Whatsapp icon Whatsapp

Mitose e meiose

As principais diferenças entre a mitose e a meiose estão no número de células-filhas formadas e no número de cromossomos que elas apresentam.
A mitose e a meiose são processos de divisão celular.
A mitose e a meiose são processos de divisão celular.

A diferença entre mitose e meiose está no fato de que, apesar de serem processos de divisão celular, elas geram um número diferente de células-filhas, as quais também possuem uma quantidade distinta de cromossomos.

Na mitose, as células-filhas apresentam a mesma quantidade de material genético que a célula-mãe, diferentemente da meiose. Na mitose, vemos ainda a formação de duas células-filhas; já na meiose, quatro. Além de todas essas diferenças, a mitose e a meiose diferenciam-se também no que diz respeito às etapas do processo de divisão e à função que elas desempenham no organismo.

Leia também: Divisão binária

Tabela comparativa entre mitose e meiose

Veja a seguir um quadro comparativo com as principais diferenças entre a meiose e mitose:

Mitose

A mitose é um processo de divisão celular que forma duas células-filhas, cada uma com o mesmo número de cromossomos que a célula-mãe. Esse processo está relacionado, em plantas e animais, com o desenvolvimento dos organismos, cicatrização e crescimento.

As etapas da mitose são prófase, prometáfase, metáfase, anáfase e telófase. Ao fim da telófase, observa-se a ocorrência da citocinese, ou seja, a divisão do citoplasma da célula, gerando duas células-filhas. Vale destacar que essas etapas variam de um autor para outro. A prometáfase, por exemplo, não é descrita por todos os autores.

Observe atentamente as etapas da mitose.
Observe atentamente as etapas da mitose.

Fases da mitose

  • Prófase: inicia-se logo após a interfase, uma longa etapa na qual ocorrem aumento da célula, produção de organelas e a duplicação dos cromossomos. Na prófase, os cromossomos aumentam sua condensação, e o nucléolo, local onde os ribossomos são formados, desaparece. Inicia-se ainda a formação do fuso mitótico (estrutura constituída por microtúbulos), e os centrossomos (região onde são organizados os microtúbulos) afastam-se.

  • Prometáfase: ocorre a desintegração do envoltório nuclear, também chamado de carioteca. Os microtúbulos que partem do centrossomo ligam-se ao cinetócoro (estrutura proteica localizada no centrômero) dos cromossomos. Os cromossomos continuam sua condensação.

  • Metáfase: os cromossomos atingem seu maior grau de condensação. Os centrossomos estão em lados opostos da célula, e os cromossomos estão organizados na região mediana da célula (placa metafásica).

  • Anáfase: na fase mais curta do processo de mitose, ocorrem a separação das cromátides irmãs e a migração em direção aos polos das células. A célula alonga-se e, no final dessa etapa, temos dois polos com a quantidade completa de cromossomos.

    Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

  • Telófase: formam-se novos núcleos e os envelopes nucleares. O nucléolo reaparece, e os cromossomos ficam menos condensados. Normalmente, no final dessa etapa, ocorre a citocinese, que nada mais é do que a divisão da célula em duas.

Meiose

A meiose é um processo de divisão celular que gera quatro células-filhas, cada uma com metade do número de cromossomos da célula-mãe. Esse processo de divisão é responsável pela formação de gametas. É fundamental que os gametas possuam metade do número de cromossomos da espécie, pois, dessa forma, no momento da fecundação, haverá o restabelecimento do número de cromossomos da espécie.

Leia também: Gametogênese

A meiose caracteriza-se por dois processos de divisão celular: a meiose I e meiose II. Na meiose I, temos a prófase I, metáfase I, anáfase I, telófase I. Já na meiose II, temos a prófase II, metáfase II, anáfase II e telófase II.

Fases da meiose

MEIOSE I

Observe atentamente as etapas da meiose I.
Observe atentamente as etapas da meiose I.

  • Prófase I: assim como a prófase da mitose, inicia-se após a fase de interfase, na qual ocorrem o aumento da célula e a duplicação dos cromossomos. Na prófase I, iniciam-se a condensação dos cromossomos, a destruição do envelope nuclear, a formação do fuso e a movimentação do centrossomo. Podemos dividir a prófase I em cinco subetapas, as quais são meramente didáticas, ou seja, servem para auxiliar o entendimento do processo. São elas:

- Leptóteno: inicia-se uma maior compactação dos cromossomos.

- Zigoteno: ocorre a sinapse (aproximação dos cromossomos homólogos).

- Paquiteno: formação da tétrade ou bivalente. O termo tétrade indica que os dois cromossomos homólogos emparelhados possuem quatro cromátides. Já o termo bivalente é usado em referência a dois cromossomos homólogos ou emparelhados. Nessa fase, verificam-se quebras nas cromátides seguidas por soldaduras, que muitas vezes ocorrem em posições diferentes das originais. Esse fenômeno é chamado de crossing-over.

