativo

de inferioridade

de superioridade

Bonito

Menos bonito

Mais bonito

Grande

-

Maior

Pequeno

-

Menor

Bom

Menos bom

Melhor

Mau

Menos mau

Pior

Alto

Menos alto

Mais alto

Forte

Menos forte

Mais forte

Rico

Menos rico

Mais rico

Pobre

Menos pobre

Mais pobre

Feliz

Menos feliz

Mais feliz

Triste

Menos triste

Mais triste

Inteligente

Menos inteligente

Mais inteligente

Superlativo absoluto sintético e analítico

Veja a diferença entre os tipos de superlativo absoluto.

Adjetivo

Superlativo absoluto

Sintético

Analítico

Bonito

Lindíssimo

Muito bonito

Grande

Grandíssimo

Muito grande

Pequeno

Pequeníssimo

Muito pequeno

Bom

Boníssimo/Ótimo

Muito bom

Mau

Péssimo

Muito mau

Alto

Altíssimo

Muito alto

Forte

Fortíssimo

Muito forte

Rico

Riquíssimo

Muito rico

Pobre

Paupérrimo

Muito pobre

Feliz

Felicíssimo

Muito feliz

Triste

Tristíssimo

Muito triste

Inteligente

Inteligentíssimo

Muito inteligente

Saiba mais: Mas e mais — qual a diferença, quando usar

Exercícios resolvidos sobre grau superlativo

Questão 1

(Igeduc 2023 - Adaptada)

Nas expressões “ilustríssimo” e “muito sábio”, tem-se, nos adjetivos, respectivamente, o grau superlativo absoluto sintético e o grau superlativo relativo analítico.

( ) Certo

( ) Errado

Resposta

Errado. Tem-se, nos adjetivos, respectivamente, o grau superlativo absoluto sintético e o grau superlativo absoluto analítico.

Questão 2

(UFRJ 2010)

CIDADE MARAVILHOSA?

Os camelôs são pais de famílias bem pobres, e, então, merecem nossa simpatia e nosso carinho; logo eles se multiplicam por 1.000. Aqui em frente à minha casa, na Praça General Osório, existe há muito tempo a feira hippie. Artistas e artesãos expõem ali aos domingos e vendem suas coisas. Uma feira um tanto organizada demais: sempre os mesmos artistas mostrando coisas quase sempre sem interesse. Sempre achei que deveria haver um canto em que qualquer artista pudesse vender um quadro; qualquer artista ou mesmo qualquer pessoa, sem alvarás nem licenças. Enfim, o fato é que a feira funcionava, muita gente comprava coisas – tudo bem. Pois de repente, de um lado e outro, na Rua Visconde de Pirajá, apareceram barracas atravancando as calçadas, vendendo de tudo – roupas, louças, frutas, miudezas, brinquedos, objetos usados, ampolas de óleo de bronzear, passarinhos, pipocas, aspirinas, sorvetes, canivetes.

E as praias foram invadidas por 1.000 vendedores. Na rua e na areia, uma orgia de cães. Nunca vi tantos cães no Rio, e presumo que muita gente anda com eles para se defender de assaltantes. O resultado é uma sujeira múltipla, que exige cuidado do pedestre para não pisar naquelas coisas. E aquelas coisas secam, viram poeira, unem-se a cascas de frutas podres e dejetos de toda ordem, e restos de peixes da feira das terças, e folhas, e cusparadas, e jornais velhos; uma poeira dos três reinos da natureza e de todas as servidões humanas.

