Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Histologia Animal
  4. Os Folhetos Germinativos

Os Folhetos Germinativos

O folheto germinativo é o tecido embrionário que origina os diversos tecidos e órgãos de um animal adulto. Com exceção dos poríferos, sem folhetos, portanto não havendo diferenciação tecidual, e dos cnidários com dois folhetos germinativos (diblásticos ou diploblásticos), todos os demais grupos de animais apresentam três folhetos germinativos (triblásticos ou triploblásticos).

Diblásticos → ectoderma e endoderma
Triblásticos → ectoderma, mesoderma e endoderma

Assim como os cordados, os três tipos de folhetos embrionários: ectoderma, mesoderma e endoderma, surgem simultaneamente durante o processo de gastrulação (fase de gástrula), inicialmente formado por duas camadas de células: externamente o ectoderma e internamente o mesentoderma. Essa última camada origina em seguida o mesoderma e o endoderma.

Os destinos finais (organogênese) desses folhetos germinativos, na formação dos tecidos e órgão humanos, são:

Ectoderma:
- Epiderme e anexos cutâneos (pêlos e glândulas mucosas);
- Todas as estruturas do sistema nervoso (encéfalo, nervos, gânglios nervosos e medula espinhal);
- epitélio de revestimento das cavidades nasais, bucal e anal.

Mesoderma:
- Forma a camada interna da pele (derme).
- Músculos lisos e esqueléticos;
- Sistema circulatório (coração, vasos sangüíneos, tecido linfático, tecido conjuntivo);
- Sistema esquelético (ossos e cartilagem);
- Sistema excretor e reprodutor (órgãos genitais, rins, uretra, bexiga e gônadas).

Endoderma:
- Epitélio de revestimento e glândulas do trato digestivo, com exceção da cavidade oral e anal;
- Sistema respiratório (pulmão);
- Fígado e pâncreas.
Origem e diferenciação dos tecidos e órgãos.
Origem e diferenciação dos tecidos e órgãos.
Publicado por: Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca Ribeiro
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Os folhetos germinativos são estruturas que darão origem, após a diferenciação, a tecidos e órgãos. Esses folhetos são formados durante o desenvolvimento do embrião, mais precisamente na fase de:

a) segmentação.

b) organogênese.

c) neurulação.

d) gastrulação.

Questão 2

A quantidade de folhetos germinativos em um animal é usada como critério para a classificação desses organismos em diblásticos ou triblásticos. Todos os animais a seguir são triblásticos, com exceção dos:

a) peixes.

b) mamíferos.

c) nematoides.

d) cnidários.

e) moluscos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Esquema do desenvolvimento ósseo a partir de uma estrutura cartilaginosa.
Tipos de Cartilagem
A cartilagem é um tecido essencial para a formação do corpo humano. Conheça as classificações desse tecido e quais funções ele exerce.
Tecido adiposo
Que tal conhecer mais sobre o tecido adiposo? Clique aqui e aprenda as características principais desse tecido, descubra seus tipos e entenda suas funções.
Observe a localização dos anexos embrionários no ovo de uma ave
Anexos embrionários
Aprenda um pouco mais sobre os anexos embrionários, estruturas formadas durante o desenvolvimento embrionário a partir dos folhetos germinativos.
O tecido cartilaginoso é um tipo de tecido conjuntivo
Tecido Conjuntivo
Compreenda o que é o tecido conjuntivo e conheça suas funções e tipos.
A pele e suas camadas
Queimaduras
Saiba o que são queimaduras de 1°, 2° e 3° graus e quais camadas da pele cada uma atinge.
Feto envolto do âmnio
Âmnio e cório
Anexos embrionários presentes em répteis, aves e mamíferos.
Corte longitudinal do tecido muscular liso (intestino delgado). As setas indicam os núcleos das células musculares
Tecido muscular liso
Clique aqui e saiba mais sobre as características do tecido muscular liso.