Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Físico-Química
  4. Soluções
  5. Molalidade de uma solução química

Molalidade de uma solução química

A Molalidade, normalmente representada pela letra W, é outra grandeza usada pelos químicos para expressar a concentração de uma solução. Ela pode ser definida da seguinte maneira:

Definição conceitual de molalidade

Por isso, a molalidade também é chamada de concentração em quantidade de matéria por massa e essa relação pode ser expressa pela fórmula matemática:

Fórmula matemática da molalidade

Uma vez que n1 = m1/M1, podemos escrever também:

Outra forma de expressão da molalidade

A unidade de molalidade é mols de soluto por kg de solvente (mol/kg ou mol . kg-1), mas ela é normalmente expressa pela palavra “molal” ou simplesmente “m”.

Essa grandeza é muito útil quando se trabalha com soluções cuja temperatura varia, visto que a temperatura pode fazer com que o volume mude e o cálculo da molalidade não precisa do volume. Além disso, essa medida de concentração é proveitosa quando se estuda os aspectos relacionados às propriedades coligativas, que dependem dos números relativos de moléculas de soluto e de solvente.

Outra informação importante é que experimentalmente se constata que no caso de soluções aquosas diluídas que contêm quantidade igual ou inferior a 0,1 mol de soluto por 1 litro de água, as concentrações expressas em molaridade (mol/L) e em molalidade (W) são aproximadamente iguais numericamente.

Os passos necessários para preparar uma solução com a molalidade especificada são simples: primeiro se medem as massas necessárias de soluto e de solvente; depois se dissolve o soluto no solvente.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Passos necessários para preparar solução com molalidade dada

Para entender como realizar os cálculos da molalidade, veja os exemplos a seguir:

Exemplo 1: “Para o preparo de uma solução, 0,5 mol de um sal foi dissolvido em 580 g de água. Vamos determinar então a concentração do soluto em mol por kg da solução.”

Para isso, podemos fazer o seguinte raciocínio:

0,58 kg (580g) de solvente              dissolve            0,5 mol de soluto
1 kg de solvente                              dissolverá                 x

x = 1 kg . 0,5 mol
        0,58 kg

x = 0,86 mol em 1 kg da solução = 0,86 mol/kg

Ou, então, podemos resolver essa questão substituindo os valores na fórmula da molalidade:

W = n1
        m2    

W = 0,5 mol
         0,58 kg
W = 0,86 molal

Exemplo 2: “Qual é a molalidade da glicose num soro contendo 4 g de glicose (C6H12O6) em 100 g (0,1 kg) de água? Dado: massa molar da glicose = 180 g/mol.”

Primeiro precisamos calcular a quantidade de glicose, em mol:

1 mol -------- 180 g

X ------------- 4 g
x = 0,02 mol

Agora sim podemos calcular a molalidade da glicose no soro:

 0,1 kg de água --------- 0,2 mol de glicose
 1 kg ---------------------- y

y = 0,2 mol de glicose

A molalidade da glicose nesse soro é de 0,2 mol de glicose por quilograma de água.

A molalidade é mais uma forma de expressar a concentração de uma solução química
A molalidade é mais uma forma de expressar a concentração de uma solução química
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

(PUC-MG) Uma solução aquosa de 2 molal de H3PO4 contém:

a) 2 mol de H3PO4 dissolvidos em 1 mol de H2O.

b) 2 mol de H3PO4 dissolvidos em 1000 g de água.

c) 2 mol de H3PO4 dissolvidos em água suficiente para 1 L de solução.

d) 2 mol de H3PO4 dissolvidos em 1L de água.

e) 2 mol de H3PO4 dissolvidos em água para formar 1000 g de solução.

Questão 2

Uma solução 0,8 mol de glicose (C6H12O6) foi preparada usando-se 1600 g de água. Qual é a massa em gramas de glicose presente nessa solução? (Dados: Massas atômicas H=1;C=12;O=16).
a) 2340

b) 230,4

c) 23,04

d) 2,304

e) 0,2304

Mais Questões
Assuntos relacionados
Seguindo qualquer caminho o destino é um só: princípio da Lei de Hess.
Lei de Hess
Qual a relação desta lei com a variação de entalpia em reações químicas?
Análise volumétrica sendo realizada.
Análise Volumétrica
Você sabe o que é uma análise volumétrica? Clique aqui e entenda!
A queima do palito de fósforo corresponde a uma reação exotérmica com liberação de calor
Processos endotérmicos e exotérmicos
No estudo de Termoquímica é muito importante que você saiba do que se tratam os processos endotérmicos e exotérmicos. Tire suas dúvidas e confira exemplos aqui neste texto.
A temperatura de ebulição da água depende da pressão atmosférica exercida sobre a superfície do líquido
Variação da pressão atmosférica e ponto de ebulição
Entenda por que em lugares onde a altitude é menor, o ponto de ebulição da água também é menor.
Siglas das principais formas de concentração de uma solução
Tipos de concentração
Clique e conheça os tipos de concentração de soluções e quais são as particularidades de cada um deles.
O soro fisiológico é um exemplo de mistura de soluções de solutos diferentes sem reação
Cálculos em mistura de soluções com solutos diferentes sem reação química
Clique e aprenda como devem ser realizados os cálculos envolvendo uma mistura de soluções de solutos diferentes sem reação química.
Aparelho phmetro.
Você sabe o que significa pH ?
Potencial Hidrogeniônico, acidez, neutralidade, alcalinidade, concentração de íons de Hidrogênio, indicadores, substâncias que revelam a presença de íons livres em uma solução, papel tornassol, fenolftaleína, phmetro, potenciômetro, eletrodo.