Ah, se venta um pouco o noroeste, logo ela vai-se elevar, essa poeira, girando no ar, entrar em nosso pulmão numa lufada de ar quente. Antigamente a gente fugia para a praia, para o mar. Agora há gente demais, a praia está excessivamente cheia. Está bem, está bem, o mar, o mar é do povo, como a praça é do condor – mas podia haver menos cães e bolas e pranchas e barcos e camelôs e ratos de praia e assaltantes que trabalham até dentro d’água, com um canivete na barriga alheia, e sujeitos que carregam caixas de isopor e anunciam sorvetes e quando o inocente cidadão pede picolé de manga, eis que ele abre a caixa e de lá puxa a arma. Cada dia inventam um golpe novo: a juventude é muito criativa, e os assaltantes são quase sempre muito jovens.

Rubem Braga

Assinale a alternativa em que NÃO ocorre um adjetivo em grau superlativo:

A) “Os camelôs são pais de família bem pobres...”

B) “Uma feira um tanto organizada demais:...”

C) “...a praia está excessivamente cheia.”

D) “...os assaltantes são quase sempre muito jovens”

E) “...e presumo que muita gente anda com eles...”

Resposta

Alternativa E. O advérbio “muita” é usado para um substantivo, não sendo, portanto, um caso de grau superlativo para um adjetivo.

Fontes

AZEREDO, José Carlos de. Gramática Houaiss da Língua Portuguesa. São Paulo: Parábola, 2021.

BECHARA, Evanildo. Moderna Gramática Portuguesa. 38ª ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 2015.

CEGALLA, Domingos Paschoal. Novíssima Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 2020.

CUNHA, Celso; CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 7ª ed. Rio de Janeiro: Lexikon, 2016.    

Publicado por Guilherme Viana
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Adjetivo
Clique aqui e saiba o que é o adjetivo. Descubra quais são os seus tipos. Entenda o que são a locução adjetiva e os pronomes adjetivos.
Adjetivos Pátrios
Interaja mais sobre as classificações dessa classe gramatical.
Adjetivos e advérbios: Pequenas dicas para evitar grandes erros
Escrevendo mais e melhor: Acompanhe pequenas dicas que podem evitar grandes erros relacionados com os adjetivos e advérbios.
Classificação dos adjetivos
Saiba como é realizada a classificação dos adjetivos e amplie seus conhecimentos sobre essa classe de palavras que modifica o substantivo.
Delimitações expressas pelo adjetivo
Conheça as delimitações expressas pelo adjetivo nos enunciados e amplie seus conhecimentos sobre essa classe de palavras.
Grau dos advérbios
Saiba como se constrói o grau dos advérbios, classe de palavras que se associa a verbos, adjetivos e a outros advérbios.
Grau superlativo absoluto sintético
O grau dos adjetivos: Clique e saiba mais sobre a formação do grau superlativo absoluto sintético.
Locuções adjetivas
Entenda sobre o conceito e conheça alguns exemplos
Mas ou mais?
Mas ou mais? Clique aqui e descubra qual é a diferença entre os vocábulos “mas” e “mais”. Saiba quando devemos usar cada um deles.
O adjetivo com valor de advérbio
O adjetivo com valor de advérbio se manifesta no predicado verbo-nominal, mesmo sem o sufixo –mente.
O adjetivo dá qualidade ou qualifica?
: Descobrir se o adjetivo dá qualidade ou se qualifica o substantivo representa passo fundamental para compreendermos as reais funções deste (adjetivo). Veja aqui algumas elucidações!
O grau aumentativo dos substantivos
Alguma dúvida sobre este fato linguístico? Retire-a em apenas um clique!
O grau diminutivo de alguns substantivos
Interaja-se mais com o assunto em apenas um clique!
Orações subordinadas adjetivas
Entenda o que são as orações subordinadas adjetivas. Saiba suas classificações e veja exemplos de seu uso. Conheça também outros tipos de orações subordinadas.
video icon
Professora ao lado do texto"Verbos dicendi".
Português
Verbos dicendi
Dizer, falar, gritar, responder são verbos dicendi, ou seja, palavras que apresentam a maneira pela qual uma pessoa se expressa. Assista a esta videoaula para aprender um pouco mais sobre essa classificação!