Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Geografia
  3. Geografia Física
  4. Relevo Submarino

Relevo Submarino

O relevo submarino é classificado de acordo com as diferentes formas apresentadas: Plataforma continental, Talude continental, Bacia oceânica, Dorsais e Fossas abissais.

A superfície terrestre apresenta uma grande variedade de formas e irregularidades. Ao analisar o fundo dos oceanos também foi detectada uma diversidade de formas em sua composição.


Com o desenvolvimento tecnológico alcançado durante a década de 1960, foi possível realizar análises aprofundadas do relevo submarino e estabelecer uma classificação de acordo com as diferentes formas apresentadas.

O relevo submarino segue a seguinte divisão:

Plataforma continental:
É caracterizada por ser o prolongamento submerso dos continentes, com apenas algumas modificações promovidas pela erosão marinha ou por depósitos sedimentares. Apresenta profundidade entre 10 e 500 metros, no entanto, sua profundidade média é de 200 metros. Nesta parte do relevo submarino são obtidos os recursos minerais e é realizada a maior parte das atividades pesqueiras.

Talude continental:
É uma inclinação mais aprofundada que a plataforma, podendo atingir até 3 mil metros de profundidade.

Bacia oceânica:
Corresponde à maior superfície e se estende a partir do limite do talude continental até, aproximadamente, 5 mil metros de profundidade. É formada por extensas bacias.

Dorsais:
Constituem as grandes cordilheiras e acompanham, em certos casos, o contorno dos continentes. As dorsais encontradas nos oceanos Atlântico, Índico e Pacífico apresentam altitudes que variam entre 2 e 4 quilômetros acima do fundo oceânico, emergindo em diversos pontos sob a forma de ilhas e arquipélagos.

Fossas abissais:
As fossas abissais estão localizadas próximas aos continentes, e formam as regiões mais profundas do relevo submarino.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Classificação do relevo submarino
Classificação do relevo submarino
Publicado por: Wagner de Cerqueira e Francisco
Assuntos relacionados
O agravamento do efeito estufa é provocado pela emissão de gases provenientes, principalmente, da ação humana.
Efeito Estufa
Entenda mais sobre o fenômeno natural conhecido como efeito estufa, responsável por manter a temperatura média no planeta, possibilitando a existência de vida na Terra.
Chapada Diamantina, localizada em uma região de planalto no Nordeste brasileiro
Relevo brasileiro
Clique e conheça as principais características do relevo brasileiro!
A solidificação das partículas de água que chega ao solo provocando danos.
Granizo
Granizo, o que é granizo, características do granizo, local onde ocorre a formação do granizo, danos provocados pelos granizos, como impedir a formação dos granizos.
Exemplo de tipo de chuva.
Tipos de chuva
Clique aqui e conheça as características dos diferentes tipos de chuva!
Deserto do Saara
Deserto do Saara
As características do maior deserto quente do planeta.
Imagem dos Alpes, na Suíça. Um exemplo de dobramento moderno
Dobramentos modernos
Entenda, de forma prática, o que são e como se originaram as estruturas geológicas conhecidas por dobramentos modernos.
Nas áreas de dorsais oceânicas, é comum a formação de cadeias de montanhas no fundo do oceano
Dorsal oceânica
Entenda o que é e como se forma uma dorsal oceânica, uma das mais interessantes formas de relevo submarino.
O Sistema Solar.
Surgimento da Terra e Sistema Solar
Surgimento da Terra e Sistema Solar, Como surgiu a Terra e Sistema Solar, A partir de quais elementos surgiu a Terra e Sistema Solar, O que o sol contribui para a formação da Terra e Sistema Solar.
Terra, único planeta que possui vida.
Planeta Terra
Conheça algumas curiosidades sobre nosso planeta. Entenda como são formadas as estruturas interna e externa da Terra. Identifique os movimentos terrestres.
Júpiter: o maior planeta do sistema solar
Planeta Júpiter
Clique aqui e conheça as características de Júpiter, o maior planeta do sistema solar.