Vidro

O vidro é um material inorgânico, cujo elemento básico é a sílica encontrada em abundância na areia, que se une a óxidos fundentes, estabilizantes e substâncias corantes para formar o silicato.

O vidro se forma pelo supercongelamento de um líquido, esse fenômeno ocorre quando a temperatura ultrapassa o ponto de congelamento antes que a solidificação tenha início. Quando um líquido chega a esse ponto, sua viscosidade torna-se muito alta e ele se torna semelhante a um sólido, com maior dureza, rigidez e forma constante.

Antes de ser produzido artesanalmente o vidro já existia na natureza, ele é formado pela junção de elementos comuns da crosta terrestre. Os vidros podem se classificar de acordo com sua origem:

Vidro natural: também denominado de rocha vítrea, é formado a partir de rochas vulcânicas. Um exemplo é a obsidiana, encontrada em antigas regiões vulcânicas da Hungria e do México, relatos pré-históricos indicam que essa rocha já era usada desde o ano 8000 a.C., em armas rudimentares e amuletos.

Vidro Sintético: alguns acreditam que foi descoberto através de fogueiras à beira mar. O calor gerado pelo fogo transformou a sílica presente na areia da praia e outros componentes em vidro. Essa descoberta tem data estimada em 4000 a.C., essa datação se baseou em objetos de vidro encontrados em antigos túmulos egípcios.

Em sua fabricação atual, o vidro é obtido através do resfriamento instantâneo de líquidos superaquecidos até o ponto de rigidez sem que haja uma cristalização do material. A composição do vidro é muito variada, pequenas alterações são feitas para proporcionar propriedades específicas e individuais, tais como índice de refração, cor e viscosidade.

O vidro é composto de 96 % de sílica, mas existem variados tipos de vidros que apesar de serem originados da mesma base (sílica), possuem composições diferentes como: vidro sódio-cálcico, vidro boro-silicato, cristal (contém óxidos).

Os vidros usados em embalagens (frascos, garrafas) e em vidros de carro é o vidro sódio-cálcico, já o vidro do tipo cristal contém 24 a 32 % de óxido de chumbo e é usado para fabricar taças, copos e peças artesanais.

O vidro boro-silicato é aplicado em utensílios domésticos (panelas), possui a característica de resistir ao choque térmico, além de possuir uma beleza atrativa.
Taças de vidro cristal.
Taças de vidro cristal.
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assuntos relacionados
O sabor do limão caracteriza os ácidos
Propriedades e classificação dos ácidos
Propriedades dos ácidos, classificação dos ácidos, ácidos altamente corrosivos, monoácidos, triácidos, diácidos, tetrácidos, hidrogênios ionizáveis, ácido cianídrico, ácido fluorídrico, ácido clorídrico, ácido bromídrico, ácido iodídrico, ácido forte, ácido fraco, ácido semiforte, reação de neutralização, força ácida.
Metal ouro antes de ser extraído.
Solução Água Régia
Processo de obtenção da água régia, mistura de ácido clorídrico e ácido nítrico, líquido altamente corrosivo, procedimentos analíticos, alquimistas na Antigüidade, extração de metais de uma mistura.
A pólvora era usada como munição em canhões
Pólvora Clássica
Pólvora, elixir da imortalidade, enxofre, salitre, nitrato de potássio, Propelente, Explosiva, munições, fogos de artifício, pólvora negra, usada com propósitos militares na China, canhão, foguetes, bombas explosivas lançadas de catapultas.
Sais de banho
Sal por toda parte
Conheça vários sais e onde são aplicados.
Classificação das Bases
Como a solubilidade se relaciona com o grau de dissociação de bases.
O vidro é um sólido não cristalino, pois não apresenta uma rede cristalina simétrica
O vidro é sólido ou líquido?
O vidro é um sólido ou um líquido? Clique aqui para entender a questão!
Entre os tipos de reações estudadas na Química está a de Síntese ou de Adição
Reação de Síntese ou de Adição
A reação de síntese ou de adição se dá quando dois ou mais reagentes se combinam para originar um único produto.