Whatsapp icon Whatsapp

Expectativa de vida no Brasil

A expectativa de vida do brasileiro está em constante progresso
A expectativa de vida do brasileiro está em constante progresso

A esperança ou expectativa de vida se caracteriza pela estimativa do número de anos que se espera que uma pessoa possa viver. Esse dado é um reflexo das condições de vida e saúde de um determinado lugar. No Brasil, assim como na maioria dos países, a expectativa de vida está crescendo a cada ano.

Entre as décadas de 1950 e 1980, o Brasil registrou a maior evolução na expectativa de vida da população. Os principais fatores responsáveis por esse fenômeno foram os investimentos nos serviços de saúde, vacinação, introdução dos antibióticos, medidas preventivas de saúde pública, instalação de redes de esgoto e água tratada, além de saneamento de lagoas e pântanos. Todos esses elementos contribuem para a redução da mortalidade por doença infecciosas, sobretudo entre as crianças, que são mais vulneráveis às infecções.

Conforme dados divulgados em 2009 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o brasileiro vive em média 72,8 anos. Apesar da evolução, o país continua bastante abaixo dos índices das nações desenvolvidas, como, por exemplo, o Japão (83,6), a França (84,5), a Suíça (84,2) e de algumas nações em desenvolvimento: Cingapura (79,7) e Argentina (75).

Com essa atual média, o Brasil ocupa o 80° lugar no ranking mundial da expectativa de vida da Organização das Nações Unidas. Porém, é necessário destacar que esse índice médio não é homogêneo, ou seja, existem desigualdades socioeconômicas muito grandes no território nacional, refletindo nas médias de esperança de vida dos estados brasileiros. Um exemplo desse fato é a diferença nesse dado entre o Distrito Federal (76,5 anos) e Alagoas (67,2 anos).

Confira o ranking brasileiro de esperança de vida divulgado em 2009 pelo IBGE:

1° Distrito Federal: 75,6 anos.
2° Santa Catariana: 75,5 anos.
3° Rio Grande do Sul: 75,3 anos.
4° Minas Gerais: 74,9 anos.
5° São Paulo: 74,5 anos.
6° Paraná: 74,4 anos.
7° Mato Grosso do Sul: 74 anos.
8° Espírito Santo: 74 anos.
9° Goiás: 73,6 anos.
10° Mato Grosso: 73,4 anos.
11° Rio de Janeiro: 73,4 anos.
12° Bahia: 72,3 anos.
13° Pará: 72,2 anos.
14° Amazonas: 71,9 anos.
15° Acre: 71,7 anos.
16° Tocantins: 71,6 anos.
17° Rondônia: 71,5 anos.
18° Sergipe: 71,3 anos.
19° Rio Grande do Norte: 70,8 anos.
20° Amapá: 70,7 anos.
21° Ceará: 70,6 anos.
22° Roraima: 70,3 anos.
23° Paraíba: 69,4 anos.
24° Piauí: 69,3 anos.
25° Pernambuco: 68,7 anos.
26° Maranhão: 68 anos.
27° Alagoas: 67,2 anos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia

Publicado por Wagner de Cerqueira e Francisco

Artigos Relacionados

Alimentos da agricultura familiar
Pequenos agricultores do Brasil
Pequenos agricultores do Brasil, Quem são os Pequenos agricultores do Brasil, Como vivem os Pequenos agricultores do Brasil, Quais os problemas enfrentados pelos Pequenos agricultores do Brasil.
Violência no Brasil
Conheça quais são as causas da violência no Brasil e quais consequências ela gera para a nossa sociedade. Saiba quais são os dados relativos a esse tema.
video icon
Guia de Profissões
Guia de Profissões | Engenharia da Computação: como é o curso e a profissão?
Quer ter mais informações sobre o curso de Engenharia da Computação e a profissão? Confira uma entrevista com o engenheiro da computação Renato Gomide, que fala tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.