Whatsapp icon Whatsapp

Aplicações Financeiras com Taxas Periódicas Diferentes

Investindo no mercado de ações
Investindo no mercado de ações

Atualmente, as transações financeiras e comerciais são baseadas em situações que envolvem juros compostos, que se baseiam no princípio acumulativo dos juros gerados por um determinado montante. Ao final de cada período os juros são somados ao montante constituindo um novo montante. Levamos em conta esse tipo de aplicação somente nas situações em que a taxa periódica é a mesma.

Algumas aplicações possuem taxas que variam de acordo com o tempo, os fundos de ações são considerados exemplos típicos de aplicações que envolvem taxas variadas. Os valores das ações estão diretamente ligados aos lucros das empresas, e podem sofrer altas ou baixas de acordo com o faturamento e o andamento do mercado financeiro.
As ações representam uma fração do capital social de uma empresa.

Vamos demonstrar, através de um exemplo, uma aplicação com taxas de rendimentos diferentes.

Paulo aplicou R$ 300,00 em um fundo de ações. No primeiro mês, as ações renderam cerca de 10%, no segundo mês a valorização chegou a 12%, no terceiro mês rendeu 18% e no quarto mês teve o índice mais alto de valorização, que ficou em 26%. Após os quatro meses qual será o saldo de Paulo?

Resolução:

Ao final do primeiro mês o rendimento foi de 10%, então:
300 + 10% de 300 = 300 + 0,1*300 = 300 + 30 = 330 reais

Ao final do segundo mês o rendimento foi de 12%, então:
330 + 12% de 330 = 330 + 0,12*330 = 330 + 39,6 = 369,60 reais

Ao final do terceiro mês a valorização foi de 18%, então:
369,6 + 18% de 369,6 = 369,6 + 0,18*369,6 = 369,6 + 66,53 = 436,13 reais

E no final do quarto mês rendeu 26%, sendo o montante final:
436,13 + 26% de 436,13 = 436,13 + 0,26*436,13 = 436,13 + 113,39 = 549,52 reais

Observe que o saldo ao final dos quatro meses foi de R$ 549,52. O rendimento dessa aplicação nos quatro meses foi de 83%, pois 549,52 / 300 = 1,83.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Marcos Noé Pedro da Silva
Assista às nossas videoaulas

Artigos Relacionados

Marketing do BB: associando a instituição
Banco do Brasil
Clique aqui e conheça a história de um dos maiores bancos do país, o Banco do Brasil.
Juros compostos
Veja aqui a fórmula de juros compostos e entenda quais fatores o influenciam. Saiba também como calculá-los e veja a diferença entre juro simples e composto.
Proporção
Conheça tudo sobre proporção: aprenda a verificar se os valores são proporcionais ou não e entenda o que são grandezas direta e inversamente proporcionais.
Regra de Sociedade
Você já ouviu falar da regra da sociedade? Não? Confira aqui!
Taxa Percentual Unitária
Determinando a taxa unitária.
Taxas Equivalentes
Calculando taxas de acordo com o período estabelecido.
video icon
Português
“Tinha chego” ou “tinha chegado”?
“Tinha chego” ou “tinha chegado”? Para resolvermos essa questão, precisamos nos atentar à apresentação do particípio na formação das locuções verbais. Já que “chegar” é um verbo não abundante, a forma “tinha chegado” é a única correta. Nesta videoaula, entenderemos por quê.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Filosofia
Anaxágoras
Assista nossa videoaula para entender mais sobre o pensamento pluralista de Anaxágoras.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Guia de Profissões
Publicidade e Propaganda
Que tal conhecer um pouco mais sobre as funções de um publicitário?
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."