Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Seres Vivos
  4. Reino Protoctista
  5. Doença do sono, giardíase e leishmaniose tegumentar

Doença do sono, giardíase e leishmaniose tegumentar

Doença do sono: transmitida pela picada da mosca tsé-tsé (Glossina palpalis), quando hospedeira do protozoário Trypanosoma brucei gambiense ou Trypanosoma brucei rhodesiense. Doença típica de países africanos, os indivíduos acometidos apresentam-se, inicialmente, febris, cansados e anêmicos. Caso não sejam tratados, a doença pode se desenvolver para o estágio crônico. Nesta etapa, devido à presença do parasita no sistema nervoso central, os tecidos desta região são lesionados, desencadeando em sonolência contínua, enfraquecimento corporal e perturbações, provocando a morte do sujeito acometido.

Giardíase: é causada pelo Giardia lamblia: protozoário flagelado que infecta o intestino delgado e provoca náuseas, dores abdominais e diarreias (ou prisão de ventre), podendo levar a vítima à desidratação. Tal como outras disenterias causadas por protozoários, como amebíase e balantidiose, o contágio se dá por meio da ingestão de água ou alimentos contaminados por fezes contendo cistos deste parasita. Assim, saneamento básico e cuidados com a higiene podem prevenir a doença.

Leishmaniose tegumentar (úlcera de bauru): provocada pela Leishmania braziliensis, L. amazonensis ou L. guyanensis, é transmitida por meio da picada de fêmeas de mosquitos do gênero Lutzomya, popularmente denominados mosquitos-palha. Na pele, o parasita se reproduz assexuadamente formando, no local, lesões visíveis e difíceis de serem cicatrizadas. Mais tarde, caso não seja tratada, acomete mucosas da boca, nariz e faringe. O controle da doença pode ser feito por meio de vacinação e proteção contra a picada do mosquito, utilizando-se de roupas adequadas, repelentes e mosquiteiros, ao dormir. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

 

Mosca tsé-tsé: agente transmissor da doença do sono.
Mosca tsé-tsé: agente transmissor da doença do sono.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
Acetabularia: alga multicelular, do Filo Chlorophyta.
Algas
As algas são organismos uni ou multicelulares, típicos de ambientes aquáticos ou terrestres úmidos. As algas ainda não têm sua origem evolutiva bem esclarecida.
Laminaria: alga multicelular do Filo Phaeophyta.
Algas multicelulares
As algas multicelulares são formadas por um conjunto de células que não se diferencia em tecidos ou estruturas: os talos. As algas multicelulares vivem em ambiente aquático.
Diatomáceas: algas unicelulares do Filo Bacillariophyta.
Algas unicelulares
As algas unicelulares são encontradas em ambiente aquático. Por serem pequenas, vivendo geralmente de forma errante, as algas unicelulares são componentes do fitoplâncton.
Protozoário ameboide
Protozoários
Grupo que abriga organismos eucarióticos unicelulares e heterotróficos.
Triatoma infestans: principal transmissor do parasita da doença de Chagas.
Amebíase, balantidiose e doença de Chagas
Breves informações sobre três doenças protozoárias: amebíase, balantidiose e doença de Chagas.