Whatsapp icon Whatsapp

Pilha seca de Leclanché

A pilha seca ácida é muito comum no cotidiano, sendo a mais barata e usada para alimentar equipamentos portáteis e aparelhos elétricos.
A pilha seca ácida é muito comum no cotidiano, sendo a mais barata e usada para alimentar equipamentos portáteis e aparelhos elétricos.

A pilha seca ácida foi desenvolvida em 1866, pelo químico francês George Leclanché (1839-1882). Ela é a pilha mais comum hoje em dia, pois é a mais barata e a mais usada em lanternas, rádios, equipamentos portáteis e aparelhos elétricos como gravadores, flashes e brinquedos.

Essa pilha na verdade não é seca, pois dentro dela há uma pasta aquosa, úmida, mas ela recebeu esse nome para diferenciá-la (porque era revolucionária, na época em que foi criada) das primeiras pilhas até então conhecidas, como a pilha de Daniell (imagem abaixo), que utilizavam recipientes com soluções aquosas.

A pilha de Daniell se diferencia da pilha seca de Leclanché em razão do uso de soluções aquosas

A pilha seca produz uma voltagem de apenas 1,5 V, mas pode ser melhorada com seu uso descontínuo, ou seja, alternar períodos de uso com repouso fora do produto.

A sua composição é dada segundo o esquema básico das partes principais da reação eletroquímica a seguir:

Esquema básico da pilha seca

Dentro da pilha temos o ânodo (polo negativo) e o cátodo (polo positivo), que são formados por:

Ânodo: oxidação que ocorre no zinco metálico que fica no envoltório da pilha.

Zn (s) → Zn2+ (aq) + 2 e-

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Cátodo: Redução do manganês de NOX +4 (MnO2) para +3 (Mn2O3) presente na pasta úmida que fica na parte interna da pilha.

2 MnO2(aq) + 2 NH4 1+ (aq)  + 2e-  → 1 Mn2O3  (s) + 2NH3(g) + 1 H2O(l)

Essa mistura pastosa é constituída de cloreto de amônio (NH4Cl), óxido de manganês (MnO2)e carbono pulverizado. O zinco transfere os seus elétrons para o manganês por meio da barra de grafita central, que em razão disso é considerada o polo positivo do circuito externo da condução dos elétrons.

Assim, temos como reação global de funcionamento da pilha seca ácida:

Zn (s) + 2 MnO2(aq) + 2 NH4 1+ (aq) → Zn2+ (aq) + 1 Mn2O3  (s) + 2NH3(g)

Seu funcionamento cessa definitivamente quando todo o dióxido de manganês é convertido em trióxido de manganês. Essa reação é irreversível, por isso essas pilhas são não recarregáveis.

Publicado por Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

As pilhas e baterias, sem as quais não conseguimos viver, são resultantes dos estudos da Eletroquímica
Eletroquímica
Introdução ao estudo da Eletroquímica — um ramo da Química que estuda os processos que ocorrem nas pilhas e na eletrólise.
A equação de Nernst é utilizada no potenciômetro (representado na imagem), equipamento que mede o pH ou o Kps de uma solução
Equação de Nernst
Clique e aprenda a determinar a voltagem de uma pilha em um determinado momento do seu funcionamento por meio da Equação de Nernst!
Ilustração da pilha de Daniell
Pilha de Daniell
Conheça a pilha de Daniell ou pilha de zinco-cobre, como ela é montada e seu funcionamento.
video icon
Geografia
Climatologia no Enem: como esse tema é cobrado?
Assista à videoaula entenda a diferença entre tempo e clima. Saiba quais são os fatores que influenciam os climas do mundo. Veja como esse assunto pode ser abordado no Enem.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.