Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Biologia
  3. Seres Vivos
  4. Reino Monera
  5. Erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide: doenças bacterianas

Erisipela, escarlatina e febres maculosa, reumática e tifoide: doenças bacterianas

Erisipela: causada pela Streptococcus pyogenes, ocorre predominantemente em crianças e idosos. A infecção se dá pela entrada destes patógenos por meio de fissuras superficiais da pele, como frieiras. Migrando para os vasos linfáticos, provocam uma reação inflamatória que tem como característica a formação de manchas avermelhadas, quentes e doloridas; de bordas nítidas e bem definidas. As toxinas liberadas pela bactéria provocam febre, mal estar e dor de cabeça.

Escarlatina: doença que, assim como a erisipela, tem a Streptococcus pyogenes como agente infeccioso. A toxina que esta bactéria libera causa dor de garganta, febre, dores musculares, náuseas e vômitos; inflamação purulenta das amígdalas, saliências na língua e erupções na pele, principalmente nas partes mais aquecidas do corpo, como axilas e púbis. A escarlatina é transmitida via gotículas de saliva infectada por este micro-organismo.

Febre maculosa: causada pela Rickettsia rickettsii, é transmitida pela picada do carrapato-estrela (Amblyomma cajannense) infectado. Causa febre, vômito, dores musculares e manchas vermelhas na pele – devido a hemorragias subcutâneas. Pode evoluir à morte.

Febre reumática: desenvolvendo-se em decorrência da infecção pela Streptococcus pyogenes (responsável também pela erisipela e escarlatina), pelo contato com a saliva ou secreção nasal de indivíduos doentes. Pode causar artrite, inflamação cardíaca e complicações neurológicas.

Febre tifoide: esta infecção, causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados pela Salmonella typhi, provoca febre, dor de cabeça, úlceras intestinais e diarreia. Como podem se multiplicar no interior das células de defesa do organismo, podem comprometer fígado, baço, medula óssea, vesícula e intestino; podendo levar o indivíduo a óbito. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia



Erisipela: infecção bacteriana.
Erisipela: infecção bacteriana.
Publicado por: Mariana Araguaia de Castro Sá Lima
Assuntos relacionados
Indivíduo acometido pela difteria. Observe a membrana localizada em sua garganta.
Cólera, coqueluche, difteria, shigelose e gastrite: doenças bacterianas
Breves informações sobre cinco doenças bacterianas: cólera, coqueluche, crupe, shigelose e gastrite.
Clostridium tetani: responsável pelos sintomas do tétano.
Pneumonia bacteriana, salmonelose, sífilis e tétano
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: pneumonia, salmonelose, sífilis e tétano.
<i>Nitrobacter</i>, exemplo de bactérias quimiossíntetizantes.
Quimiossíntese
Processo autotrófico realizado na ausência de luz.
Recombinação Genética Bacteriana
Como ocorre a formação de novas linhagens de bactérias
Reprodução das Bactérias
A reprodução das bactérias ocorre de forma muita rápida. Em apenas 24 horas, aproximadamente milhares de bactérias podem ser originadas.
A Escherichia coli é um coliforme termotolerante que vive no intestino humano
Coliformes fecais
Compreenda como os coliformes fecais ou termotolerantes são utilizados na avaliação da qualidade da água.
Clostridium botulinum: bactéria cuja toxina causa os sintomas do botulismo.
Acne, antraz e Botulismo: doenças bacterianas
Breves informações sobre três doenças bacterianas: acne, antraz e botulismo.
Dente acometido pela cárie.
Brucelose, cancro mole, cárie e cistite: doenças bacterianas
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: brucelose, cancro mole, cárie e cistite.
Lesões típicas do impetigo.
Impetigo, leptospirose, meningite e peste bubônica
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: impetigo, leptospirose, meningite e peste bubônica.
Lesão na pálpebra característica do tracoma.
Doenças bacterianas
Breves informações sobre quatro doenças bacterianas: tifo murino, tipo epidêmico, tracoma e tuberculose.