Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Minhocas e suas galerias

Minhocas e suas galerias

As minhocas eram definidas por Aristóteles como "arados da terra", em razão dos túneis e galerias que formam no solo em busca de abrigo e alimento - hábito este que proporciona uma grande vantagem a ele, facilitando a aeração e irrigação – inclusive aos mais compactados. Os egípcios também reconheciam a importância deste oligoqueto e atribuíam a ele poderes divinos, pelo fato de ser grande responsável pela fertilidade das terras próximas ao Rio Nilo.

Felizmente, a importância deste animal ao solo e ao ambiente, de forma geral, é reconhecida nos tempos atuais. Seu uso na agricultura é bastante requisitado, visto que, sendo detritívoros, reciclam a matéria orgânica ao ingeri-la juntamente com a terra (expelindo mais de 50% do que ingere na forma de húmus), acelerando o processo de decomposição. Além disso, o adubo orgânico é mais rico em flora bacteriana, azoto, cálcio, magnésio, fósforo e potássio do que o próprio solo no qual se alimentou e é menos oneroso e prejudicial ao ambiente do que os fertilizantes. Ainda, controlam a toxidade do solo, corrigindo o pH e excessos de alumínio e aumentam a resistência das plantas a pragas e doenças.

As espécies mais utilizadas na agricultura são: a minhoca vermelha da Califórnia (Eisenia Phoetida), minhoca dos resíduos orgânicos (Lumbricus Rubellus) e minhoca Gigante Africana (Eudrilus Eugeniase).

Há pessoas que utilizam o método da compostagem em casa, como forma de reciclar os resíduos alimentares e obter adubo para suas plantas. Para tal empreitada, é usual enterrar estes resíduos, cobrindo-os com folhas secas ou terra. Com o uso das minhocas para os fins já citados, este método é otimizado, conferindo jardins mais bonitos. Além disso, a reciclagem de detritos alimentares contribui para a redução desse tipo de lixo que, no Brasil, é o mais produzido e gera grandes problemas ao ambiente. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

As minhocas podem substituir os fertilizantes – mais caros e prejudiciais ao ambiente.
As minhocas podem substituir os fertilizantes – mais caros e prejudiciais ao ambiente.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
Anticorpo (laranja) e antígeno (rosa).
Imunologia
A interessante capacidade do organismo de reconhecer agentes estranhos e combatê-los.
Órgãos do aparelho digestório humano.
Digestão
Digestão, o quê compreende a digestão, importância da digestão, o quê são os micronutrientes, o quê são os macronutrientes, órgãos que fazem parte do processo digestório, a mastigação, a deglutição.
Alcoolismo: um problema de dependência psicológica
Alcoolismo
Alcoolismo, Doenças crônicas, Dependência química, Depressão, Vício, Bebidas alcoólicas, Exclusão comportamental, Hábitos adquiridos e/ou transmitidos geneticamente, Tendência ao consumo de bebidas, Cirrose hepática, Abstinência, Alcoólicos Anônimos (AA), Reabilitação.
Chamado popularmente de verdura, e cientificamente como fruto.
Vegetais comestíveis
Canal que traz informações sobre diversas frutas, verduras, legumes, dentre outras peças vegetais.
É retirada uma pequena quantidade de medula óssea do doador.
Doação de medula óssea
Procedimentos que envolvem a doação de medula óssea.
A minhoca é um exemplo de oligoqueta, anelídeo com pouca cerda
Classificação dos anelídeos
Saiba mais sobre a classificação dos anelídeos e aprenda já a característica de cada grupo!
A ornitologia é a área da Biologia que estuda as aves. Fotografia: Fabrício Hiroiuki Oda
Algumas áreas da Biologia
Você sabe o que é Ornitologia? E Herpetologia? Ficologia, Micologia, Etologia, Entomologia...? Não? Saiba aqui a definição desta e de outras áreas da Biologia.