Whatsapp icon Whatsapp

Inseto é artrópode?

Insetos: louva-a-deus predando uma borboleta. Fotografia: Fabrício Oda.
Insetos: louva-a-deus predando uma borboleta. Fotografia: Fabrício Oda.
Muitas vezes percebemos a confusão de conceitos quanto à definição de inseto: muitos já ouviram dizer que a aranha é um inseto, não é mesmo? Ou, pior ainda, que ratos e morcegos também são?!

Possivelmente essa confusão nos remete àquela questão de, há alguns anos atrás, estudamos na escola os “animais úteis ao homem” e “os animais maléficos à vida humana”. Você não passou por isso? Sorte sua!

Lembro-me que, em meados da quarta série, em meu querido livro didático, alguns animais estavam representados dessa forma e, entre os animais maléficos ao homem estavam as baratas, ratos, mosquitos, escorpiões, etc... e, como muitos desses são, de fato, insetos, talvez a generalização tenha contribuído para estes erros conceituais que, de certa forma, até são compreensíveis, uma vez que os insetos constituem a classe mais diversificada do filo dos artrópodes e os invertebrados, de uma forma geral, são bem mais abundantes que os animais ditos vertebrados!

Bem, vamos ao que mais interessa: o que é um artrópode?

Arthropoda é o nome que se dá ao filo dos animais que possuem um exoesqueleto e apêndices articulados, além de corpo dividido em cabeça, tórax e abdome ou cefalotórax e abdome, no caso dos quelicerados e crustáceos.

Estes animais são divididos em subfilos: crustácea, chelicerata e uniramia e é neste último que os insetos estão. Os crustáceos são representados pelos camarões, lagostas, caranguejos, cracas, siris e apresentam dois pares de antenas, geralmente cinco pares de pernas e vários apêndices abdominais. Os quelicerados são representados pelas aranhas, escorpiões, opiliões, carrapatos e ácaros. Não possuem antena, possuem quatro pares de pernas e um par de quelíceras.

Já o subfilo uniramia reúne as classes dos insetos, quilópodes e diplópodes. Os insetos possuem um par de antenas e três pares de pernas; os diplópodes, representados pelos piolhos-de-cobra e os quilópodes (lacraias e centopéias) possuem corpo cilíndrico e várias patas.

E agora, ficou mais fácil compreender a diferença? Respondendo à pergunta-título: sim: todo inseto é artrópode, mas nem todo artrópode é inseto!

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Publicado por Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Artigos Relacionados

Artrópodes
Vamos conhecer mais sobre os artrópodes? Clique aqui e estude as principais características desse grupo de invertebrados.
Filmes podem ser uma ótima forma de estudar Biologia e também outras disciplinas
Cinco filmes para estudar Biologia
Confira cinco filmes para estudar Biologia e torne seus estudos mais produtivos!
O caranguejo é um exemplo de crustáceo encontrado frequentemente em regiões litorâneas
Crustáceos
Conheça as características básicas dos crustáceos, seu modo de vida e alguns exemplos.
Gafanhotos
Saiba mais sobre os gafanhotos, suas características gerais, seu ciclo de vida e sua importância ecológica e econômica clicando aqui!
Os besouros são artrópodes classificados no grupo dos insetos
Insetos
Saiba mais sobre as características gerais dos insetos, um grupo de animais do filo dos artrópodes e que apresenta representantes com asas.
Muda ou ecdise em artrópodes
Já ouviu falar a respeito da muda ou ecdise? Clique aqui, entenda como esse processo ocorre e a sua importância para os artrópodes.
As tuataras são as únicas representantes da ordem sphenodonta
Ordem sphenodonta
Clique aqui e conheça mais sobre os tuataras, animais que representam a ordem sphenodonta.
Piolho (pediculose)
Você sabe o que é pediculose? Clique aqui e conheça mais sobre essa doença causada por piolhos e que provoca muita coceira. Saiba seu tratamento e sua transmissão.
A lagosta é um tipo de artrópode do grupo dos crustáceos
Principais diferenças entre os grupos de artrópodes
Conheça as principais diferenças entre os grupos de artrópodes e aprenda a identificar melhor os animais pertencentes a esse filo.
Zaglossus attenboroughi: nome que homenageia o naturalista David Attenborough.
Subclasse Prototheria
Clique aqui e conheça as peculiaridades da subclasse prototheria.
video icon
Filosofia
Fenomenologia de Merleau-Ponty
A Fenomenologia foi um movimento filosófico que visava a entender como o ser humano compreende o mundo a partir de sua própria percepção dos fenômenos. Maurice Merleau-Ponty aprofundou-se nos estudos do “pai” da fenomenologia, Edmund Husserl, e desenvolveu a sua própria vertente fenomenológica: a Fenomenologia da Percepção. Para saber mais sobre o assunto, confira nossa aula!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!