Whatsapp icon Whatsapp

Poder Executivo

Poder Executivo é um dos Três Poderes que administram o Brasil. É representado por presidente, governadores e prefeitos, cada qual atuando em um nível.
Ilustração de mulher em tribuna falando para público
O Poder Executivo em nosso país é representado por presidente da República, governadores(as) e prefeitos(as).

O Poder Executivo é um dos Três Poderes que existem no Brasil, responsáveis pela administração do Estado. O Executivo divide o poder com o Judiciário e o Legislativo, segundo estabelecido na teoria dos Três Poderes. A adoção desse modelo consta na Constituição Federal de 1988.

O Poder Executivo é representado pelo presidente da república, pelos governadores e pelos prefeitos, eleitos pela população brasileira. Seus representantes têm como função administrar e governar, cada qual no nível que atua, devendo garantir o bem-estar da população.

Leia mais: Regimes de governo — democrático, autoritário e totalitário

Resumo sobre Poder Executivo

  • É um dos Três Poderes que compõem a administração do Estado brasileiro.

  • É o responsável pela execução das ações de governo e da legislação brasileira.

  • É caracterizado pelos seguintes princípios: legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade e eficiência.

  • É representado pelo presidente da república, pelos governadores e pelos prefeitos.

  • Seus representantes são escolhidos pela população em eleições.

O que é o Poder Executivo?

O Poder Executivo é um dos Três Poderes que atuam na administração do Estado brasileiro, representado por aqueles eleitos para governar em nosso país. Nesse sentido, o Executivo executa a governança dentro do que é estabelecido pela legislação brasileira.

A execução do trabalho do Executivo deve prezar pela preservação de cinco princípios, que são:

  • a legalidade;

  • a impessoalidade;

  • a moralidade;

  • a publicidade;

  • a eficiência.

O Executivo deve representar a população, governando de forma a atender aos interesses coletivos e garantir o bem-estar da população.

Assuntos fundamentais de nosso país, como segurança pública, educação e saúde, são responsabilidades diretas do Poder Executivo, e a garantia das melhorias nessas e em outras áreas estratégias deve ocorrer por meio de planejamento e da utilização apropriada do dinheiro público. O trabalho do Executivo é constantemente fiscalizado pelo Poder Legislativo como forma de garantir que o dinheiro público está sendo bem aplicado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Poder Executivo no Brasil

O Brasil adotou a divisão dos Três Poderes, e isso está estabelecido na Constituição de 1988, em seu artigo segundo. A forma como esse poder se organiza aqui também é definida pela Carta. Na prática, nosso Poder Executivo governa e administra o país.

O Poder Executivo brasileiro é representado pelo presidente da república e seus ministros; pelo governador e seus secretários estaduais; e pelo prefeito e seus secretários municipais. Cada uma dessas funções corresponde aos níveis federal, estadual e municipal respectivamente.

Vejamos as funções de cada um dos representantes do Executivo em todos os seus níveis.

  • Presidente da República

O presidente é a autoridade máxima do Brasil, sendo o responsável pela administração e o governo em nível federal. Sendo assim, ele é chefe do Executivo em nosso país e, como tal, sanciona ou veta projetos de lei, propostos e aprovados pelo Legislativo.

O presidente gere os assuntos estratégicos do país, atuando em parceria com os seus ministros, indicados por ele para assumir pastas fundamentais para o desenvolvimento da nação. O presidente também representa o país em eventos internacionais, assim como celebra acordos, nomeia o comandante das Forças Armadas, os ministros do Supremo Tribunal Federal, entre outras importantes instituições.

  • Governador

O governador é a autoridade responsável pela administração e o governo dos estados brasileiros. Ao todo, existem 27 governadores em nosso país, correspondendo aos 26 estados mais o Distrito Federal. A existência de governadores é uma indicação da autonomia que os estados brasileiros possuem, conforme estabelece o princípio federalista.

O governador representa os interesses de seu estado nacionalmente e trabalha com o Governo Federal para garantir recursos e investimentos para o desenvolvimento estadual. Também sanciona ou veta projetos de lei, propostos pelo Legislativo estadual, e precisa garantir investimentos para as prefeituras que compõem seu estado.

  • Prefeito

Já o prefeito é o responsável pelo governo e administração municipais, sendo eleito exclusivamente para governar a cidade em que reside. Ele então deve gerenciar os recursos municipais para possibilitar o desenvolvimento de sua cidade e garantir o funcionamento dos serviços essenciais.

O prefeito deve nomear secretários municipais, que trabalharão em assuntos estratégicos relativos à administração municipal, e junto deles tomar as decisões que garantirão o desenvolvimento municipal. Ele também poder sancionar ou vetar projetos de lei, propostos pelos vereadores, os representantes do Legislativo municipal.

Leia mais: História das eleições no Brasil — como têm sido?

Como são eleitos os representantes do Executivo?

