Whatsapp icon Whatsapp

Bloqueio Continental

O Bloqueio Continental foi uma imposição de Napoleão Bonaparte para que os países europeus cortassem relações comerciais com a Inglaterra a fim de enfraquecê-la economicamente.
Napoleão Bonaparte assinou, em 1806, o Bloqueio Continental, medida que obrigava a Europa a fechar seus portos para as mercadorias inglesas.
Napoleão Bonaparte assinou, em 1806, o Bloqueio Continental, medida que obrigava a Europa a fechar seus portos para as mercadorias inglesas.

O Bloqueio Continental foi uma medida imposta pelo imperador francês Napoleão Bonaparte, em 1806, a partir da qual os países europeus estavam proibidos de manter qualquer relação comercial com a Inglaterra. O objetivo desse bloqueio era arruinar a economia inglesa e expandir o domínio da França sobre a Europa. Essa imposição napoleônica teve consequências principalmente na América, pois as colônias aproveitaram o enfraquecimento de suas metrópoles para proclamar suas respectivas independências.

Leia também: Império Napoleônico e a consolidação burguesa

Resumo sobre o Bloqueio Continental

  • O Bloqueio Continental foi uma medida imposta por Napoleão Bonaparte, em 1806, proibindo os países europeus de manter relações comerciais com a Inglaterra.

  • Caso determinado país mantivesse associação com os ingleses, as tropas francesas invadiriam seu território.

  • O principal objetivo desse bloqueio era arruinar a economia inglesa.

  • Portugal não rompeu seus laços comerciais com os ingleses e teve seu reino invadido pelas tropas francesas, fazendo com que a família real fugisse para o Brasil.

  • A ocupação das tropas francesas na Espanha fez com que as colônias espanholas na América aproveitassem esse momento e proclamassem independência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Criação do Bloqueio Continental

O Bloqueio Continental foi criado através de um decreto assinado pelo imperador francês Napoleão Bonaparte, em 21 de novembro de 1806, por meio do qual ordenava que os portos europeus deveriam ser fechados para as embarcações inglesas. O objetivo principal de Napoleão era arruinar a economia da Inglaterra e possibilitar que a França expandisse seu mercado consumidor. Caso algum país desrespeitasse tal medida, haveria invasão de seu território pelas tropas francesas.

Ao decretar o bloqueio, Napoleão esperava derrotar a Inglaterra, que no começo do século XIX era a única nação europeia capaz de impedir o avanço do imperador francês na Europa.

Transferência da corte portuguesa para o Brasil

O fato de Portugal depender das manufaturas inglesas fez com que o príncipe regente Dom João VI não aderisse ao Bloqueio Continental. Os portugueses não tinham condições de reagir militarmente a um ataque francês e nem de desistir de manter acordos comerciais com a Inglaterra.

Dom João VI fez o seguinte acordo com a Inglaterra: transferir o governo português para o Brasil enquanto as tropas inglesas defenderiam Portugal contra o ataque napoleônico. Além disso, os portos brasileiros seriam abertos para as mercadorias inglesas.

A transferência da Corte para o Brasil foi um fato inédito na História. Nunca um reino transferiu a sua sede para uma colônia distante da Europa. A chegada da família real ao Brasil alterou o cotidiano e influenciou o destino da colônia portuguesa na América.

Prontamente, Dom João VI assinou um decreto, em 1808, autorizando a abertura dos portos brasileiros para as nações amigas. A longa permanência da família real no Brasil acelerou processo de independência brasileiro. Para saber mais, leia: Vinda da família real para o Brasil.

Fim do Bloqueio Continental

Em 1812, a Rússia rompeu o Bloqueio Continental, o que ocasionou a invasão das tropas francesas sobre o país. O combate entre França e Rússia foi desgastante. As tropas francesas, apesar de vencerem a Batalha de Moscou, foram afetadas pelas baixas temperaturas características do inverno russo e pela dificuldade em obter mantimentos para alimentar os soldados.

Com o fim da Era Napoleônica, em 1813, o Bloqueio Continental foi extinto, o que possibilitou que os países europeus voltassem a comercializar com a Inglaterra.

Leia também: Batalha de Waterloo — a última batalha do chamado período napoleônico

Consequências do Bloqueio Continental

As consequências do Bloqueio Continental foram o fortalecimento do império da França na Europa, apesar da rivalidade com a Inglaterra, e o início do processo de independência das colônias portuguesa e espanhola na América. As metrópoles ibéricas enfraqueceram-se por conta da invasão das tropas da França. Isso fez com que os colonos participassem ativamente da emancipação das colônias.

