Whatsapp icon Whatsapp

Os tempos do indicativo

Primeiramente, vamos lembrar o significado do que quer dizer “modo indicativo”: é quando o falante tem a certeza de sua atitude; o fato é ou será uma realidade. O modo indicativo tem divisões e subdivisões nos casos do pretérito e do futuro. Observe:

• Presente
• Pretérito: perfeito, imperfeito, mais-que-perfeito.
• Futuro: do presente, do pretérito.

Quando e como utilizar cada um dos tempos verbais do indicativo? Vejamos a seguir a maneira de usá-los, separadamente:

O modo indicativo presente assinala: 

• Um fato que ocorre no momento em que se fala: A campainha toca demais.
• Um fato passado, mas que reflete um presente histórico: Rachel de Queiroz falece aos 4 de novembro de 2003, aos 90 anos.
• Uma ação habitual: Ando dois quilômetros todos os dias.
• Uma verdade universal: A terra é redonda.
• Fatos futuros, porém não muito: Ligo para você, assim que chegar em casa.
• Com valor imperativo, uma ordem, pedido: Façam silêncio!

O modo indicativo pretérito assinala:

Pretérito perfeito:

• Um fato concluído: Comprei uma bicicleta.
• Uma ação que se prolonga até o momento presente (forma composta): Tenho trabalhado até tarde.

Pretérito imperfeito:

• Um fato contínuo, habitual, permanente: Ela comprava além do necessário.
• Um fato passado que tem imprecisão quanto ao tempo: Era uma vez uma menina que morava no alto da colina.
• Uma ação que acontece em relação a um fato passado: Eu dormia quando você entrou pela porta e me acordou.

Pretérito mais-que-perfeito:

• Uma ação passada ocorrida anterior a outra também no passado: Ele já realizara (tinha realizado) a prova quando você chegou para buscá-lo.
• Um desejo: Quem me dera poder voar!

O modo indicativo futuro assinala:

Futuro do presente:

• Um fato futuro que poderá ocorrer posterior ao momento da fala: Amanhã, visitarei minha avó.
• Dúvida a respeito de um fato presente: Ele terá uma surpresa boa esta manhã? Sim.

Futuro do pretérito:

• Um fato futuro em relação a uma ação passada: Eu poderia emprestar dinheiro se não tivesse gastado.
• Uma ação futura, porém duvidosa: Seria realmente necessário ter guerras?
• Fato presente: Daria para você fechar a porta porque estou tentando dormir!

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Sabrina Vilarinho

Artigos Relacionados

O modo imperativo se forma do presente do indicativo e do presente do subjuntivo
Como se forma o modo imperativo?
Compreender com se forma o modo imperativo é essencial em determinadas circunstâncias comunicativas. Atenha-se aqui alguns pressupostos!
Formas Nominais do Verbo
Conheça as outras posições ocupadas por esta classe gramatical.
De acordo com o tempo verbal em que é expresso, tal verbo adquire diferentes nuances de significado
Minuciosidades relativas ao verbo haver
Constate-as em apenas um clique!
O modo subjuntivo, imperativo e as formas nominais dos verbos auxiliares
Aprimore seu conhecimento no que tange a estas ocorrências!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.