Pessoas do verbo

O verbo possui três pessoas que se relacionam com a pessoa gramatical expressa pelo sujeito.

Para iniciarmos o estudo das pessoas verbais, é necessário retomar o conceito de pessoa do discurso. Para tanto, observe a frase a seguir:

(1) Eu fiz as compras que você me pediu.

Perceba que, em (1), aparecem duas pessoas determinadas do discurso: a pessoa correspondente ao falante e a que corresponde ao ouvinte. Assim, a primeira pessoa do discurso é representada pelos pronomes “eu” e “nós”, e a segunda pessoa do discurso é representada pelos pronomes “tu” e “vós” (ou você).

Agora, observe esta outra frase:

(2) Ele acabou de chegar.

Note que, apesar da presença da terceira pessoa expressa pelo pronome “ele”, essa não participa da ação e nem é o ouvinte, ou seja, não coincide com nenhuma pessoa do discurso, é apenas aquela de quem se fala.

Diante desses conceitos, podemos analisar agora como as pessoas dos verbos expressam-se em relação às pessoas do discurso:

a) A primeira pessoa verbal relaciona-se com a primeira pessoa do discurso, expressa pelos pronomes pessoais eu (singular) e tu (plural). Dessa forma, no discurso em primeira pessoa, o verbo possuirá desinências que concordem com aquela pessoa que fala.

Exemplo:

Eu estudo muito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Nós estudamos muito

b) A segunda pessoa verbal relaciona-se com a segunda pessoa do discurso, expressa pelos pronomes pessoais tu (singular) e vós (plural). Dessa forma, no discurso em segunda pessoa, o verbo possuirá desinências que concordem com aquela pessoa com que quem se fala.

Exemplo:

Tu estudas muito.

Vós estudais muito.

c) A terceira pessoa verbal relaciona-se com a terceira pessoa do discurso, expressa pelos pronomes pessoais ele / ela (singular) e eles / elas (plural). Dessa forma, no discurso em terceira pessoa, o verbo possuirá desinências que concordem com a pessoa de quem se fala.

Exemplo:

Ele estuda muito.

Eles estudam muito.

Interessante observar que a pessoa verbal está diretamente relacionada com a pessoa do discurso que lhe serve de sujeito, pois, mesmo sem a presença explícita desse sujeito, podemos identificá-lo pela desinência expressa pelo verbo:

Comprei um carro novo. (Quem comprou um carro novo?)

Veja que, ao questionarmos o verbo, sua desinência aponta para a primeira pessoa do discurso (“eu”), que é aquela que fala e participa da ação ao mesmo tempo.

O verbo da oração acima está flexionado na primeira pessoa
O verbo da oração acima está flexionado na primeira pessoa
Publicado por: Mariana Rigonatto