Whatsapp icon Whatsapp

Elementos da textualidade

Os elementos da textualidade representam um conjunto de aspectos que, uma vez manifestados, conferem clareza ao discurso
Os elementos da textualidade representam um conjunto de aspectos que, uma vez manifestados, conferem clareza ao discurso

Caro (a) usuário (a), gostaríamos de fazer um questionamento a você: a palavra “textualidade” o (a) remete a alguma ideia? Independentemente da resposta conferida a tal indagação, elucidemos acerca desse importante aspecto – indispensável a qualquer produção textual. 

Compreenda que o sentido dessa palavra se encontra intimamente relacionado às características das quais necessita qualquer enunciação, haja vista que a mensagem, para ser materializada de forma plausível, precisa, antes de tudo, estar decifrável mediante os olhos do interlocutor. Partindo de tal princípio, eis que estudaremos esses elementos, tão importantes quanto necessários, de forma que a textualidade se faça presente, sempre. Assim, analisemos cada um deles de forma particular: 

Clareza da palavras – Tal requisito se mostra como algo indispensável a qualquer discurso, haja vista que a escolha que fizer delas implicará na qualidade da mensagem que produz. Dessa forma, não busque palavras difíceis, muitas vezes por você e pelo seu interlocutor desconhecidas. Tal atitude só comprometerá aquilo que pretende conquistar.

Expressividade – Todos os aspectos aqui firmados parecem se complementar mutuamente, pois a expressividade resulta na escolha bem feita que fizer das palavras. Sempre tendo em vista os critérios de coesão e coerência, os quais incidirão de forma direta na qualidade da mensagem que construir.

Ordem direta das palavras – Procure sempre fazer uso delas, ou seja, optando pelo uso do sujeito + predicado – complemento, quando houver, pois assim você será mais bem entendido (a).

Originalidade – Seja original o quanto puder, por isso nada de optar por frases desgastadas, rebuscamentos, pedantismos, falsas erudições que você mesmo (a) desconhece. Procure revelar sua mensagem de forma clara e objetiva, de modo a fazer com que o interlocutor compreenda perfeitamente aquilo que pretende dizer. Para tanto, utilize-se de uma linguagem simples, porém adequada ao padrão formal – requisito também essencial à modalidade escrita. O uso de termos técnicos, bem como de chavões e modismos, é uma atitude inadequada a um bom redator.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Vânia Maria do Nascimento Duarte
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Coesão e coerência - nuances que realçam a beleza do texto
Coesão e Coerência
Elementos indispensáveis na construção textual.
A metalinguagem é a referência à própria linguagem, sendo utilizada na comunicação.
Metalinguagem
Aprenda mais sobre a metalinguagem, e veja alguns exemplos dessa função da linguagem. Entenda por que a metalinguagem é diferente da intertextualidade.
O que é necessário para se escrever bem?
Clique aqui e veja algumas dicas!
video icon
Enem
Pré-Enem | Intertextualidade em obras literárias
O Pré-Enem é o intensivo preparatório do Brasil Escola para o Enem. Nele nós separamos os principais temas que devem ser estudados a menos de três meses do exame. Nesta transmissão você assistirá à aula sobre "Intertextualidade entre obras literárias" com a professora Helissa Soares!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!