Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Física
  3. Óptica
  4. Sistemas ópticos

Sistemas ópticos

De acordo com a Física Óptica, podemos caracterizar um sistema óptico como sendo uma superfície ou um conjunto de superfícies que interagem com a luz. Em nosso cotidiano, podemos nos deparar com alguns exemplos de sistemas ópticos, são eles: um espelho, uma lente e o olho humano.

No cotidiano, as palavras objeto e imagem nos parecem claras. Contudo, transformá-las em um modelo geométrico não é imediato. Por exemplo, quando tiramos uma fotografia de uma árvore em filme diapositivo é claro que o que se registra no filme é uma imagem do objeto, no caso, a árvore; quando projetamos o diapositivo em uma tela, o que está no filme passa a ser objeto, já que a imagem é o que vemos na tela.

Para evitar equívocos, é preciso estabelecer definições que não deixem margem para ambiguidades.

Define-se ponto objeto, em relação a um sistema óptico, como um ponto determinado pelo cruzamento dos raios incidentes nesse sistema óptico. Um ponto imagem, em relação a um dado sistema óptico é, por definição, a intersecção dos raios de luz emergentes do sistema.

Nas figuras abaixo, o retângulo azul representa o sistema óptico (S) de referência (espelho, lente, lanterna, olho etc.). Tanto o ponto objeto como o ponto imagem podem ser reais (determinados pelo cruzamento dos próprios raios) ou virtuais (determinados pelo cruzamento dos prolongamentos dos raios), em relação a cada sistema óptico em estudo.

Quando os raios são paralelos, ou muito aproximadamente paralelos (o que significa que sua intersecção não existe ou está muito afastada, para todos os efeitos práticos), dizemos que o ponto é impróprio. Os objetos e imagens extensos são coleções de pontos objeto e pontos imagem, respectivamente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ponto objeto real, impróprio e virtual; ponto imagem real, impróprio e virtual.
Ponto objeto real, impróprio e virtual; ponto imagem real, impróprio e virtual.

O olho humano e a lente de aumento são exemplos de sistemas ópticos.
O olho humano e a lente de aumento são exemplos de sistemas ópticos.
Publicado por: Domiciano Correa Marques da Silva
Assuntos relacionados
Esquema geral de uma imagem formada no anteparo de uma câmara escura.
Origem da máquina fotográfica
Veja aqui como foram criadas as máquinas fotográficas que são usadas em nosso dia a dia para registrar diversos momentos.
A lâmina é a associação de dois dioptros planos paralelos: ar/vidro e vidro/ar
Lâmina de faces paralelas
Veja aqui como ocorre a refração de um raio de luz quando ele incide sobre uma lâmina de faces paralelas.
Os espelhos esféricos convexos são muito utilizados para vigilância e segurança, estando presente em lojas, supermercados etc
Foco de um espelho esférico
Veja aqui como se comportam os raios de luz que incidem paralelamente ao eixo principal de um espelho esférico.
Frente e Pincel de Luz
O conjunto de raios de luz pode ser chamado de pincel de luz.
Câmara Escura de Orifício
Veja como a imagem de um objeto é formada dentro de uma câmara escura de orifício.
Espelho plano
Translação de espelhos
Deslocamento de um espelho plano em relação a um objeto fixo.