Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Política
  3. Paternalismo

Paternalismo

Ao viver no regime democrático, muitos acreditam que a escolha dos representantes políticos deve estar atrelada a um processo de identificação sincero entre um candidato e seus possíveis eleitores. Nesse contexto, a vitória de um determinado representante político seria a consequência natural de uma ideologia e de um projeto político que vencem as eleições ao melhor que atender aos anseios da população.

Apesar de toda a coerência perceptível nesse tipo de situação, observamos que o desenvolvimento das práticas políticas não ocorre somente dessa forma. Quantas e quantas vezes não vemos alguém professando o seu voto em algum político como uma retribuição a um favor anteriormente atendido? É nesse tipo de situação que observamos uma clara manifestação do chamado paternalismo político.

A prática paternalista acontece geralmente quando um candidato ou governante oferece um favor em troca de algum outro benefício. Dessa forma, ao invés de representar honestamente apenas o interesse daqueles que o elegeram, o político abusa do poder que tem em mãos para se perpetuar em cargos ou atingir outras metas. Em suma, vemos que a relação de representatividade perde amplo espaço para as simples relações de troca.

Geralmente, o paternalismo acontece em países ou regiões em que as condições de vida da população está carcomida por graves problemas. Aproveitando dessa situação, o político facilmente atinge seus objetivos ao conceder favores que usualmente resolvem de forma paliativa os dilemas daquele grupo social. Com isso, a realização de projetos de grande transformação se anula pela tentação de soluções imediatistas.

Em muitas situações, observamos que os políticos paternalistas são venerados como “homens fortes”. De fato, a sua força gira em torno de atrair o apoio irrestrito de eleitores que não veem mal em eleger alguém que “rouba, mas faz”. Atualmente, o aprimoramento das leis, a educação e aplicação de políticas sociais consistentes são vistos como soluções para que o paternalismo e seus representantes percam força.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Rainer Sousa
Mestre em História

Um tipo de prática que vai contra o desenvolvimento das instituições democráticas.
Um tipo de prática que vai contra o desenvolvimento das instituições democráticas.
Publicado por: Rainer Gonçalves Sousa
Assuntos relacionados
Lavagem de dinheiro é o processo de disfarçar (lavar) um dinheiro de origem ilícita.
Lavagem de dinheiro
Lavagem de Dinheiro, o que é lavagem de dinheiro, como funciona o esquema de lavagem de dinheiro, paraísos fiscais.
Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo do Estado de São Paulo.
Governador
Descubra aqui como se elege um governador e quais as suas funções.
Prefeito
Clique no link para ler detalhes sobre as funções de um prefeito, como ele se elege e a história das prefeituras no Brasil.
O Presidente dos Estados Unidos é eleito pelo voto do Colégio Eleitoral
Como é eleito o Presidente dos EUA?
Entenda como é eleito o Presidente dos Estados Unidos!
Tecnocracia
Tecnocracia, o que é tecnocracia, características da tecnocracia, política, tecnologia, economia, utopia, métodos de produção, ciência.
Plutocracia
Plutocracia, o que é plutocracia, características da plutocracia, riqueza, política, governo exercido pelos ricos.
Lobby
Lobby, o que é lobby, o que caracteriza um lobby, fazer lobby, política, influências, corrupção, interesses, jogo político, lobby é ilegal?, lobista, jogo de interesses.
Sobre tudo o que se possui existe uma taxa a ser paga.
Impostos recolhidos obrigatoriamente
Impostos recolhidos obrigatoriamente, o que é imposto, a finalidade dos impostos, tipos de impostos, quem são os responsáveis pela cobrança dos impostos, impostos recolhidos pela União, impostos recolhidos pelo Estado, impostos recolhidos pelos municípios.
Collor e Clinton: duas figuras políticas que sofreram processos de impeachment.
Impeachment
O instrumento político que retirava os poderes de um dirigente do Poder Executivo.
O absolutismo defendia a centralização do poder político pelas mãos do rei.
Absolutismo
O sistema político que defende uma estrutura de poder centralizada.
Getúlio Vargas, presidente do Brasil entre 1930 e 1945 e entre 1951 e 1954, é considerado por muitos o maior nome do populismo no país.*
Populismo
Clique aqui e acesse este texto que explica sobre populismo. Entenda o que significa esse conceito que foi utilizado para explicar parte da experiência histórica e política do Brasil. Conheça ainda as críticas feitas por estudiosos a respeito desse termo e compreenda o fenômeno recente do populismo de direita.