Whatsapp icon Whatsapp

Cerco a Leningrado

Com quase 900 dias de duração, o cerco a Leningrado deixou a cidade inacessível a alimentos, o que provocou a morte de milhares de pessoas em decorrência da fome e doenças.
Monumento em homenagem aos defensores de Leningrado *
Monumento em homenagem aos defensores de Leningrado *

O cerco a Leningrado, que aconteceu de setembro de 1941 a janeiro de 1944, foi uma das batalhas-símbolo do confronto entre a Alemanha nazista e a União Soviética durante a Segunda Guerra Mundial e foi caracterizada pela violência e pela alta mortalidade. Esse cerco feito pelo exército alemão durou quase 900 dias e privou o acesso da população à água, energia e, principalmente, comida, o que resultou em mais de 1,5 milhão de mortes, entre civis e militares.

Contexto

Durante os finais da década de 1930, a tensão era grande e a possibilidade de um confronto em nível mundial era evidente. Hitler e Stálin, líderes da Alemanha Nazista e da União Soviética, respectivamente, surpreenderam o mundo ao assinarem um pacto de não agressão em 23 de agosto de 1939, em que ambas as nações comprometiam-se a manter a paz caso um conflito fosse iniciado na Europa.

O pacto foi assinado poucos dias antes do início da guerra, no entanto, representou apenas uma jogada dos dois países, pois a rivalidade e a possibilidade de um confronto no futuro entre Alemanha e União Soviética eram praticamente inevitáveis.

Após uma série de triunfos na fase inicial do conflito (1939-1941), Hitler planejou e autorizou o ataque à União Soviética, que se iniciou a partir da Operação Barbarossa, em 22 de junho de 1941, quando aproximadamente 3,6 milhões de soldados alemães cruzaram as fronteiras e iniciaram o maior dos confrontos de toda a Segunda Guerra, responsável por milhões de mortos e por uma grande destruição.

Operação Barbarossa e o cerco a Leningrado

A Operação Barbarossa, que iniciou o ataque à União Soviética em junho de 1941, foi desastrosa para os soviéticos. Em questão de meses, o exército vermelho acumulava derrotas e mortes, e o avanço dos nazistas parecia inevitável, a ponto de o exército alemão ter conseguido ficar a 40 quilômetros de Moscou, capital da Rússia. Entretanto, a resistência soviética conseguiu afastar os alemães da capital russa, o que fez os alemães, então, voltarem-se a outras importantes cidades: Leningrado e Stalingrado.

Naquela época, Leningrado era um importante centro industrial soviético; além disso, sua captura seria um golpe muito grande para o moral do exército vermelho. O bloqueio alemão iniciou-se oficialmente em 8 de setembro, e a cidade ficou completamente cercada pelas tropas nazistas: ninguém entrava nem saía.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Soldados alemães durante a Operação Barbarossa, em 1941
Soldados alemães durante a Operação Barbarossa, em 1941

A princípio, o exército soviético esperava um ataque alemão sobre a cidade, entretanto, os objetivos dos nazistas eram outros: deixariam Leningrado morrer de fome. Ao longo dos quase 900 dias, os relatos contam o sofrimento da população sitiada para obter comida e água e o desespero em meio ao frio, epidemias e mortes. No auge do cerco, estima-se que cerca de 20 mil pessoas morreram diariamente em Leningrado|1|. A comida tornou-se escassa, e a população dessa cidade chegou a receber menos de 100 gramas de alimento por dia. Para conseguirem alimentar-se, as pessoas fizeram de tudo:

passou-se a ferver papel de parede para extrair sua cola e a cozinhar e mastigar o couro. Conforme o escorbuto se tornava endêmico, produzia-se um extrato de pinho a partir de agulhas de pinheiro para se obter vitamina C. […] Pombos desapareceram das praças, caçados como alimento, assim como corvos e gaivotas; depois, ratazanas e animais de estimação.|2|

Além da fome, a população teve de suportar o frio – que chegava a trinta graus negativos no inverno–, pois não havia energia elétrica para ligar os aquecedores depois de os alemães terem destruído as redes de transmissão. A água, muitas vezes, também estava contaminada, e, em meio ao desespero por alimento, registravam-se casos de canibalismo.

O cerco só foi quebrado em janeiro de 1944, com o recuo das tropas alemãs, que, a partir de meados de 1943, entraram em colapso total e começaram a ser derrotadas pelo exército vermelho.

|1| HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p.188.
|2| HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p.185.

*Créditos da imagem: Konstantinks e Shutterstock

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

Na imagem, a destruição da cidade de Stalingrado durante a batalha travada entre 1942 e 1943
Batalha de Stalingrado
Clique no link e tenha acesso a detalhes sobre a Batalha de Stalingrado, uma das maiores batalhas de toda a Segunda Guerra.
Foto de Budapeste em algum momento entre 1939 e 1944, durante a Segunda Guerra Mundial *
Cerco de Budapeste
Entenda o ataque dos soviéticos à capital da Hungria, conhecido como cerco de Budapeste e ocorrido na fase final da Segunda Guerra.
Soldados americanos desembarcando na praia de Omaha, na Normandia, durante o Dia D, em 1944
Fases da Segunda Guerra Mundial
Conheça a trajetória da Segunda Guerra Mundial no continente europeu em suas duas fases.
Acima, os oficiais nazistas Himmler e Heydrich, operadores do extermínio de judeus *
Grupos de extermínio nazistas – Einsatzgruppen
Saiba o que eram e como atuavam os grupos de extermínio nazistas, conhecidos como Einsatzgruppen e criados por Himmler e Heydrich.
Visão aérea da Ilha de Vassiliev, a maior ilha que faz parte do território de São Petersburgo
História de São Petersburgo
Clique no link e tenha acesso a detalhes sobre a história da segunda maior cidade da Rússia, que foi fundada em 1703 e nomeada de São Petersburgo.
Memorial em forma de Menorá, candelabro judaico, em homenagem às vítimas do Massacre de Babi Yar*
Massacre de Babi Yar
Saiba mais sobre o Massacre de Babi Yar, episódio relacionado ao Holocausto que resultou no fuzilamento de 33 mil pessoas em 36 horas.
Soldados alemães invadindo a URSS durante a Operação Barbarossa
Operação Barbarossa
Saiba como ocorreu a Operação Barbarossa, uma das maiores campanhas militares da Segunda Guerra Mundial.
Três partisans da época da Segunda Guerra Mundial
Partisans na Segunda Guerra Mundial
Entenda a atuação dos partisans na Segunda Guerra Mundial e que impacto eles tiveram sobre os exércitos convencionais.
Um dos principais fatores que auxiliaram a resistência soviética à investida alemã foi o rigoroso inverno*
Resistência Soviética
Saiba como aconteceu a Resistência Soviética à invasão nazista que se deflagrou no ano de 1941.
video icon
Filosofia
Banalidade do mal | Hannah Arendt
Uma das maiores pensadoras do século XX, Hannah Arendt cunhou o conceito de banalidade do mal. Para a filósofa, havia um tipo de prática do mal (inerente, inclusive, ao regime nazista e a outros totalitarismos) que não era aquela por quem acreditava no mal, mas por alguém que cumpria ordens visando a uma ascensão na carreira militar. Para a pensadora, esse era o mal banal, muito mais perigoso que o mal praticado por quem tem a finalidade apenas no mal em si. Assista ao nosso vídeo para entender o assunto!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.