Whatsapp icon Whatsapp

Revolução Mexicana de 1910

Revolução Mexicana de 1910: Emiliano Zapata e os camponeses
Revolução Mexicana de 1910: Emiliano Zapata e os camponeses

No ano de 1910, o México se encontrava sob a liderança política de Porfírio Díaz, que havia implantado a ditadura no México no ano de 1876 a 1880 e de 1884 a 1911, permanecendo mais de trinta anos no poder.

Durante a ditadura porfirista, prevaleceram as grandes propriedades de terra e a ausência de liberdades democráticas. Porfírio Díaz conduziu a classe latifundiária a assumir as ideias da burguesia norte-americana e europeia, negando todas as tradições indígenas mexicanas. A política de José Porfírio visou valorizar a entrada de capital estrangeiro para explorar os recursos minerais e vegetais e para fabricar produtos de exportação.

A Revolução Mexicana teve como luta emblemática a busca pela revalorização da cultura indígena e a reforma agrária, ou seja, a distribuição de terras entre os camponeses. Essa necessidade de terras gerou o início da revolução que tinha como lema “Tierra y Libertad”.

A desapropriação das terras camponesas se iniciou no período colonial (pelos colonos espanhóis) e continuou no século XIX (com os latifundiários). A situação se agravou na ditadura de Porfírio, culminando no ódio dos camponeses que viviam explorados. As pressões da população, da igreja e de uma elite que fazia oposição aumentaram. Não tendo mais saída, Porfírio Díaz renunciou.

Após a renúncia de Porfírio, Francisco Madero, que era integrante de uma elite que fazia oposição ao governo anterior, assumiu o poder no México. Madero conquistou a população mexicana com promessas de reformas sociais que iriam diminuir a exclusão social – cerca de aproximadamente 70% da população mexicana era analfabeta.

Com o passar do tempo, o novo governo não cumpriu com suas promessas, o que foi gerando insatisfação entre os camponeses que reivindicavam a posse da terra por meio da reforma agrária. Dois camponeses se destacaram na oposição ao governo de Madero: Emiliano Zapata e Francisco ‘Pancho Villa’ (líderes revolucionários camponeses). 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Emiliano Zapata se opôs a vários governos sucessivos no México: primeiro, o governo de Madero; depois, o governo de Victoriano Huerta; e, por último, o governo de Venustiano Carranza. Zapata acusou Carranza de não cumprimento da reforma agrária, tão reivindicada pelos camponeses. No ano de 1911, lançou o Plano de Ayala, que reivindicava a reforma agrária mexicana. O documento se tornou um referencial para a luta pela terra na América Latina.

Villa e principalmente Zapata, além da reforma agrária, tinham como meta o retorno às origens (uma revalorização da identidade indígena mexicana). Eles contestavam a transformação dos latifúndios em fazendas modernas (agroindústrias) e queriam a volta do antigo sistema indígena de comunidades coletivas (ejidos).

No ano de 1913, Francisco Madero foi assassinado a mando de Victoriano Huerta, que instalou novamente a ditadura no México. O retorno à ditadura levou Villa ao norte, e Zapata ao sul, visando a organização de novos movimentos revolucionários contra as tropas federais. Com o aumento das pressões populares, Huerta renunciou em 1914, assumindo o poder em seu lugar, por indicação, Venustiano Carranza, apoiado pelos Estados Unidos.

Uma nova Constituição foi promulgada no México no ano de 1917, o que levou Carranza às eleições presidenciais, sendo eleito presidente. Esse fato desagradou bastante as camadas populares e os camponeses, que continuaram os conflitos contra o governo central. Entretanto, depois da morte de Zapata, em 1919, e de Villa, em 1923, o movimento revolucionário perdeu força, abrindo as portas para a entrada do liberalismo com o apoio da elite proprietária de terras.

Publicado por Leandro Carvalho
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

John F. Kennedy idealizou a Aliança para o Progresso como forma de conter o avanço soviético no continente americano.*
Aliança para o Progresso e o anticomunismo
Conheça a Aliança Para o Progresso, o projeto dos EUA para conter a ameaça comunista na América Latina.
<i>Da colonização ao processo de independência</i>
Antecedentes históricos da Independência dos Estados Unidos
O estudo dos antecedentes históricos da independência dos Estados Unidos é importante para entender os fatos que culminaram na libertação das treze colônias.
Che Guevara e Fidel Castro
Che Guevara
Clique aqui e conheça a vida de Che Guevara. Veja como foi sua infância e como aderiu à luta revolucionária. Entenda o seu papel na Revolução Cubana de 1959.
O Destino Manifesto motivou os norte-americanos a expandirem seus domínios a oeste das Treze Colônias.
Destino Manifesto
Acesse o site e conheça mais sobre o Destino Manifesto. Veja de que forma essa doutrina influenciou a expansão territorial dos Estados Unidos rumo ao Oeste.
Autoridades policiais realizando a apreensão de um carregamento clandestino de bebidas.
Lei Seca dos EUA
A tentativa de se proibir o consumo de bebidas nos Estados Unidos.
Lázaro Cárdenas em trajes militares
O governo de Lázaro Cárdenas no México (1934-1940)
Saiba mais sobre o governo de Lázaro Cárdenas durante a década de 1930 no México.
Sioux: uma das mais ricas civilizações nativas da América do Norte.
Índios Sioux
Colonização da América do Norte, Índios norte-americanos, dakota, sioux, civilização sioux, tétons, yanktons, santees, hunkpapas, oglalas, brulés, chayennne, crow, Dança do Sol, Dakota do Norte e Dakota do Sul.
video icon
Português
Pré-Enem | Estratégias para a hora de fazer a prova
O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que devem ser estudados a menos de três meses do exame. Nesta transmissão você assistirá à aula sobre estratégias para a hora de fazer a prova com o professor Guga Valente!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.