Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Botânica
  4. Tecido meristemático

Tecido meristemático

Os tecidos meristemáticos são tecidos de origem embrionária, constituídos por agrupamentos de células com capacidade de sucessivas divisões e diferenciação, formando toda a diversidade de tecidos que formam um vegetal. Em conseqüência a essa característica, pode ser também denominado de tecido de formação.

As células que integram os meristemas possuem metabolismo mais intenso durante o princípio do desenvolvimento de uma planta. Porém, persistindo em determinados órgãos, onde são responsáveis pela continuidade do crescimento, por exemplo.

Assim, durante a fase adulta, uma planta ainda manifesta indícios de meristema, classificados em primário e secundário.

O meristema primário, denominado de apical, possui funcionalidade desde a germinação da semente, colaborando principalmente com o desenvolvimento em comprimento, ocupando as regiões da extremidade caulinar e radicular. Contudo, também é encontrado ao longo do caule, compondo as gemas laterais e dando origem às ramificações e folhas.

- Classificação do meristema primário: protoderme, procâmbio e meristema fundamental.

Já o meristema secundário ou lateral, colabora com o desenvolvimento em espessura, acompanhando o crescimento (estatura) de um vegetal, conferindo maior resistência ao porte arbóreo, encontrado nas gimnospermas, angiospermas dicotiledôneas e algumas monocotiledôneas.

- Classificação do meristema secundário: câmbio vascular (tecidos condutores do xilema e floema) e felogênio (células de preenchimento, reserva e proteção).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Tecido meristemático vegetal.
Tecido meristemático vegetal.
Publicado por: Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(UFRJ) Em pesquisas desenvolvidas com eucaliptos, constatou-se que a partir das gemas de um único ramo pode-se gerar cerca de 200.000 novas plantas, em aproximadamente duzentos dias, enquanto os métodos tradicionais permitem a obtenção de apenas cerca de cem mudas a partir de um mesmo ramo. A cultura de tecido é feita a partir

a) de células meristemáticas.

b) de células da epiderme.

c) de células do súber.

d) de células do esclerênquima.

e) de células do lenho.

Questão 2

Sabemos que os meristemas são tecidos com alta capacidade de diferenciação e que estão relacionados com o crescimento da planta. Entre os meristemas a seguir, marque aquele que é responsável pela formação dos tecidos vasculares primários:

a) Protoderme.

b) Procâmbio.

c) Meristema fundamental.

d) Câmbio.

e) Felogênio.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O caule constitui a estrutura física onde se inserem raízes e folhas
Caule
Clique aqui e saiba mais sobre a estrutura interna de um caule.
O etileno estimula o amadurecimento de frutos
Etileno
Descubra os efeitos do etileno em um vegetal e como esse gás pode ser usado economicamente.
Flor
Saiba mais sobre a estrutura da flor e conheça seus aparelhos reprodutores masculino e feminino.
A ação do fotoperiodismo sobre a floração e frutificação dos vegetais (pequi).
Fotoperiodismo e a floração dos vegetais
De acordo com a fotoperiodismo, as plantas podem ser classificadas em plantas de dias longos, plantas de dias curtos e plantas indiferentes.
As plantas são formadas por diferentes tipos de tecidos
Tecidos vegetais
Aprofunde seus conhecimentos em Botânica conhecendo mais sobre os tecidos vegetais e as principais diferenças entre eles.
Plantas carnívoras realizam movimentos násticos
Movimentos vegetais
Que tal aprender um pouco sobre movimentos vegetais? Apresentaremos neste texto o que são movimentos vegetais e trataremos dos seus principais tipos: tropismo, nastismo (movimentos násticos), heliotropismo (rastreamento solar) e tactismo. Leia o texto e conheça um pouco mais sobre esses importantes movimentos.
A epiderme, um dos tecidos de revestimento das plantas, é encontrada em órgãos com crescimento primário.
Tecidos de revestimento
Clique aqui e descubra mais sobre os tecidos de revestimento, importantes tecidos que envolvem a planta. Neste texto, abordaremos sobre as principais características da epiderme e da periderme. Além disso, falaremos sobre as funções desses tecidos vegetais.
Os tecidos vegetais de sustentação garantem suporte mecânico à planta.
Tecidos de sustentação vegetal
Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre os tecidos de sustentação vegetal. Neste texto, abordaremos o que são tecidos de sustentação e falaremos as principais características do colênquima e do esclerênquima. Além disso, apresentaremos um quadro comparativo com as principais diferenças entre eles.
O pequizeiro é protegido por lei – e não é por um acaso!
Pequi
Saiba as propriedades do pequi e sua utilização na medicina natural.
Cada cacho da pupunheira possui até cem frutos
Pupunheira
Planta típica da região amazônica de bastante interesse econômico.
Horta que utiliza hidroponia
Hidroponia
Conheça a hidroponia, técnica de cultivo de plantas fora do solo. Acredite, essa técnica vem desde a Antiguidade!
Planta em crescimento
Desenvolvimento dos Vegetais
Clique aqui e conheça como ocorre e os fatores que influenciam o desenvolvimento dos vegetais.
A = Xilema, B = Floema.
Vasos Condutores de Seiva: Lenho e Líber
Feixes de vasos condutores de seiva: bruta e elaborada.
Morfologia externa de uma raiz.
Raízes de dicotiledôneas e monocotiledôneas
Órgão que dá suporte aos vegetais, entre outras funções.
Estas plantas carnívoras se fecham em resposta ao contato com a presa
Nastia
Saiba porque certas plantas carnívoras se fecham ao terem contato de suas presas.