Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Literatura
  3. Escolas literárias
  4. Modernismo
  5. Modernismo – segunda fase literária – prosa

Modernismo – segunda fase literária – prosa

A prosa de 1930 é chamada de Neorrealismo pela retomada de alguns aspectos do Realismo-Naturalismo, contudo, com características particulares preservadas.

A literatura estava voltada para a realidade brasileira como forma de manifestar as então recentes crises sociais e inquietações da implantação do Estado Novo do governo Vargas e da Primeira Guerra Mundial.

Os romancistas observavam com olhos críticos a realidade brasileira, as relações entre o homem e a sociedade. Pelo fato de os romancistas deste período adotarem como componente o lado emocional das personagens, esta fase se diferenciou do Naturalismo, onde este item foi descartado.

A produção literária dessa fase pode ser dividida em três tipos de prosa:

• Regionalista: tendência originada no Romantismo e adotada pelos naturalistas e pré-modernistas, na qual o tema é o regionalismo do nordeste, a miséria, a seca e o descaso dos políticos com esse estado. Essa propensão tem início com o romance A bagaceira, de José Américo de Almeida, em 1928. Os principais autores regionalistas são: José Lins do Rego, Jorge Amado, Rachel de Queiroz e Graciliano Ramos.

• Urbana: tendência na qual a temática é a vida das grandes cidades, o homem da cidade e os problemas sociais, o homem e a sociedade, o homem e o meio em que vive. O principal autor é Érico Veríssimo, no início de sua carreira.

• Intimista: tendência influenciada pela teoria psicanalítica de Freud e de outras correntes da psicologia. Tem como tema o mundo interior. É também chamada de prosa “de sondagem psicológica”. Os principais autores são: Lúcio Cardoso, Clarice Lispector, Cornélio Pena, Otávio de Faria e Dionélio Machado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
A bagaceira – romance regionalista de José Américo de Almeida
A bagaceira – romance regionalista de José Américo de Almeida
Publicado por: Sabrina Vilarinho
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Na década de 30 do século passado, pode-se afirmar que o Modernismo, em sua segunda fase, foi:

a) ( ) um momento que viu esgotado seus ideais, cuja prosa possuía um caráter conservador.

b) ( ) um momento em que houve um aproveitamento das conquistas da geração anterior, especialmente as formas, e maior adensamento dos temas.

c) ( ) um momento que possuiu uma prosa regionalista, caracterizada por uma temática do mundo interior por meio de uma análise psicológica das personagens.

d) ( ) um momento em que se buscou traços peculiares de nossa realidade, uso de uma linguagem mais próxima à fala brasileira.

e) ( ) um momento que teve a influência das ideias socialistas.

Questão 2

Relacione as colunas de acordo com os tipos de prosa modernista da segunda fase desse movimento literário:

a) ( ) Prosa regionalista

b) ( ) Prosa urbana

c) ( ) Prosa intimista

I. Cultivada desde o Romantismo, essa prosa focalizava o homem da cidade e seus conflitos sociais, aprofundando a relação entre ser humano e meio e ser humano e sociedade.

II. Essa prosa é uma das inovações propostas pela Geração de 30. A influência da psicanálise de Freud despertava o desejo por temas que investigavam e sondavam o mundo interior, os motivos individuais de cada um e suas origens.

III. Tendência com raízes no Romantismo e adotada por vários escritores naturalistas e pré-modernistas, renasceu com força total na segunda fase do Modernismo brasileiro, trazendo inovações tanto na temática quanto na linguagem. O ciclo nordestino é um dos principais da prosa dessa geração. São abordados inúmeros problemas, como a miséria, a seca, as relações do homem com o povo, com o poder e com o poderosos, a hostilidade, etc.

Mais Questões
Assuntos relacionados
O satanismo na literatura
A Prosa Gótica
A origem do gótico na literatura!
Barroco
Contexto histórico e características da estética literária!Saiba o que foi o barroco, veja quais as suas principais características e vertentes e quais os autores europeus e brasileiros de maior notoriedade.
A data de nascimento de Drummond foi a escolhida do calendário brasileiro para a celebração do Dia Nacional da Poesia
31 de Outubro - Dia Nacional da Poesia
O Dia Nacional da Poesia é celebrado no dia do nascimento de um dos maiores poetas brasileiros. Confira a história dessa data!
As escolas literárias facilitam o estudo e o ensino da literatura brasileira
Escolas literárias
Clique e conheça um pouco mais sobre as escolas literárias que marcaram a história da literatura brasileira.
Capa do livro “O lustre”. Ed. Relógio D'água, 2012. A prosa intimista de Clarice Lispector inaugurou um novo tipo de expressão literária
A prosa intimista de Clarice Lispector
Conheça um pouco mais sobre a prosa intimista de Clarice Lispector.
Lygia Fagundes Telles é uma das maiores escritoras da Literatura brasileira. Produziu, ao longo de sua carreira, diversos romances e livros de contos
Lygia Fagundes Telles
Conheça o real e o fantástico na obra de Lygia Fagundes Telles.
Ariano Suassuna
A arte como vocação, missão e festa: Conheça a vida e a obra do escritor e dramaturgo Ariano Suassuna.
Gustave Flaubert foi o escritor da primeira obra considerada realista: “Madame Bovary”
Realismo
Acesse para saber o que foi o Realismo. Conheça as principais características do movimento, seu contexto histórico, os maiores autores desse estilo e suas obras.
Vanguardas europeias
Entenda o que foram as vanguardas europeias. Veja quais foram os movimentos de vanguarda e quais as suas principais características.
Cassiano Ricardo – um dos precursores da poesia-práxis
Poesia-práxis
A poesia-práxis, ao contrário da poesia concreta, procurou valorizar o conteúdo, apresentando-se como algo manipulável pelo leitor. Conheça seus principais aspectos!