Distrito Diamantino

No início do século XVIII, a descoberta de ouro na região de Minas Gerais estabeleceu a busca por novas áreas que pudessem conter aquele mesmo tipo de riqueza pioneiramente encontrada pelos bandeirantes. Na verdade, além de outras regiões ricas em ouro, o desenvolvimento da atividade mineradora também abriu espaço para a descoberta de regiões ricas em pedras preciosas.

Segundo alguns registros, a descoberta de diamantes teria acontecido na mesma época em que as primeiras jazidas de ouro teriam sido conhecidas pela Coroa Portuguesa. No entanto, a oficialização desse evento aconteceu somente em 1729. No mês de julho daquele ano, o governador Lourenço de Almeida enviou algumas pedras para o governo de Portugal pensando que tinha encontrado diamantes na Comarca de Serro Frio.

Diferentemente da atividade aurífera, os portugueses tiveram grandes dificuldades para evitar a ação de contrabando dos diamantes encontrados nessa região. Afinal de contas, era impossível fundir as pedras preciosas e, desse modo, impor a mesma cobrança de impostos que era reservada ao ouro. Com isso, o governo de Portugal determinou que todos os mineradores da região fossem imediatamente expulsos dali e demarcou a região do chamado Distrito Diamantino.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em um primeiro momento, o governo lusitano determinou que fosse promovido o arrendamento da região diamantífera para as mãos de contratadores. Nessa modalidade de contrato, os contratadores forneciam, antecipadamente, o pagamento de uma quantia em troca da exploração dos diamantes naquela localidade. Com isso, a Coroa esperava adiantar o lucro com a atividade e evitar problemas com o contrabando de pedras.

Tal modelo de funcionamento e arrecadação veio a funcionar entre as décadas de 1740 e 1770. No ano seguinte, o governo português decidiu reformular o processo de extração das pedras preciosas com a criação da Real Extração, uma espécie de empresa que cuidaria diretamente dessa atividade. Realizando a extração de forma direta, a metrópole esperava ampliar seus ganhos em um período em que as minas de diamante apresentavam sinais de esgotamento.

Por Rainer Sousa
Mestre em História
Equipe Mundo Educação

O controle e a riqueza gerada com a extração de diamantes na região de Minas Gerais.
O controle e a riqueza gerada com a extração de diamantes na região de Minas Gerais.
Publicado por: Rainer Gonçalves Sousa
Assuntos relacionados
Algumas representações do índio produzidas pelo artista holandês Albert Eckhout.
O indígena
Alguns dados sobre os diversos povos que habitavam o Brasil antes da colonização.
A colonização do Brasil: um processo que marcou profundamente a formação do nosso país.
Colonização do Brasil
Colonização, Expansão Marítima, Tratado de Tordesilhas, Península Ibérica, Portugal, Colonização Portuguesa, pau-brasil, capitanias hereditárias, governo geral, Ordem de Jesus, jesuítas, exploração colonial.
As drogas do sertão: diversificação das atividades coloniais.
Atividades complementares da economia colonial
Brasil Colônia, Atividades no Brasil Colonial, Atividades complementares na colônia, atividades secundárias, atividades acessórias, pecuária, fumo, algodão, mandioca, drogas do sertão.
A escravidão no Brasil foi uma instituição cruel que existiu durante mais de 300 anos.
Escravidão no Brasil
Leia este texto e aprenda mais sobre a escravidão no Brasil. Veja sobre a origem dessa instituição, conheça os grupos escravizados e entenda como foi proibida.
Pombal visou ampliar os lucros com o empreendimento colonial e racionalizar o Estado Português.
Reformas Pombalinas
Marquês de Pombal, período pombalino, Sebastião José de Carvalho, Dom José I, despotismo esclarecido, Tratado de Methuen, capitanias hereditárias, Conselho Ultramarino, Erário Régio, mão-de-obra indígena, Companhia de Jesus, jesuítas.
As missões jesuíticas e a pecuária foram importantes para a ocupação da região sul.
A expansão para o Sul
O processo de ocupação e conquista da região sul do território brasileiro.
Os escravos estiveram presentes em diferentes funções e contextos sociais ao longo da história brasileira.
Os diferentes tipos de escravo no Brasil
As variadas tarefas e condições assumidas pelo escravo no Brasil.
A submissão e o extermínio foram as principais características dos primeiros contatos entre portugueses e indígenas
Portugueses e indígenas: encontro ou desencontro de culturas?
O Brasil foi descoberto ou conquistado pelos portugueses? O primeiro contato entre portugueses e indígenas foi marcado pelo encontro ou desencontro de culturas? Veja aqui.