Whatsapp icon Whatsapp

Curiosidades sobre as esponjas

Poríferos são encontrados em quase todos os ambientes aquáticos
Poríferos são encontrados em quase todos os ambientes aquáticos

Os espongiários – ou poríferos – são animais encontrados em quase todos os ambientes aquáticos, desde regiões polares a regiões tropicais. Não possuem tecidos diferenciados e suas cores, tamanhos e formas são variáveis, de acordo com a espécie e ambiente que ocupam. Podem viver isolados ou em colônia.

Alguns moluscos e peixes, ouriços, estrelas-do-mar e tartarugas se alimentam de esponjas. Assim, algumas espécies de esponjas possuem mecanismos de defesa - como compostos químicos tóxicos que alguns indivíduos do gênero Tedania e Neofibularia apresentam, podem causar dermatites na espécie humana.

Alguns desses compostos químicos são utilizados também na competição por espaço, impedindo que seres indesejáveis se alojem próximo a elas.

Entretanto, relações interespecíficas harmônicas são comuns, onde estas desempenham função de refúgio para alguns peixes e invertebrados de menor porte; podem ser ambientes de desova para certas espécies de peixes; cobertura ou camuflagem - como no caso dos caranguejos do gênero Dromia, que usam pedaços de diversas esponjas em suas carapaças; e podem, ainda, desenvolver relações simbióticas com cianofíceas, que produzem fontes de nutrição para a esponja.

Espécies do gênero Spongia e Hippospongia são usadas como esponjas de banho, cujo ápice se deu na década de 30 em locais como Cuba, Flórida e Bahamas. Atualmente são mais usadas as esponjas sintéticas, principalmente em razão do menor custo destas.

Uma vez que possuem capacidade filtradora, estes organismos são bioindicadores da qualidade da água, sendo, inclusive, bastante solicitadas em trabalhos de monitoramento ambiental.

São, ainda, um dos grupos de organismos com maior porcentagem de espécies produtoras de compostos antibióticos, antitumorais e antivirais.

Esponjas da família Cladorhizidae, habitantes de altas profundidades, não possuem sistema aqüífero e são dotadas de filamentos com espículas em forma de ganchos. Tais estruturas se prendem aos crustáceos, que são absorvidos e digeridos sem a presença de qualquer cavidade digestiva. No Brasil, temos uma representante desta família: Chondrocladia albatrossi

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Publicado por Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Artigos Relacionados

Cnidários
Conheça mais sobre os cnidários clicando aqui. Abordaremos neste texto a estrutura do corpo desses animais, sua fisiologia e também sua reprodução.
Poríferos
Amplie seus conhecimentos sobre poríferos descobrindo mais sobre a estrutura dos seus corpos bem como sobre seu tipo de reprodução e importância ecológica.
Cascavel: serpente peçonhenta brasileira.
Serpentes peçonhentas brasileiras
Características dos quatro gêneros de serpentes responsáveis pelos acidentes envolvendo espécies peçonhentas.
Esquema da circulação dupla e completa nas aves
Sistema circulatório das aves
As aves são animais que apresentam circulação dupla e completa, veja aqui como ocorre o sistema circulatório das aves.
Esquema do sistema digestório de uma ave
Sistema digestório das aves
Conheça os órgãos que fazem parte do sistema digestório das aves e veja como ocorre a digestão nesses animais.
Os marsupiais são animais vivíparos, mas de placenta rudimentar e transitória
Subclasse Metatheria
Clique aqui e conheça mais sobre os animais pertencentes à subclasse metatheria, muito conhecidos como marsupiais.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.