Em Portugal, a consequência do Bloqueio Continental foi a vinda da família real portuguesa para o Brasil, em 1808, após a negativa de Portugal em aderir ao Bloqueio Continental. As ações de Dom João VI em solo brasileiro, como a abertura dos portos às nações amigas e a elevação do Brasil à condição de Reino Unido, aceleraram o processo de independência brasileiro.

Exercícios resolvidos sobre o Bloqueio Continental

Questão 1

(PUC-SP) O Bloqueio Continental, decretado por Napoleão, tinha como um de seus principais objetivos:

a) dificultar o comércio britânico, levando a Inglaterra à crise econômica.

b) impedir a vinda da Família Real portuguesa para o Brasil.

c) facilitar a invasão da Espanha.

d) dificultar ao Império austríaco a aquisição de mercadorias.

e) derrotar a Rússia, impedindo-a de comprar armas e alimentos na Europa Ocidental.

Resolução:

Letra A. Ao decretar o Bloqueio Continental, Napoleão Bonaparte almejava o desenvolvimento econômico da França e arruinar a economia da Inglaterra, tendo em vista a rivalidade entre ambos os países.

Questão 2

(Uece) Napoleão Bonaparte, com o objetivo de impedir que a Inglaterra comercializasse com outros países europeus, instituiu o Bloqueio Continental (Decreto de Berlim – 21/11/1806), implementando uma “guerra econômica”. Sobre o Bloqueio Continental é correto afirmar que

a) representou uma nova fase na política expansionista de Napoleão, ao impedir o acesso dos navios ingleses aos portos dos países sob domínio francês.

b) mesmo com todos os esforços de Napoleão, não houve a esperada adesão da Rússia, que não respeitou o Decreto de Berlim.

c) foi apenas uma estratégia de Napoleão e, mesmo com as sanções, o Decreto de Berlim não provocou mudanças nos países aliados da Inglaterra.

d) não teve o resultado esperado por Napoleão, mas Portugal, naquela época aliado da Inglaterra, obedeceu prontamente às exigências do Decreto de Berlim.

Resolução:

Letra A. Napoleão Bonaparte, em 1806, assinou um decreto que impunha aos países europeus a proibição do comércio com a Inglaterra. O principal objetivo desse bloqueio era acabar com a hegemonia inglesa sobre a economia europeia.

Publicado por Carlos César Higa

Artigos Relacionados

Abertura dos portos
Clique aqui e amplie o que sabe da abertura dos portos, realizada no Brasil pelo regente de Portugal d. João, em 1808. Saiba sobre seu contexto e suas consequências.
Napoleão Bonaparte representado com uma coroa de louros
Era Napoleônica (1799-1815)
Conheça os fatos da Era Napoleônica e suas consequências para a história.
Leopoldo II, rei da Bélgica, ficou marcado na história como o símbolo da crueldade imperialista praticada no Congo Belga.*
Imperialismo
Clique aqui e acesse este texto para saber do que se trata o termo Imperialismo, bem como o que foi o Imperialismo no século XIX e quais as suas consequências.
Napoleão Bonaparte com os trajes de sua coroação como Imperador.*
Império Napoleônico e a consolidação burguesa
Com o Império Napoleônico, Bonaparte pretendeu dominar a Europa e difundir o poder da burguesia.
Martin Luther King Jr.
Acesse e conheça mais sobre a trajetória de vida de Martin Luther King. Acompanhe o desenvolvimento da luta antirracista nos Estados Unidos, nas décadas de 1950 e 1960.
Napoleão Bonaparte
Clique para conhecer a vida de Napoleão Bonaparte, militar francês. Veja aqui as origens de Napoleão, assim como sua trajetória no poder.
Ronald Reagan foi um dos primeiros governantes a adotar o Neoliberalismo.*
Neoliberalismo e liberdade econômica
Saiba mais sobre o Neoliberalismo e seus objetivos econômicos.
Vinda da família real para o Brasil
Acesse para saber mais sobre a vinda da família real para o Brasil. Entenda o contexto e as motivações que levaram o regente português a tomar essa decisão.
video icon
Biologia
O que é espécie?
Compreender o conceito de espécie vai te ajudar a enxergar a evolução dos seres com muito mais clareza. Espécie é uma classificação dada a um grupo de seres vivos isolados de outros grupos e capazes de reproduzir entre si.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.