Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Ecologia

Ecologia

Ecologia é uma ciência complexa que nos permite entender como os seres vivos relacionam-se uns com os outros e com o ambiente em que vivem. Ao estudar ecologia, podemos compreender melhor a importância de cada espécie do planeta e também como o ambiente influencia na distribuição e na abundância das diferentes espécies. Ao entendermos essas relações, fica mais claro também a importância de preservamos o meio ambiente.

Leia também: Aquecimento global e biodiversidade

Conceito de ecologia

O termo ecologia foi originalmente empregado por Ernst Haeckel (1834-1919), em 1866, na obra Generelle morphologie. A palavra ecologia é derivada de duas palavras gregas: oikós e logos, que significam, respectivamente, “casa” e “estudo”. Podemos concluir, desse modo, que ecologia seria o estudo do local em que os seres vivos vivem, entretanto, essa parte da biologia é muito mais complexa. Uma forma melhor de definir a ecologia seria:

A ecologia é a ciência que estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o meio ambiente.

 

A ecologia apresenta duas subdivisões: autoecologia e sinecologia. Na autoecologia, o objeto de estudo é o indivíduo ou uma determinada espécie, sendo, nesse caso, por exemplo, estudado como o meio pode influenciar no comportamento, fisiologia e morfologia de uma dada espécie. A sinecologia, por sua vez, estuda as comunidades, sendo observado não apenas uma espécie, mas sim diferentes organismos e como eles se associam.

Quando estudamos ecologia, percebemos a importância de cuidar-se do meio ambiente.
Quando estudamos ecologia, percebemos a importância de cuidar-se do meio ambiente.

Níveis de organização em ecologia

Quando estudamos biologia, a divisão em níveis hierárquicos é importante para que o estudo seja facilitado. Essa divisão apresenta, geralmente, 12 níveis: átomo, molécula, organela, célula, tecido, órgão, sistema, organismo, população, comunidade, ecossistema e biosfera.

Na ecologia, um organismo não será analisado em todos esses níveis, sendo alguns deles exclusivos de outras áreas da biologia. Em ecologia, os níveis de organização tratados são: organismo, populações, comunidades, ecossistemas e biosfera.

  • Organismo: é um indivíduo de uma determinada espécie.
  • População: é um termo usado para referir-se a indivíduos de uma mesma espécie, que vivem num determinado local e num determinado tempo. Em uma população, há a troca de material genético entre os indivíduos.
  • Comunidade: é um termo utilizado para referir-se ao conjunto de populações que vivem numa determinada área e num determinado tempo. Em uma comunidade, os indivíduos de diferentes espécies interagem entre si.
Nos ecossistemas, os organismos vivos interagem com outros seres vivos e com fatores abióticos.
Nos ecossistemas, os organismos vivos interagem com outros seres vivos e com fatores abióticos.
  • Ecossistema: refere-se ao conjunto formado pelos componentes abióticos (sem vida) e bióticos (seres vivos) de uma região. Esses dois componentes interagem entre si e garantem que ocorra o fluxo de energia e a reciclagem da matéria.
  • Biosfera: conjunto de todos os ecossistemas do planeta, ou seja, todas as regiões da Terra onde há seres vivos.

Leia também: Principais desastres ambientais causados pelo homem no Brasil

Conceitos básicos da ecologia

Para estudar-se ecologia, é importante ter-se conhecimento de alguns conceitos básicos. Além dos já estudados quando falamos sobre níveis de organização, são conceitos importantes:

  • Habitat: é onde uma determinada espécie vive. A zebra vive na savana africana, sendo esta, portanto, seu habitat.
  • Nicho ecológico: é o modo de vida de determinado organismo.
  • Pirâmide ecológica: é a representação gráfica que reproduz os diferentes níveis tróficos de um ecossistema. As pirâmides ecológicas podem ser de três tipos: número, biomassa e energia.
  • Relações ecológicas: são as interações estabelecidas entre os seres vivos. As relações ecológicas podem ser intraespecíficas, quando envolvem indivíduos da mesma espécie, e interespecíficas, quando ocorre entre indivíduos de espécies diferentes. As relações ecológicas podem, ainda, ser classificadas em harmônicas e desarmônicas, considerando-se os benefícios e malefícios advindos da interação.
As abelhas estabelecem relações ecológicas com várias plantas, promovendo a sua polinização, enquanto as plantas fornecem-lhe néctar.
As abelhas estabelecem relações ecológicas com várias plantas, promovendo a sua polinização, enquanto as plantas fornecem-lhe néctar.
  • Cadeia alimentar: sequência linear pela qual a matéria e a energia são transferidas de um nível trófico a outro. A cadeia alimentar mostra uma sequência de seres vivos que servem de alimento para outros, iniciando-se com os organismos produtores.
  • Teia alimentar: conjunto de várias cadeias alimentares interligadas. Nas teias alimentares, um mesmo organismo pode estar em diferentes níveis tróficos.
  • Nível trófico: conjunto de organismos de um ecossistema que apresentam o mesmo tipo de nutrição. Todos os organismos que realizam fotossíntese, por exemplo, ocupam o mesmo nível trófico: os produtores. Existem três níveis tróficos principais: produtores, consumidores e decompositores.
  • Produtores: são os organismos autotróficos, ou seja, aqueles capazes de sintetizar seu próprio alimento. Plantas e algas são organismos produtores.
  • Consumidores: são aqueles organismos heterotróficos, incapazes de sintetizar seu próprio alimento, e, desse modo, precisam ingerir outros seres vivos. Os consumidores primários são aqueles que se alimentam dos produtores, os secundários alimentam-se dos consumidores primários, os terciários alimentam-se dos consumidores secundários, e assim sucessivamente.
  • Decompositores: são organismos que realizam a decomposição, processo por meio da qual obtêm os nutrientes de que necessitam da matéria morta, e promovem a devolução de alguns compostos químicos para o ambiente.
Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Os ursos-polares são mamíferos que vivem na região do Ártico, um local bastante frio e com grande quantidade de gelo.

A frase acima se refere ao(às):

a) nicho ecológico do urso-polar.

b) nível trófico do urso-polar.

c) habitat do urso-polar.

d) hábito alimentar do urso-polar.

e) relações ecológicas do urso-polar.

Questão 2

O conjunto de organismos da mesma espécie que vivem na mesma área em um determinado momento é denominado de:

a) comunidade.

b) espécime.

c) população.

d) ecossistema.

Mais Questões

Seções de "Ecologia"

Artigos de "Ecologia"