Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Mecânica
  4. Orientação espacial

Orientação espacial

Quando estudamos Física, nos deparamos com diversos conceitos, fórmulas, experiências, etc. Utilizamos as unidades de medida, por exemplo, para caracterizar bem as grandezas físicas que estudamos.

Quando falamos que um corpo tem massa de 200, é necessário caracterizarmos essa massa em quilograma ou grama. Portanto, quando falamos que ele possui massa de 200 g temos uma melhor noção da massa do corpo. Essas grandezas físicas são denominadas grandezas escalares.

Em outras situações há a necessidade de uma melhor identificação da grandeza física. É o caso das grandezas físicas conhecidas como grandezas vetoriais. Nesses casos, a grandeza física necessita de uma intensidade (número seguido de uma unidade de medida) e de sua orientação espacial (direção e sentido).

Orientação espacial (direção e sentido)

Dizemos que duas retas têm a mesma direção quando elas estão paralelas. Dois ou mais segmentos de reta têm a mesma direção quando estão sobre a mesma reta ou quando estão sobre retas paralelas, ou seja, a direção de um segmento de reta é a mesma da direção da reta suporte desse segmento (figura). Quando não for esse o caso, as retas terão direções diferentes (figura).

As retas x e y possuem direções diferentes. Os segmentos DE e FG têm direções diferentes

Vamos considerar um segmento de reta AB. Sobre esse segmento podemos imaginar dois sentidos de percurso: um de A para B, outro de B para A. Então podemos considerar dois segmentos com orientações diferentes: o segmento orientado  e o segmento orientado .

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Segmentos de reta com orientações diferentes

Os segmentos orientados MN e PQ, representados na figura abaixo, têm a mesma direção (ou seja, a direção da reta r) e sentidos opostos; enquanto CD e RS têm a mesma direção e o mesmo sentido.

Segmentos de reta orientados

Repare que adotamos, de forma natural e intuitiva, as seguintes notações e nomenclatura: dado um segmento orientado AB, A é a origem e B é a extremidade. Veja a figura abaixo:

Nomenclatura de um vetor

Um segmento orientado , em que A coincide com B, é chamado de segmento nulo. Na realidade, o segmento nulo corresponde a um ponto e, como tal, admite qualquer direção e sentido.

Na figura abaixo o segmento orientado  possui um comprimento de AB, que é chamado de módulo e pode ser colocado em alguma unidade qualquer. O segmento  tem comprimento unitário u. O segmento orientado  tem comprimento 2u, então o módulo do segmento orientado  e  . Da mesma forma, temos: 

Segmentos de reta orientados

As retas r, s e t têm em comum a direção. Os segmentos de reta PQ, RS e MN possuem a mesma direção
As retas r, s e t têm em comum a direção. Os segmentos de reta PQ, RS e MN possuem a mesma direção
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Assuntos relacionados
Jogadora da Seleção Brasileira
Impulso e Quantidade de Movimento
Impulso e Quantidade de Movimento.
Paraquedista planando em razão da força de resistência do ar
Força de Resistência do Ar
O que a força de resistência do ar?
Na situação (a) há uma pessoa de massa m sobre uma balança no interior do elevador; na situação (b) há forças atuando na situação
Elevadores em movimento vertical
Análise do movimento vertical dos elevadores.
A transmissão de pressão foi proposta por Blaise Pascal
Princípio de Pascal
Veja a definição e os cálculos do princípio enunciado por Blaise Pascal.
Homem flutuando na superfície da piscina
Três casos importantes do empuxo
Veja aqui os três casos importantes do empuxo e suas características gerais.
Projeção de um movimento harmônico simples circular uniforme
Função horária da elongação no MHS
Estudo do movimento oscilatório: veja como determinar a função horária da elongação no MHS.
Transformação da energia eólica em energia elétrica
Potência de uma força
A potência de uma força representa a rapidez com que a energia é transformada em outras formas de energia.