Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Seres Vivos
  4. Reino Monera
  5. Recombinação Genética Bacteriana

Recombinação Genética Bacteriana

Bactérias são microrganismos com uma alta capacidade de se reproduzir, apresentando basicamente a reprodução assexuada como processo de formação de novos indivíduos. Em razão dessa capacidade de reprodução em poucos minutos, uma única bactéria pode originar uma população de bactérias semelhantes à original. Esse conjunto de bactérias ocasionadas de uma “original” é conhecido como clone.

Entretanto, mesmo não apresentando reprodução sexuada, em certas espécies ocorrem processos nos quais a mistura de material genético permite a formação de bactérias diferentes. Esses processos são conhecidos como recombinação genética em bactérias e podem ocorrer de 3 formas básicas: transformação, transdução e conjugação.

Transformação

A transformação bacteriana ocorre pela absorção de fragmentos de DNA presentes no ambiente, originados de outras bactérias mortas e decompostas. Essa molécula ou fragmento será incorporado ao DNA da bactéria através da permuta de bases entre o DNA original e o fragmento absorvido. Caso haja compatibilidade nesta troca, o fragmento passa a fazer parte do material genético da bactéria sendo duplicado e passado durante a reprodução binária.

O processo de transformação foi utilizado em bactérias E. coli, para produção de insulina. Para isso, pedaços de DNA humano, com a sequência que determinava a produção de insulina, foram introduzidos em bactérias que passaram a sintetizar esse hormônio. Atualmente, grande parte da insulina comercializada provém da ação dessas bactérias transgênicas.

Transdução

É quando uma bactéria tem pedaços de seu material genético transportado para outra bactéria, através da ação de vírus bacteriófagos. Para que isso aconteça há necessidade de que, no momento em que novos bacteriófagos são formados, pedaços do DNA bacteriano sejam incorporados ao material genético viral. Com a liberação dos bacteriófagos e o ataque a outra bactéria, os genes bacterianos presentes poderão ser transferidos para o DNA da bactéria agora infectada.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Isso pode acontecer desde que a ação do material genético infectante proveniente do vírus não promova a destruição da bactéria. Assim, haverá incorporação de fragmentos do material genético. E, ocorrendo sua reprodução assexuada, haverá a formação de uma nova linhagem, modificada.

Conjugação

A conjugação é o tipo de reprodução recombinante mais conhecido. Neste evento, existe a formação de uma ponte ou pelo que conectará duas bactérias. A bactéria que doar seu material genético não sofrerá modificação, mas a receptora sairá desta conjugação modificada. Durante a ligação é transferido, da bactéria doadora, um pedaço de DNA chamado de plasmídio F (de fertilidade) que se recombina com o material genético da bactéria receptora, ocorrendo modificações.

Essa forma de recombinação é a que leva ao surgimento de linhagens de bactérias resistentes à ação de vários tipos de antibióticos, caracterizando a infecção hospitalar.


Bactéria realizando conjugação

Fabrício Alves Ferreira
Graduado em Biologia
Equipe Mundo Educação

Publicado por: Fabricio Alves Ferreira
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Sabemos que as bactérias geralmente apresentam reprodução assexuada. Entretanto, esses organismos possuem algumas formas de recombinação gênica. Quando uma bactéria incorpora ao seu DNA fragmentos presentes no meio, dizemos que houve uma

a) fecundação externa.

b) conjugação.

c) metamorfose.

d) transformação.

e) transdução.

Questão 2

Em alguns casos, as bactérias estabelecem uma conexão com outra bactéria por meio de pontes citoplasmáticas. Essa conexão garante uma recombinação genética e é denominada de

a) tradução.

b) conjugação.

c) metamorfose.

d) transformação.

e) transdução.

Mais Questões
Assuntos relacionados
Os alimentos transgênicos são criados a partir da inserção de genes de uma espécie em outra
Alimentos Transgênicos
Compreenda o que são alimentos transgênicos e os seus pontos positivos e negativos.
As superbactérias são um grande problema de saúde em virtude do difícil tratamento
Superbactérias
Entenda por que as superbactérias constituem um grave problema nos hospitais brasileiros e do mundo.
A terapia gênica visa à modificação de um gene defeituoso por meio da inserção de um gene normal
Terapia gênica
Descubra o que é a terapia gênica e os avanços que essa técnica já proporcionou à Medicina.
As bactérias são organismos unicelulares e procariontes
Bactérias
Amplie seus conhecimentos sobre as bactérias, organismos unicelulares que podem ser encontrados em colônias!
Clostridium botulinum: bactéria cuja toxina causa os sintomas do botulismo.
Acne, antraz e Botulismo: doenças bacterianas
Breves informações sobre três doenças bacterianas: acne, antraz e botulismo.
Erisipela: infecção bacteriana.
Erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide: doenças bacterianas
Breves informações sobre cinco doenças bacterianas: erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide.
Clostridium tetani: responsável pelos sintomas do tétano.
Pneumonia bacteriana, salmonelose, sífilis e tétano
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: pneumonia, salmonelose, sífilis e tétano.
Bactérias do gênero Rhizobium nas raízes de uma leguminosa.
A importância das bactérias
Conheça “o lado bom” das bactérias.
Lesão na pálpebra característica do tracoma.
Doenças bacterianas
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: tifo murino, tipo epidêmico, tracoma e tuberculose.
A Escherichia coli é um coliforme termotolerante que vive no intestino humano
Coliformes fecais
Compreenda como os coliformes fecais ou termotolerantes são utilizados na avaliação da qualidade da água.