Whatsapp icon Whatsapp

Cistite

Cistite: infecção comum nas mulheres
Cistite: infecção comum nas mulheres

A cistite é também conhecida como infecção urinária e atinge principalmente as mulheres em razão da estrutura anatômica do corpo feminino. A maior incidência é em mulheres entre 15 e 50 anos e em mulheres gestantes. Em homens é muito raro em virtude de o canal da uretra ser maior e consequentemente mais protegido. Essa infecção e inflamação ocorrem na bexiga e envolvem micro-organismos do trato gastrointestinal que vão da via urinária até a bexiga e ocorre na maioria das vezes em face de uma contaminação proveniente das fezes.

A bactéria Escherichia coli é o principal agente das infecções do trato urinário, capaz de invadir e se proliferar dentro das células uroepiteliais. A cistite pode ser causada por outras bactérias assim como por fungos. Há também a cistite não infecciosa causada por medicamentos, produtos químicos ou doenças como tumores e cálculos na bexiga, incontinência urinária. Estima-se que ocorram cerca de 150 milhões de casos de cistite por ano em todo o mundo.

As causas da cistite infecciosa incluem uma higienização deficiente das regiões púbicas, a atividade sexual em razão da presença de fluidos corpóreos, alguma doença ou uso de sondas no aparelho urinário, diabetes, além da gravidez, que por comprimir a bexiga evita que ela se esvazie por completo; além daquelas pessoas imunodeprimidas que passaram por alguma doença ou que fazem algum tratamento, cirurgias, alergias, menopausa e até mesmo a própria genética.

Sintomas característicos são: vontade frequente de urinar juntamente com um pequeno volume de urina, alteração da cor e sensação de queimação, febre, prurido, dores na barriga e nas costas. Mau cheiro e presença de sangue também podem ocorrer.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Assim, por meio das queixas características, exames microscópicos e de cultura de urina, para isolamento da bactéria, a cistite é diagnosticada; o médico irá receitar antibióticos e anti-inflamatórios a depender do caso. Radiografias e ultrassonografias são geralmente desnecessárias para o diagnóstico. O tratamento fitoterápico também é utilizado para essas queixas, exemplos são chás de cabreúva, quebra pedra e douradinha do campo. O tratamento deve ser efetuado com urgência para evitar que a infecção se alastre para os rins, diminuir o desconforto das dores e eliminar a causa juntamente com as bactérias causadoras. É muito comum a mulher ter novamente a cistite após tratamento, sendo necessário um acompanhamento.

Para se prevenir não se esqueça de beber muita água e sucos evitando as bebidas gasosas, ter um hábito saudável de alimentação, favorecendo o sistema de defesa do organismo, além de evitar o estresse que também deprime o sistema imunológico. Evitar roupas muito justas e utilizar roupas de algodão para evitar o aumento da temperatura e facilitar a proliferação de micro-organismos, irritando a mucosa. Evitar banhos de imersão, preferindo os de chuveiro, evitar uso de desodorantes e perfumes íntimos, ao higienizar a vagina fazer no sentido vagina-ânus e não o contrário, diminuindo os riscos de contaminação pelas fezes.

Manter a higiene da região urogenital, lavando-a após urinar e urinando após o ato sexual, é uma maneira de limpar a região. Urinar frequentemente, evitar doenças sexualmente transmissíveis por meio de preservativos, evitar absorventes internos e visitar o médico regularmente são também muito importantes.

Por Giorgia Lay-Ang
Graduada em Biologia
Equipe Mundo Educação

Publicado por Giorgia Lay-Ang

Artigos Relacionados

Imagem de uma <i>Escherichia coli</i>  em microscopia eletrônica de varredura. Escala: 500nm.
Escherichia coli
Informe-se sobre a Escherichia coli, bactéria que pode causar problemas de saúde nos humanos!
Período semelhante à menopausa feminina.
Andropausa
Andropausa, o que é andropausa, sintomas da andropausa, período em que a andropausa ocorre, exames que devem ser feitos para diagnosticar a andropausa, tratamento para a andropausa.
A infecção urinária acomete muito mais mulheres do que homens.
Por que a infecção urinária afeta mais as mulheres?
Leia este texto e entenda por que a infecção urinária afeta mais mulheres do que homens!
Em alguns casos, o pré-diabético apresenta sintomas característicos
Pré-diabetes
O estado intermediário entre índices glicêmicos normais e o diabetes tipo 2.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Sigmund Freud
Filosofia
Sigmund Freud
Nessa videoaula você conhecerá mais sobre a vida e estudos do "pai" da psicanálise.
video icon
Thumb Brasil Escola
Literatura
Realismo fantástico
Trazemos uma análise sobre realismo fantástico. Assista já!
video icon
Thumb Brasil Escola
Química
Funções orgânicas
Tire um tempo para entender melhor o que são as amidas.