Whatsapp icon Whatsapp

Síndrome da pressa

A pressa pode comprometer o psicológico de um indivíduo.
A pressa pode comprometer o psicológico de um indivíduo.
A síndrome da pressa é um problema psicológico e comportamental que acontece com várias pessoas da atualidade. As pessoas costumam dizer que 24 horas é pouco tempo para realizar tantos afazeres, porém, como já dizia: “Quem tem pressa como cru”. As características típicas da síndrome são: tensão, hostilidade, impaciência ao esperar, valorização da quantidade e desvalorização da qualidade, sono agitado, inadmissão a atrasos, busca por substâncias que controlam as emoções, interrupção da fala de terceiros, passos rápidos e outros.

Diretamente ligada ao estresse e ao corre-corre diário, a síndrome da pressa altera:
- o convívio com outras pessoas, já que é sempre apressada na realização de suas tarefas;
- a saúde do indivíduo, já que não consegue se alimentar com calma, isso quando se alimenta;
- o trabalho, já que assume muitas responsabilidades e delega poucas coisas a terceiros; entre outras áreas afetadas.

A síndrome da pressa não é reconhecida e nem classificada na psiquiatria, porém é conhecida e estudada desde 1980. Desde os primeiros estudos são detectadas alterações na auto-estima e na confiança do apressado, pois normalmente busca realizar uma quantidade de tarefas fantasiosas, ou seja, quase impossível. Dessa forma, os sentimentos de frustração, autocobrança e incapacitação podem acarretar em outros problemas mais graves.

A mudança da rotina é a única forma de inibir a síndrome da pressa, já que essa ainda não tem tratamento específico, a não ser se estiver ligada à ansiedade ou a altos níveis de estresse. Para melhorar a qualidade de vida e conseguir dar uma freada na pressa é importante relaxar com músicas leves, observar a natureza, dedicar-se mais à família, realizar tarefas fora do contexto diário, organizar as tarefas diárias priorizando as mais importantes, dormir no mínimo oito horas e alimentar-se de maneira saudável.
Publicado por Gabriela Cabral

Artigos Relacionados

Auto-estima
Auto-estima, avaliação que a pessoa faz de si mesma, quando é formada a auto-estima, como as experiências do passado influenciam na auto-estima, situações que podem abalar a auto-estima, problemas psicológicos ocasionados pela auto-estima baixa, aspectos que aumentam a auto-estima.
Deficiência Mental
Deficiência mental, o que é deficiência mental, características da deficiência mental, o tratamento para a deficiência mental, os níveis existentes na deficiência mental, como diagnosticar a deficiência mental.
Histeria
O que é histeria, efeitos de uma pessoa estérica, a histeria segundo Sigmeund Freud, os sintomas da histeria e seu tratamento.
Pensamento Sistêmico
Pensamento Sistêmico, nova forma de abordagem, o quê compreende o pensamento sistêmico, nova forma de olhar o mundo, funcionamento da família, co-participação, co-responsabilidade.
Sonambulismo
Sonambulismo, o que é sonambulismo, como o sonambulismo ocorre, a duração do estágio sonâmbulo, quando o sonambulismo pode se manifestar.
video icon
Professor ao lado do escrito "Qual a diferença entre discurso e texto?".
Português
Qual a diferença entre discurso e texto?
Todo texto é um discurso. Mas e o contrário? Todo discurso é um texto? Nesta aula vamos acabar de vez com essa confusão e deixar bem claro quem é quem no universo textual.