Algas multicelulares

As algas são organismos que, na atualidade, são classificados como pertencentes ao Reino Protoctista, assim como os protozoários. Isso porque o referido grupo abriga aqueles seres vivos cuja classificação, baseada em relações de parentesco, ainda não foi bem elucidada.

Encontradas predominantemente em ambiente aquático, mas também em solo úmido; as algas podem apresentar somente uma ou várias células. Neste último caso, falamos que seu corpo é formado por um talo, que é um conjunto de células que não se diferencia em tecidos ou estruturas – tais como raiz, caule, etc.

Como já temos em nosso acervo o texto “Algas unicelulares”, aqui trataremos somente daqueles filos que abrigam organismos multicelulares, que são classificados da seguinte maneira:

- Filo Charophyta. Abriga as carofíceas; típicas de água doce. Elas são multicelulares; possuem clorofila a e b, além de caroteno e xantofilas; e armazenam amido. Sua parede celular contém celulose e, na maioria dos casos, também carbonato de cálcio. A coloração desses organismos varia entre o verde e o castanho.

- Filo Chlorophyta.
Abriga as algas verdes, também chamadas de clorofíceas; encontradas em ambiente aquático e terrestre úmido. Elas podem ser uni ou multicelulares. Além disso, contêm clorofilas a e b, carotenoides e xantofilas; armazenam amido, e sua parede celular contém celulose. A coloração desses organismos varia em diferentes tonalidades de verde.

- Filo Chrysophyta.
Abriga as algas douradas, também chamadas de crisofíceas; encontradas em água doce ou salgada. Elas, em sua maioria, são unicelulares; mas há espécies contendo mais de uma célula. Tais organismos possuem clorofila a e c e xantofilas e, além disso, armazenam óleos e também uma substância chamada crisolaminarina. Sua parede celular contém celulose, sendo que algumas espécies também apresentam dióxido de silício. A coloração desses organismos é dourada.

- Filo Phaeophyta. Abriga as algas pardas, também chamadas de feofíceas; sendo tipicamente de ambiente marinho. Elas são multicelulares, apresentando estruturas que lembram um pouco caules e folhas. Possuem clorofila a e c e carotenoides; e armazenam óleos e uma substância chamada laminaria. A parede celular contém, além de celulose, algina; e algumas espécies podem acumular, em suas paredes, carbonato de cálcio. A coloração desses organismos varia entre o bege e o marrom.

- Filo Rhodophyta.
Abriga as algas vermelhas, também chamadas de rodofíceas; sendo a maioria marinha. Elas são multicelulares; possuem clorofila a e d, carotenoides e um pigmento vermelho denominado ficoeritrina; e armazenam amido. Sua parede celular contém celulose, ágar e carragenina; podendo também acumular carbonato de cálcio. A coloração desses organismos varia entre o vermelho e o roxo.


Por Mariana Araguaia
Bióloga, especialista em Educação Ambiental
Laminaria: alga multicelular do Filo Phaeophyta.
Laminaria: alga multicelular do Filo Phaeophyta.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

A presença de clorofila a e b e do amido no interior dos plastídios é uma característica marcante dos vegetais. Além desse grupo, é possível observar essas características importantes em qual divisão de algas?

a) Euglenophyta.

b) Rhodophyta.

c) Phaeophyta.

d) Chrysophyta.

e) Chlorophyta.

Questão 2

Existem diferentes grupos de algas com representantes multicelulares que podem ser diferenciados, muitas vezes, pela coloração. As algas com coloração vermelha, por exemplo, estão agrupadas no grupo:

a) Chrysophyta.

b) Rhodophyta.

c) Phaeophyta.

d) Pyrrhophyta.

e) Chlorophyta.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Cistos do Toxoplasma gondii.
Pneumonia, toxoplasmose e tricomoníase
Breves informações sobre três doenças causadas por protozoários: pneumonia, toxoplasmose e tricomoníase.
A alga nori é utilizada na fabricação de sushis.
A importância das algas
Veja quão importantes são as algas para a nossa vida.
As florações de cianobactérias representam um risco à saúde humana e de animais
Floração de cianobactérias
Compreenda o que é a floração de cianobactérias e por que ela é considerada um problema de saúde pública.
Acetabularia: alga multicelular, do Filo Chlorophyta.
Algas
As algas são organismos uni ou multicelulares, típicos de ambientes aquáticos ou terrestres úmidos. As algas ainda não têm sua origem evolutiva bem esclarecida.
Mosca tsé-tsé: agente transmissor da doença do sono.
Doença do sono, giardíase e leishmaniose tegumentar
Breves informações sobre três doenças protozoárias: doença do sono, giardíase e leishmaniose tegumentar.
Triatoma infestans: principal transmissor do parasita da doença de Chagas.
Amebíase, balantidiose e doença de Chagas
Breves informações sobre três doenças protozoárias: amebíase, balantidiose e doença de Chagas.
Lutzomyia longipalpis, ou mosquito-palha: agente transmissor da leishmaniose visceral.
Leishmaniose visceral e malária
Breves informações sobre duas doenças protozoárias: leishmaniose visceral e malária.