Leia também: Permutação

- Diploteno: inicia-se a separação dos homólogos e é possível perceber que suas cromátides cruzam-se em alguns pontos (quiasmas).

- Diacinese: os homólogos separam-se, e a prófase I é finalizada.

  • Metáfase I: os pares de cromossomos homólogos estão dispostos na placa metafásica. Nessa etapa, as duas cromátides de um homólogo estão ligadas aos microtúbulos de um polo, e as cromátides do outro homólogo estão presas aos microtúbulos do outro polo.

  • Anáfase I: cromossomos homólogos separam-se e movem-se em direção aos polos opostos.

  • Telófase I: os cromossomos estão separados em dois grupos em cada polo. Ao final dessa fase, a citocinese ocorre, e o citoplasma da célula é dividido, formando duas células-filhas.

MEIOSE II

Observe atentamente as etapas da meiose II.
Observe atentamente as etapas da meiose II.

  • Prófase II: é a primeira etapa da segunda divisão da meiose e inicia-se nas duas células-filhas formadas na meiose I. Nessa etapa, as fibras do fuso são formadas e inicia-se a movimentação dos cromossomos para a placa metafásica.

  • Metáfase II: os cromossomos estão posicionados na placa metafásica.

  • Anáfase II: as cromátides irmãs separam-se e movem-se em direção aos polos.

  • Telófase II: o núcleo forma-se novamente com a reorganização do envoltório nuclear. Os cromossomos começam a se descondensar. A citocinese ocorre, e a célula divide-se em duas. Como as duas células-filhas formadas na meiose I entram em meiose II, no final do processo, temos quatro células-filhas.

Exercício resolvido sobre mitose e meiose

Mitose e meiose são dois processos de divisão celular bastante cobrados em provas diversas. Veja a seguir uma questão da Fuvest que abordou o tema.

(Fuvest) A droga vimblastina é um quimioterápico usado no tratamento de pacientes com câncer. Tendo em vista que essa droga impede a formação dos microtúbulos, sua interferência no processo de multiplicação celular será na:

 

a) condensação dos cromossomos.

 

b) descondensação dos cromossomos.

 

c) duplicação dos cromossomos.

 

d) migração dos cromossomos.

 

e) reorganização dos nucléolos.

Resposta: Letra d. Sem a formação dos microtúbulos, não há a migração dos cromossomos no processo de divisão celular.

Publicado por Vanessa Sardinha dos Santos
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

O citoesqueleto é uma estrutura presente em células eucarióticas que pode ser definida como uma rede de filamentos proteicos.
Citoesqueleto
Aprenda um pouco mais a respeito do citoesqueleto. Saiba o que é essa estrutura, em que células ela está presente e qual é a sua constituição e função.
Citoplasma
Quer conhecer mais sobre o citoplasma? Clique aqui e conheça as principais características do citoplasma e as funções por ele desempenhadas.
Célula animal
Amplie seus conhecimentos sobre célula animal por meio deste texto. Conheça suas características e as estruturas que a diferenciam de uma célula vegetal.
Os espermatozoides são os gametas masculinos do homem
Espermatogênese
Saiba mais sobre a espermatogênese, o processo responsável pela formação das células reprodutivas masculinas.
O ovócito e os espermatozoides são formados por meio do processo de gametogênese.
Gametogênese
Amplie seus conhecimentos a respeito da gametogênese, processo que leva à formação dos gametas masculinos e femininos. Neste texto, abordaremos os principais pontos da ovogênese e da espermatogênese e a diferença entre esses dois processos. Além disso, resolveremos um exercício a respeito desse importante tema.
Etapas da meiose I e II
Meiose
Clique aqui e aprenda o que é meiose e quais são suas principais etapas.
Fases da mitose da raiz de cebola. (1) interfase (2) prófase, (3) metáfase, (4) anáfase e (5) telófase. Fonte: Atlas de Histologia do ICB – UFG.
Mitose
Processo de divisão celular que ocorre entre uma interfase e outra, compreendida nas fases: prófase, metáfase, anáfase e telófase. Resulta em duas células idênticas entre si e a célula-mãe.
Apesar de frequentemente ser chamado de óvulo, na ovulação é liberado um ovócito secundário
Ovogênese
Saiba mais sobre a ovogênese, um processo essencial para a reprodução.
O embaralhamento dos “fatores” hereditários.
Permutação
Troca de segmentos correspondentes entre cromossomos homólogos.
video icon
Geografia
Discussões sobre o clima 2021 e COP-26
Assista à videoaula sobre as discussões sobre o clima 2021 e a COP-26. Saiba o que são as COP, onde será a COP-26 e qual a importância dessas conferências!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.