Whatsapp icon Whatsapp

Astrolábio

O astrolábio é um importante instrumento de navegação usado para a aferição de medidas no espaço geográfico. Ele foi muito utilizado durante o período das Grandes Navegações.
Astrolábio em um fundo preto, instrumento de navegação antigo que foi muito utilizado no período das Grandes Navegações.
O astrolábio é um instrumento de navegação antigo que foi muito utilizado no período das Grandes Navegações.

O astrolábio é um instrumento de medição de corpos celestes e de navegação pelo espaço geográfico que foi muito utilizado no período das Grandes Navegações. Ele possui inúmeras funções, como a medição da latitude, da altitude e da profundidade. Esse instrumento era utilizado até mesmo para a medição das horas. O astrolábio foi criado e aperfeiçoado em tempos bastante remotos por pesquisadores árabes e europeus, e funciona conforme o seu posicionamento em relação à superfície.

Leia também: GPS — o mais importante sistema de navegação espacial da atualidade

Resumo sobre astrolábio

  • O astrolábio é um instrumento de medição e navegação muito utilizado em tempos remotos por matemáticos e astrônomos.

  • Ele tem como funções principais a medição do ângulo de corpos celestes e a navegação pelo espaço geográfico.

  • O astrolábio tinha como outras funções a determinação da latitude, da altitude e da profundidade de um ponto.

  • O funcionamento correto do astrolábio requer o posicionamento adequado do instrumento e do objeto no espaço geográfico.

  • O astrolábio, guardadas as especificidades de cada aparelho, possui as seguintes partes: mater, tímpanos, aranha, alidade e agulha.

  • A importância do astrolábio está vinculada a sua ampla utilização em um período histórico com poucas tecnologias de navegação.

Qual a origem do astrolábio?

A origem do astrolábio está ligada a um conjunto de estudos matemáticos, astronômicos e geográficos realizados em tempos bastante antigos. Nesse contexto, o principal pesquisador ligado à origem desse instrumento é Hiparco de Niceia (190 a.C. - 120 a.C.), que, entre outras contribuições, utilizou seus conhecimentos para calcular a distância entre os astros e desenvolver fórmulas matemáticas.

A partir de então, o astrolábio foi modernizado, especialmente por meio da contribuição de povos europeus, à medida que houve avanços nos ramos acadêmicos e científicos. O astrolábio foi amplamente utilizado no período das Grandes Navegações, logo foi bastante importante para as descobertas geográficas da época.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Função do astrolábio

A principal função do astrolábio é realizar a medição do posicionamento dos astros no céu. A partir dessa funcionalidade, o astrolábio era empregado para diferentes cálculos, relacionados a posição, a localização e ao ângulo de objetos distintos. As funções do astrolábio eram bastante completas e eficientes, e ainda abarcavam dados avançados para a época, como a definição da latitude e da altitude de um ponto.

Como o astrolábio funciona?

O funcionamento correto do astrolábio requer o posicionamento adequado do objeto no espaço geográfico. Desse modo, o astrolábio deve ser posicionado de forma vertical, sendo que a linha central do instrumento deve estar situada de forma paralela à superfície, seja a superfície terrestre ou a do mar.

Em seguida, a agulha do astrolábio deve ser apontada para o objeto em questão, como uma estrela ou outro elemento geográfico. A partir desse correto posicionamento da linha central do instrumento e do direcionamento de sua agulha, era possível realizar diversos cálculos astronômicos e matemáticos de determinado objeto, como altitude, profundidade e latitude.

Partes de um astrolábio

Ilustração mostrando algumas das partes do astrolábio.

O astrolábio, apesar de bastante antigo, é um instrumento muito complexo. As suas partes variam conforme a época e a confecção dessa ferramenta de medições espaciais. Os pontos abaixo apresentam as partes mais comuns de um astrolábio:

  • Mater: é uma espécie de base, em formato de disco, que contempla todas as partes de um astrolábio.

  • Tímpanos: têm como função principal a demarcação dos pontos de latitude e altitude da superfície.

  • Aranha: é a parte do astrolábio que auxiliava diretamente na determinação da posição de corpos celestes.

