Whatsapp icon Whatsapp

Cândida ou candidíase

O fungo Candida albicans
O fungo Candida albicans

A candidíase é uma doença causada pelo fungo Candida albicans e afeta, principalmente, os órgãos genitais: em mulheres causa um corrimento de aspecto e cor de leite coalhado e um grande desconforto na região, uma vez que causa coceiras intensas. No pênis, a cândida pode ser assintomática ou causar coceira, vermelhidão, dor ao urinar, corrimento, dentre outros.


Na pele, vermelhidão, coceira, feridas e descamação; e, especificamente na boca, conhecida popularmente como sapinho, mau hálito, rachaduras e manchas brancas parecidas com leite coalho.

Essa doença, caso não seja curada e a imunidade da pessoa estiver baixa, pode se proliferar pelo corpo, causando alergias, queda de cabelo, hipoglicemia, falta de libido, cansaço, acne, gases, falhas na memória, falta de concentração, insônia, prisão de ventre, TPM, cólicas, dores musculares, infecções respiratórias, impotência, depressão, infecção urinária, dentre outros sintomas, característicos da cândida sistêmica, quadro este que se desenvolve quando a cândida não é curada ou bem tratada.

O micélio do fungo é o responsável por todas essas manifestações no organismo, uma vez que invade os sistemas do corpo e liberam toxinas que, inclusive, impedem a glicólise. Como é fermentadora, pode transformar o alimento ingerido em substâncias alcoólicas - comprometendo o fígado e sua lucidez e, além disso, consegue construir moléculas parecidas com hormônios, confundindo o organismo.

Como a Candida albicans tem seu crescimento estimulado pelos ingredientes da alimentação do hospedeiro, evitar e incluir certos alimentos na dieta podem ser a chave para prevenir ou mesmo tratar este mal.

Assim, produtos contendo fermento ou farináceos, frutas doces e/ou ácidas, sucos industrializados, frutas secas, vinagre, bebidas alcoólicas, laticínios, alimentos ricos em amido e açúcar em geral, produtos fermentados, gorduras e cafeína devem ser evitados.

Carnes, ovos, vegetais sem amido, folhas, algas marinhas e outros alimentos ricos em iodo, manteiga sem sal, óleo extravirgem de coco (combate fungos e outros micro-organismos e aumenta a imunidade), bastante água, alho, chá de camomila e iogurte desnatado natural com lactobacilos vivos são alguns alimentos que ajudam a evitar ou combater a cândida – e, de quebra, reforçar o sistema imunológico. 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Publicado por Mariana Araguaia de Castro Sá Lima

Artigos Relacionados

A micose provoca deformação das unhas.
Micose
Micose, o que é micose, quando a micose mais ocorre, regiões onde a micose se instala, micose superficial, micose profunda, como a micose pode ser provocada, o tratamento para a micose.
video icon
Português
Francisca Júlia
Nesta videoaula, você conhecerá um pouco mais sobre a vida de Francisca Júlia, uma importante escritora da literatura brasileira do século XIX. Confira nossa análise!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
videoaula brasil escola
Química
Cinética química
Se ainda tem dúvidas quanto a velocidade das reações, essa videoaula é para você!
video icon
videoaula brasil escola
Português
Redação
Entenda como realizar argumento por causa e consequência com a nossa aula.
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!