Cisto Hidático

O cisto hidático ou hidatidose é uma doença parasitária ocasionada pela forma larval do verme Echinococcus granulosus, parasita pertencente ao grupo das tênias, presente apenas no intestino do cão. A larva encontra-se no interior dos cistos, que possuem um tamanho de aproximadamente 2 a 5 cm.

Os ovos são liberados no ambiente pelo cão através das fezes, esses por sua vez contaminam a água, o solo, e chegam aos pastos, onde podem ser ingeridos pelos ovinos, bovinos e suínos (hospedeiros intermediários) ou pelo homem (hospedeiro acidental) através da água ou vegetais contaminados. Os ovos se rompem no intestino e liberam a larva, que penetra a mucosa e alcança a circulação sanguínea.

Os sintomas da hidatidose dependem do tamanho e da localização do cisto hidático. O fígado, os pulmões e o cérebro são os órgãos mais atingidos pela doença. A pessoa pode apresentar tosse, coceira, lesões de pele e crises de asma. Outros sintomas que poderão ocorrer também são: febre, fadiga e náuseas. O tratamento preferencial é o cirúrgico.

As medidas de prevenção consistem no tratamento dos cães parasitados; métodos de higiene como o consumo de água tratada; ingerir vegetais crus lavados com água sanitária; sempre lavar as mãos após o contato com os cães e antes de preparar os alimentos.
Cisto Hidático: forma larvar
Cisto Hidático: forma larvar
Publicado por: Patrícia Lopes Dantas