Whatsapp icon Whatsapp

Garimpo

O garimpo é um tipo de atividade extrativista que tem como objetivo a obtenção de minérios. A atividade garimpeira provoca grandes transformações nas paisagens naturais.
Garimpeiro garimpando em um garimpo de ouro no rio Anzu, no Equador.
O garimpo é uma atividade mineral que usa técnicas arcaicas de produção. [1]

 O garimpo é um tipo de atividade mineral baseado na produção em pequena escala, com baixo investimento em tecnologia, capital e mão de obra. Historicamente, o garimpo é uma atividade econômica muito antiga, inclusive no Brasil, que possui vasta tradição na exploração mineral. O principal objetivo do garimpo é a extração de minerais. A garimpagem é uma prática realizada em zonas naturais diversas e provoca graves impactos no meio ambiente. A contaminação por mercúrio é um impacto ambiental típico dessa atividade econômica.

Leia também: Commodities — as mercadorias primárias de origem agrícola, pecuária, mineral e ambiental

Resumo sobre garimpo

  • A mineração é uma atividade econômica bastante antiga que é empregada principalmente para o fornecimento de matérias-primas.

  • O principal objetivo do garimpo é a obtenção de minerais de valor econômico chamados de minérios.

  • O termo garimpo é constantemente aplicado à atividade mineradora mais arcaica, ou seja, com menor emprego de tecnologias avançadas.

  • A atividade da garimpagem provoca diversas consequências, concentradas nos âmbitos econômicos, sociais e ambientais.

  • A contaminação do mercúrio é um dos principais impactos ambientais registrados em áreas de garimpo.

  • No Brasil, o garimpo está fortemente vinculado aos graves problemas ambientais registrados no país, como o desmatamento.

  • O garimpo ilegal é aquele que não possui autorização legal, de um órgão público ou autoridade competente, para o seu correto funcionamento.

  • O garimpo não deve ser confundido com a mineração, realizada em larga escala por grandes grupos industriais e caracterizada pelo emprego de vasta tecnologia.

História do garimpo

A atividade de garimpagem é bastante antiga é está diretamente relacionada à extração de minerais diversos para benefícios econômicos. A fixação das sociedades humanas gerou a necessidade de produção de diversos materiais, tanto para uso doméstico quanto industrial, fomentando assim a necessidade da criação de tecnologias. Para a fabricação desses produtos, tornou-se necessário um conjunto de matérias-primas, entre elas os minerais, presentes em diferentes objetos humanos.

Ao longo da modernização da sociedade, a necessidade de matérias-primas e de artigos industrializados aumentou, contribuindo para o crescimento da exploração mineral. Dessa forma, essa atividade tornou-se um importante motor econômico e um grande marco histórico em diferentes localidades do planeta.

No Brasil, por exemplo, tal atividade foi iniciada no período da colonização, contribuindo ativamente para o povoamento do interior do país bem como para o desenvolvimento econômico e social local. Contudo, o garimpo também foi responsável por grandes transformações negativas na paisagem natural e na estrutura social brasileiras.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quais são os objetivos do garimpo?

O objetivo do garimpo é a obtenção de minerais de valor econômico. Esses minerais são chamados de minérios. A garimpagem é um tipo de extrativismo mineral que, por meio da utilização de técnicas diversas, promove a extração de vários minerais. Sendo assim, os minerais obtidos são utilizados como matérias-primas, especialmente para a fabricação de bens industrializados. São exemplos de minerais obtidos por meio do garimpo: ouro, prata, diamante e esmeralda.

Como acontece o garimpo?

A prática do garimpo acontece mediante a exploração de recursos naturais diversos, como fontes de água e porções de solo, onde estão dispostos, por meio de reservas presentes na natureza, os chamados recursos minerais.

O termo garimpo é constantemente aplicado à atividade mineradora mais arcaica, que possui menor emprego de tecnologias avançadas de mineração e é realizada em menor escala, tanto em termos espaciais quanto em termos produtivos. Tradicionalmente, a ação do garimpo está concentrada em zonas geograficamente isoladas e de menor porte produtivo e que, por isso, requerem menor uso de tecnologias.

Garimpeiro em um garimpo no Peru.
A atividade garimpeira é caracterizada pelo menor emprego de tecnologia de mineração. [2]

Quais são as consequências do garimpo?

A atividade da garimpagem provoca consequências concentradas nos âmbitos econômico, social e ambiental. Em um viés mais positivo, destaca-se a geração de emprego e renda por essas operações, que são, no entanto, fortemente marcadas por um cenário de instabilidade e vulnerabilidade social.

A atividade garimpeira é, muitas vezes, realizada de forma ilegal, o que ocasiona uma profunda alteração da paisagem natural e da estrutura social da região de instalação do garimpo. Assim, são consequências danosas dessa atividade econômica elevado impacto ambiental e desordenamento espacial. Ainda, são exemplos comuns de consequências provocadas pelas atividades atreladas ao garimpo: aumento da violência; poluição dos recursos naturais; e acentuação da desigualdade social.

