Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Classificação dos solos

Classificação dos solos

Os solos são recursos naturais que se formaram depois de milhões de anos em constituição como resultado da decomposição das rochas por ações do intemperismo. Podem ser classificados conforme a origem e conforme a influência da vegetação e do relevo.

Classificação quanto à origem:

Quanto à origem, os solos são classificados em eluviais e aluviais.

1. Eluviais: quando os solos se formam por rochas encontradas no mesmo local da formação, ou seja, quando a rocha que se decompôs e se alterou para a formação do solo se encontra no mesmo local do solo;

2. Aluviais: quando os solos foram formados por rochas localizadas em outros lugares. Graças à ação das águas e dos ventos, os sedimentos foram transportados para outro local.

 

Classificação quanto à influência externa

Quanto à influência externa, existe outra forma de classificação dos solos, também chamada de classificação zonal, que divide os solos em zonais, intrazonais e azonais:

1. Zonais: são maduros, bem delineados e profundos. São subdivididos em latossolos, podzóis, solos de pradaria e desérticos.

1.1. Latossolos: São solos pouco férteis, presentes geralmente em climas quentes e úmidos, com profundidades superiores a 2m;

1.2. Podzóis: São solos férteis, graças à acumulação de minérios, húmus e matéria orgânica, e são próprios de climas frios e temperados;

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

1.3. Solos de pradarias: São ricos em cálcio e matérias orgânicas, por isso, são extremamente férteis. Estão presentes em regiões subúmidas de clima temperados;

1.4. Desérticos: Solos caracterizados por serem pouco profundos e pouco férteis. Próprios de regiões desérticas.

2. Intrazonais: são solos bem desenvolvidos, além de serem bastante influenciados pelo local e pelos fatores externos. Dividem-se em solos salinos e solos hidromórficos.

2.1. Solos salinos: também chamados de halomórficos, caracterizam-se pelo alto índice de sais solúveis, próprios de regiões áridas e próximas ao mar. Possuem uma baixa fertilidade;

2.2. Solos hidromórficos: por estarem localizados próximos a rios e lagos, apresentam grande umidade. Sua fertilidade depende do índice de umidade: quanto mais úmidos, menos férteis.

3. Azonais: solos pouco desenvolvidos e muito rasos. Dividem-se em solos aluviais e litossolos.

3.1. Solos aluviais: presentes em áreas de formação recente em planícies úmidas. Quando os seus sedimentos são transportados, formam um solo de coloração amarela denominado de loess.

3.2 Litossolos: presentes em locais com declives acentuados. Costumam estar posicionados diretamente sobre a rocha formadora. São solos inférteis.

Os solos possuem diferentes formas de classificação
Os solos possuem diferentes formas de classificação
Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Em relação à origem dos solos, podemos classificá-los em dois grupos: aluviais e eluviais. Sobre essa categorização, avalie as proposições a seguir:

I) A classificação dos solos, com relação à sua origem, é determinada pelo local de procedência da rocha que, após o processo de intemperismo, constitui esse solo.

II) Os solos eluviais são formados a partir de rochas transportadas pela chuva e vento para os locais onde o solo será formado.

III) Quando a rocha que se decompôs e se alterou para a formação do solo encontra-se no mesmo local do solo, esse tipo de solo é chamado de eluvial.

Avalie as afirmações acima e marque a opção que corresponda, na devida ordem, ao acerto ou erro de cada uma:

a) F, V, V

b) V, V, F

c) V, F, V

d) V, V, F

e) F, F, F

Questão 2

Os solos também podem ser categorizados de acordo com a influência externa em zonais, intrazonais e azonais.

Assinale a alternativa que contém apenas solo do tipo zonal:

a) latossolos, podzóis e desérticos.

b) desérticos, podzóis e salinos.

c) solos de pradaria, hidromórficos e halomórficos.

d) podzóis, solos de pradaria e salinos.

e) salinos, halomórficos e hidromórficos.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O movimento de rotação terrestre é responsável pela sucessão dos dias e das noites
Rotação da Terra
Entenda como funciona a rotação terrestre e compreenda a importância e as causas desse movimento.
O planeta Mercúrio assemelha-se com a aparência da Lua
Planeta Mercúrio
Saiba mais sobre o planeta Mercúrio e as suas principais peculiaridades e informações!
Tempestades derrubam árvores em cidades e no campo.
Intensidade do vento
Intensidade do vento, Vento calmaria, Vento franco, Vento moderado, Vento forte, Tempestade, Os ventos variam de acordo com sua intensidade.
Orvalho
Sereno
Sereno, orvalho, rocio, o que é sereno, como se forma o sereno, condensação, evaporação, temperatura, ar, ponto de orvalho, vapor d’água.
Transformações do solo decorrentes do intemperismo
Intemperismo
O conceito, as características e os principais tipos de intemperismo.
Os solos constituem-se como um importante recurso natural
Formação dos solos
Descubra aqui como ocorre a formação dos solos e como se estrutura esse importante meio de vida e recurso natural.
Exemplo de solo laterizado com alto teor de alumínio
Laterização dos solos
Entenda o que é a laterização dos solos e as características e utilidades dos solos lateríticos.
O movimento de rotação terrestre é responsável pela sucessão dos dias e das noites
Movimento de rotação
Entenda como funciona a rotação terrestre e compreenda a importância e as causas desse movimento.
Solo
Clique e veja detalhes do processo de formação e composição dos solos. Entenda a composição dos solos, como evoluem e quais os tipos mais comuns no Brasil.
Distribuição dos vulcões no mundo. A grande maioria dos vulcões concentra-se na região de encontro de placas tectônicas
Vulcões
Saiba mais sobre os vulcões, curiosas estruturas geológicas que normalmente se concentram em regiões de encontro entre placas tectônicas.
Os processos erosivos podem causar sérios danos aos solos
Processos erosivos
Compreenda o conceito e as características dos processos erosivos.