Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Doenças
  3. Bursite

Bursite

Inflamação da bursa, pequena bolsa contendo líquido que envolve as articulações e funciona como amortecedor entre ossos, tendões e tecidos musculares. Os locais mais afetados são: Ombros, cotovelos, quadris e joelhos. Ela ocorre mais no ombro devido à grande quantidade de bursas ali existentes.

Entre as causas estão possíveis traumatismos e infecções, lesões por esforço, uso excessivo das articulações, movimentos repetitivos, artrite e gota. O paciente sente dor e restrição dos movimentos, podendo haver formação de edema.

Tratamento

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O tratamento inclui o uso de antiinflamatórios, relaxantes musculares, aplicações de gelo e redução dos movimentos da área afetada. Casos mais graves podem passar por intervenção cirúrgica.

Evitar a automedicação é fundamental, já que os analgésicos podem ser contra-indicados para grávidas e pessoas com histórico de úlcera. Um último alerta: pressão no peito e dor que se reflete por braços e costas podem indicar problema cardíaco e não bursite. Nesse caso, é preciso procurar rapidamente assistência médica.

Inflamação na bolsa que envolve as articulações
Inflamação na bolsa que envolve as articulações
Publicado por: Gabriela Cabral
Assuntos relacionados
Pacientes com insuficiência renal aguda têm o volume de urina reduzido
Insuficiência renal aguda
Perda rápida da função renal, geralmente reversível.
A formiga Tapinoma melanocephalum, conhecida como formiga-fantasma, é uma das espécies de formigas encontradas nos hospitais brasileiros
Formigas: veiculadoras de microrganismos
Clique aqui e veja por que as formigas são consideradas vetores de microrganismos em ambientes hospitalares.
A principal causa da doença é o uso excessivo de álcool.
Cirrose Hepática
Cirrose Hepática, doença crônica do fígado, doença caracterizada por fibrose e formação de nódulos, funções do fígado, sintomas da cirrose hepática, tratamento da cirrose hepática, prevenção da cirrose hepática.
O aumento das plaquetas (rosa), com possíveis alterações de tamanho, podem indicar a trombocitemia essencial.
Trombocitemia essencial
Doença crônica cujos portadores estão suscetíveis a episódios de hemorragias e/ou trombose.