Whatsapp icon Whatsapp

Adaptações para a polinização

Zoofilia: animais polinizadores (insetos, aves e mamíferos).
Zoofilia: animais polinizadores (insetos, aves e mamíferos).
A polinização é o fenômeno de transferência de grãos de pólen do órgão reprodutor masculino para o feminino nos vegetais superiores (gimnospermas e angiospermas), geralmente realizada por agentes como: o vento (anemófila), a água (hidrófila) e animais (zoofilia), esse último específico ao tipo de organismo.

Entomofilia – processo de dispersão de grão de pólen através de insetos, porém comumente empregado ao evento de polinização realizado por abelhas e moscas;

Cantarofilia – polinização cujo agente dispersor de pólen é o besouro;

Psicofilia – polinização cujo agente dispersor de pólen é a borboleta;

Falenofilia – polinização cujo agente dispersor de pólen é uma mariposa de hábito noturno;

Quirópterofilia – polinização cujo agente dispersor é o morcego;

Ornitofilia - polinização cujo agente de dispersão de pólen é uma ave.

Muitas plantas polinizadas por insetos apresentam pétalas pigmentadas de azul ou amarelo, produzindo também substâncias aromáticas que atraem os insetos (animais com olfato bem desenvolvido).

As plantas polinizadas por aves geralmente são vermelhas ou laranjadas, cores que as aves enxergam bem, contudo estas sem aroma, visto que as aves não possuem olfato apurado, o que acaba por não atrair os insetos tanto pela cor quanto pelo cheiro.

Dessa forma, as flores diurnas são mais vistosas e coloridas, podendo geralmente utilizar recursos odoríferos.

Plantas com floração noturna não são muito coloridas, pois no escuro a estratégia adaptativa é atrair seus polinizadores pelo odor. É o caso da paineira, que ao exalar cheiro forte atrai morcegos; e também a dama-da-noite, com flores brancas de intensa fragrância e veios de néctar que atraem as mariposas.

Outra característica está relacionada à resistência da pétala, normalmente estrutura muito frágil, sendo a sua consistência favorável ao pouso de alguns insetos e outros não, como por exemplo, os besouros, animais de peso considerável levando-se em conta sua contribuição ecológica, polinizando espécies botânicas com flores portando pétalas mais espessas.
Publicado por Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro

Artigos Relacionados

As abelhas são animais que apresentam valor ecológico e econômico.
03 de Outubro - Dia da abelha
Você sabe em que data é comemorado o dia da abelha? Clique e descubra que data é essa e a importância da instituição dessa comemoração. Conheça também um pouco mais a respeito desses importantes animais que atuam na polinização de várias espécies de angiospermas e produzem vários produtos de valor comercial.
O milho é um exemplo de planta polinizada pelo vento
Agentes polinizadores
Aprenda mais sobre os agentes polinizadores e entenda a importância deles para a manutenção de algumas espécies vegetais.
A maré vermelha é um exemplo de amensalismo
Amensalismo
Você sabia que a maré vermelha é um exemplo de amensalismo? Confira aqui!
O cerrado em chamas: um processo natural de sucessão ecológica.
Sucessão primária e secundária
A colonização do ambiente por comunidades pioneiras e clímax.
Os tricomas evitam a perda de água por transpiração, além de garantirem proteção contra a herbivoria
Tricomas
Os tricomas são apêndices epidérmicos com várias funções, tais como proteção contra perda de água. Clique aqui e aprenda mais sobre essas estruturas!
video icon
Sociologia
O que é lugar de fala?
Lugar de fala é uma expressão que possui vários significados. Veja nesta aula os questionamentos e teorias que envolvem essa polêmica teoria.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.