  • Alidade: geralmente localizada na parte posterior do astrolábio, era usada para medir a altura dos astros.

  • Agulha: uma das partes principais do astrolábio, é presa no mater por meio de pinos e indica o resultado das medidas apontadas pelo astrolábio.

Importância do astrolábio

A importância do astrolábio está vinculada a sua utilização, especialmente em um período histórico em que havia poucas tecnologias de navegação plenamente desenvolvidas. Nesse contexto, o astrolábio foi fundamental para o desenvolvimento de estudos matemáticos, astronômicos e geográficos. Ele auxiliou na descoberta de corpos celestes, na definição de posições espaciais e, principalmente, na navegação espacial, sendo amplamente utilizado no período das Grandes Navegações. O astrolábio foi, para o período de sua confecção, um instrumento bastante moderno, que significou um grande avanço para a ciência da época.

Veja também: Rosa dos Ventos — a representação gráfica dos pontos de orientação na superfície terrestre

Curiosidades sobre o astrolábio

  • O nome do instrumento astrolábio tem origem no idioma grego e é chamado de “buscador de estrelas”.

  • O astrolábio era, até a invenção da bússola, o principal instrumento utilizado para navegação na terra e no mar.

  • O astrolábio auxiliava na determinação das horas, sendo essa função substituída pela invenção do relógio mecânico.

  • O mais antigo astrolábio do mundo tem origem portuguesa e foi achado em um navio lusitano naufragado.

Fontes

CORRÊA, I. C. S. Astrolábio, o que é e como funciona. Museu de Topografia Prof. Laureano Ibrahim Chaffe. Departamento de Geodésia – IG/UFRGS. Fevereiro/2023. Disponível em: https://igeo.ufrgs.br/museudetopografia/images/acervo/artigos/O_Astrolbio_o_que__e_como_funciona.pdf.

CORRÊA, I. C. S. História do astrolábio. Museu de Topografia Prof. Laureano Ibrahim Chaffe. Departamento de Geodésia – IG/UFRGS. Julho/2009. Disponível em: http://clubes.obmep.org.br/blog/wp-content/uploads/2018/08/historia_do_astrolabio.pdf.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ. O astrolábio e a arte de navegar. Blog de História, Ciências, Saúde – Manguinhos. Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Novembro/2014. Disponível em: https://www.revistahcsm.coc.fiocruz.br/o-astrolabio-e-a-arte-de-navegar/.

GESTEIRA, H. M. O astrolábio, o mar e o Império. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 21, p. 1011-1027, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/hcsm/a/cKRFM73SThtPpqQZfqVQgrG/?lang=pt#.

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Bússola
Saiba mais sobre a história da bússola. Veja quais são as principais características desse instrumento de orientação. Entenda o funcionamento de uma bússola.
Conceitos básicos de Cartografia
Conheça alguns conceitos básicos da Cartografia, como escala, legenda, hipsometria, coordenadas e outros.
GPS - Sistema de posicionamento global
Clique aqui e saiba quais são as principais características do GPS (sistema de posicionamento global), uma importante ferramenta de navegação espacial.
Grandes Navegações
Acesse este texto e saiba o que foram as Grandes Navegações. Entenda por que Portugal foi pioneiro nessa empreitada e quais foram seus grandes feitos.
Mapa do Brasil
Veja vários tipos de mapas do Brasil, com diferentes focos e informações. Aqui você conferirá o mapa político, o mapa com estados e capitais e muito mais!
Mapas Temáticos
As representações cartográficas são elaboradas de acordo com um tema, tais como: político, físico, econômico e histórico.
Os símbolos dos mapas
Os símbolos dos mapas, os seus tipos e os critérios utilizados para adotar cada um deles.
Pontos cardeais, colaterais e subcolaterais
Conheça os pontos cardeais, colaterais e subcolaterais, além da importância deles para a nossa orientação no espaço geográfico.
Projeções cartográficas
Saiba o que são projeções cartográficas. Descubra quais são os tipos de projeções e suas principais características e veja também os principais modelos de projeções.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.