Os representantes do Executivo, isto é, o presidente, os governadores e os prefeitos, são escolhidos por meio de eleições realizadas a cada quatro anos. É importante mencionar que os três cargos têm quatro anos de duração e têm direito à reeleição, sendo que, depois disso, deve haver rotatividade no poder.

É bom saber que as eleições municipais ocorrem em um momento distinto das estaduais e federais. De toda forma, o critério para determinar a eleição dos representantes do Executivo é o seguinte: os candidatos que receberem mais de 50% dos votos (a maioria absoluta) são eleitos. Caso isso não aconteça no primeiro turno, um segundo turno é realizado com os dois candidatos mais votados no primeiro.

Em cidades com menos de 200 mil eleitores, a eleição exige apenas maioria simples, sendo assim, é realizado apenas um turno e ganha quem tiver mais votos, independentemente se o candidato obteve mais de 50% dos votos ou não.

Três Poderes

A existência do Poder Executivo faz parte de um princípio político que conhecemos como teoria dos Três Poderes, e, segundo ela, a administração da nação passa pela existência de três instâncias, cada qual com uma atribuição específica. A existência dos Três Poderes se baseia na ideia da descentralização do poder.

Nesse sentido, o propósito é dividir o poder em várias instâncias, de forma a impedir que uma pessoa acumule poderes excessivos e passe a usá-los para fins autoritários. Na teoria dos Três Poderes, existem Executivo, Legislativo e Judiciário, e cada um deles tem autonomia e o dever de fiscalizar uns aos outros para evitar que abusos aconteçam.

Essa organização do poder em nosso país se baseia na proposta de um erudito iluminista Montesquieu. Ele elaborou, no século XVIII, a ideia de que era necessária a divisão do poder para que o governante não acumulasse poderes demais e se tornasse um tirano. Essa distribuição deveria ser feita exatamente nos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

  • Videoaula sobre Montesquieu

Publicado por Daniel Neves Silva

Artigos Relacionados

O absolutismo defendia a centralização do poder político pelas mãos do rei.
Absolutismo
O sistema político que defende uma estrutura de poder centralizada.
Vista da frente do Congresso Nacional, em Brasília
Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)
Acesse este link para conhecer e entender do que se trata uma Comissão Parlamentar de Inquérito. Saiba como e por quem pode ser formada uma CPI.
Ulysses Guimarães, presidente da Constituinte, apresentando o texto final da Constituição de 1988.*
Constituição de 1988
Clique aqui e acesse o texto sobre a Constituição de 1988, a Constituição Cidadã. Veja como aconteceu sua elaboração. Conheça o contexto histórico e saiba como foi o processo de luta por uma nova Constituição no Brasil. Veja ainda algumas das conquistas obtidas com esse texto constitucional.
Vista da frente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro.
Deputado estadual
Clique aqui e saiba detalhes sobre o que é o cargo de deputado estadual e quais são suas funções.
O voto nulo pode ser registrado ao digitar um número aleatório, como “99”, e o voto branco é registrado ao selecionar a tecla “branco”.*
Diferença entre voto nulo e branco
Acesse este link e leia este texto do Mundo Educação que trata das diferenças que existem entre voto nulo e voto branco. Saiba com o nosso texto como a Constituição e como a Lei das Eleições entendem os dois votos e como o eleitor faz o registro de voto nulo ou branco na urna.
O governador é o responsável pela administração de seu estado e escolhido pela população por meio de uma eleição.
Governador
Clique aqui para entender o que é um governador. Veja as funções desse cargo no Brasil e como a população brasileira escolhe os seus governadores.
História das eleições no Brasil
Acesse o site e veja a história das eleições no Brasil. Veja como funcionam as eleições atualmente. Acompanhe o processo eleitoral em outros países.
A escolha do(a) presidente no Brasil se dá por meio de uma eleição realizada a cada quatro anos.
Presidente da República
Saiba o que significa ser presidente da república e quais as funções do cargo. Descubra como ocorre sua escolha e qual é a linha de sucessão presidencial no Brasil.
Prédio do Tribunal Superior Eleitoral em Brasília.
Sistema eleitoral brasileiro: como funciona?
Acesse para saber mais sobre o funcionamento do sistema eleitoral brasileiro. Entenda os dois sistemas que organizam as eleições: o majoritário e o proporcional.
Urna eletrônica, com logo da Justiça Eleitoral na tela, sobre uma mesa de madeira.
Urna eletrônica
Clique aqui e saiba sobre a urna eletrônica, usada nas eleições brasileiras. Entenda como funciona e o sistema de segurança que possui.

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Matemática
Área da esfera
Clique para aprender a calcular a área da esfera.
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Estrangeirismo
Nessa videoaula você entende sobre o estrangeirismo na música "Samba do Approach."
video icon
videoaula brasil escola
História
Crise de 1929
A quebra da bolsa de valores de Nova Iorque afetou não só os EUA, como o mundo. Entenda!