Quais são os impactos ambientais causados pelo garimpo?

O garimpo provoca profundas transformações nas paisagens naturais. Assim, é comumente apontado como uma das atividades econômicas que provocam grandes impactos ambientais, em razão da grande escala de modificação do ambiente natural. São exemplos de impactos ambientais provocados por meio do garimpo:

Área da Floresta Amazônica na qual é possível observar os impactos ambientais causados pelo garimpo.
O garimpo provoca grandes transformações nas paisagens naturais.

Contaminação por mercúrio

A contaminação do mercúrio é um dos principais impactos ambientais verificados nos garimpos. O mercúrio é um elemento químico, considerado muito tóxico, que provoca a contaminação dos recursos naturais, com destaque para a água e o solo. Assim, ele prejudica de forma direta os elementos da natureza, provocando alterações na dinâmica ambiental e, ainda, contribuindo para a mortandade de espécies de flora e fauna. O mercúrio também é prejudicial para a saúde humana, provocando diversos problemas de origem contaminosa, como distúrbios estomacais, cardiovasculares e neurológicos.

Garimpo no Brasil

O Brasil é um país que possui vasta tradição nas atividades de garimpagem. Esse cenário é dado pelas condições históricas e naturais do país, considerando que o território brasileiro possui grandes reservas minerais que são exploradas de forma intensa ao longo dos ciclos econômicos, como durante o período da colonização brasileira.

Atualmente, o Brasil é um dos principais produtores de minérios do mundo, com destaque, por exemplo, para o ferro. O estado de Minas Gerais e o estado do Pará são os grandes produtores de minérios do país. A presença de garimpos no Brasil ainda é muito grande, especialmente em zonas do interior, ocupando porções importantes de biomas como a Amazônia e o Cerrado.

No Brasil, o garimpo está fortemente vinculado aos graves problemas ambientais registrados no país, como o desmatamento, e, ainda, aos elevados índices de violência, como as taxas de homicídios. O avanço da atividade garimpeira em parques nacionais e terras indígenas, por exemplo, gera graves impactos ambientais e instabilidades sociais diversas.

Veja também: Atividade pesqueira no mundo

Garimpo legal x garimpo ilegal

  • Garimpo legal: é aquele que ocorre quando há expressa autorização da criação e operação da área de garimpo. No Brasil, por exemplo, para essa atividade ocorrer de forma legal, são necessárias a obediência aos critérios presentes no Estatuto do Garimpeiro (lei 11.685/2008) e a autorização por meio da Agência Nacional de Mineração (ANM).

  • Garimpo ilegal: é aquele que não possui uma autorização legal, de um órgão público ou autoridade competente, para o seu correto funcionamento. Essa atividade é muito comum em terras indígenas e reservas naturais, protegidas das atividades de garimpagem por meio de legislação específica.

Garimpo x mineração

  • Garimpo: é uma atividade econômica que ocorre em zonas espacialmente limitadas, muitas vezes isoladas geograficamente, nas quais são utilizados métodos arcaicos e tradicionais de produção. Portanto, o garimpo ocorre com pequeno emprego de tecnologia, capital e mão de obra.

  • Mineração: é uma atividade econômica de larga escala que envolve os diversos processos de exploração mineral, desde atividades de pesquisa geológica até o beneficiamento de produtos minerais. Dessa forma, a mineração é tradicionalmente realizada em larga escala, por grandes grupos industriais, e caracterizada pelo emprego de vasta tecnologia.

Créditos de imagem

[1] goran_safarek / Shutterstock

[2] Ryan M. Bolton / Shutterstock 

Publicado por Mateus Campos

Artigos Relacionados

Agenda 21
Confira o que é a Agenda 21, qual é a sua função e quais são os princípios centrais da Agenda 21 brasileira.
Consumo sustentável
Uma proposta de mudança nos hábitos de consumo.
Dicas práticas de como melhorar o meio ambiente
Pequenas ações, grandes mudanças: ajude o meio ambiente.
Economia verde
Compreenda o conceito de economia verde, os seus princípios e fique por dentro do acalorado debate que existe em torno dessa proposição.
Impactos ambientais
Saiba o que são impactos ambientais e conheça suas causas e consequências. Veja os principais impactos ambientais registrados no Brasil e no mundo.
Meta Ambiental do Brasil
A meta ambiental do Brasil, suas reformulações e os seus principais avanços recentes.
Preservação e Conservação Ambiental
Saiba a diferença entre conservação e preservação ambiental.
Sustentabilidade
Conceito de sustentabilidade e algumas graduações voltadas para esse fim.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Condição de existência de triângulos
Nessa aula veremos a condição de existência de um triângulo utilizando um raciocínio lógico e em seguida formalizando esse conhecimento.