Whatsapp icon Whatsapp

Cinco poemas de Augusto de Campos

Os poemas de Augusto de Campos traduzem o espírito da poesia concretista brasileira. Em sua obra, ganham espaço o experimentalismo e a poesia verbivocovisual.
Capa do CD “Poesia é risco”, de Augusto de Campos e Cid Campos. Selo Sesc SP
Capa do CD “Poesia é risco”, de Augusto de Campos e Cid Campos. Selo Sesc SP

Augusto de Campos é um dos principais representantes do Concretismo brasileiro, movimento literário que teve início no ano de 1956. Poeta, tradutor, crítico literário e musical e ensaísta brasileiro, ao lado de Décio Pignatari e de seu irmão Haroldo de Campos, o poeta fundou o grupo Noigandres (palavra extraída de uma canção do trovador provençal Arnaut Daniel e que significa "o olor que afasta o tédio") e, posteriormente, uma revista literária de mesmo nome. Foi por meio da revista que o grupo conseguiu organizar as ideias oriundas das vanguardas do início do século XX e dar início a uma nova proposta artística, cujo objetivo era aliar elementos visuais à palavra escrita.

Liderado pelos três poetas paulistas, Décio Pignatari, Augusto e Haroldo de Campos, o Concretismo tinha como principais objetivos eliminar o intimismo e o eu lírico do poema, retomando procedimentos adotados pelas correntes de vanguarda do começo do século XX, como o Futurismo e o Cubismo. Expressão máxima de seu estilo, a poesia de Augusto de Campos faz uso de diferentes procedimentos de criação artística: o poeta utiliza recursos da poesia, das artes visuais, da publicidade, da música e das tecnologias digitais (o poeta é grande pesquisador das mídias eletrônicas), sempre unindo palavra, som, imagem e movimento em uma unidade estrutural. Seu interesse pela dimensão “verbivocovisual” (conceito criado pelo poeta irlandês James Joyce) permeia toda a sua obra, considerada uma das mais representativas e consistentes do movimento concretista.

Veja abaixo a leitura – feita pelo poeta – da primeira estrofe da Canção XI do trovador Arnaut Daniel (século XII) em provençal e em tradução para o português:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para que você conheça um pouco mais sobre o Concretismo, o Mundo Educação traz para você cinco poemas de Augusto de Campos. São poemas que rompem com os aspectos visuais, sonoros e verbais da poesia em uma experiência que subverte a tradição literária e renega a poesia discursiva. Boa leitura!

Augusto de Campos: o pulsar, 1975
Augusto de Campos: o pulsar, 1975

O Vivo

Não queiras ser mais vivo do que és morto.
As sempre-vivas morrem diariamente
Pisadas por teus pés enquanto nasces.
Não queiras ser mais morto do que és vivo.
As mortas-vivas rompem as mortalhas
Miram-se umas nas outras e retornam
(Seus cabelos azuis, como arrastam o vento!)
Para amassar o pão da própria carne.
Ó vivo-morto que escarnecem as paredes,
Queres ouvir e falas.
Queres morrer e dormes.
Há muito que as espadas
Te atravessando lentamente lado a lado
Partiram tua voz. Sorris.
Queres morrer e morres.

Augusto de Campos.

Augusto de Campos: dias dias dias, 1953
Augusto de Campos: dias dias dias, 1953

Augusto de Campos: amortemor, 1970
Augusto de Campos: amortemor, 1970

Augusto de Campos: Intradução: asa de akhmátova, 1997
Augusto de Campos: Intradução: asa de akhmátova, 1997

Publicado por Luana Castro Alves Perez

Artigos Relacionados

Décio Pignatari e os irmãos Haroldo e Augusto de Campos foram os principais representantes da poesia concreta no Brasil
A poesia visual: Concretismo
Palavra, imagem e som na literatura brasileira: Clique e conheça o Concretismo.
Max Bill – artista responsável pela vinda do Concretismo para o Brasil
Concretismo
Definição, como surgiu no Brasil e suas características gerais.
Acima, um recorte de jornal com o manifesto da arte concreta, de 1930
Concretismo
Saiba mais sobre o Concretismo e os seus principais representantes dentro e fora do Brasil.
Haroldo de Campos
Conheça mais sobre o poeta, tradutor e crítico literário Haroldo de Campos. Saiba um pouco de sua biografia, quais são suas obras, e leia alguns de seus poemas.
Poesia concreta
Conheça mais sobre o concretismo: sua origem, suas características, seus principais poetas e exemplos de poemas.
video icon
Filosofia
Ética e Justiça no Enem: como esse tema é cobrado?
Fala, estudante! Como estão os seus estudos preparatórios para o Enem? Já vou adiantar a informação: preparei esta aula sobre um tema recorrente nas provas de Ciências Humanas do Enem: Ética e Justiça. Prepare o seu material e assista à nossa aula!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.