Análise Gravimétrica

A Gravimetria ou Análise Gravimétrica é a análise química quantitativa que se baseia no cálculo da porcentagem das espécies envolvidas em uma reação através da determinação da massa dos reagentes. Para melhor entender, suponha que você tenha uma amostra de sal de cozinha - NaCl (cloreto de sódio) - e queira descobrir a porcentagem de Cl- (íons cloreto) que contém a amostra: a Análise Volumétrica desvenda o mistério.

Antes de realizar o experimento é preciso saber algumas particularidades sobre o NaCl. Os sais e outros grupos de minerais são considerados compostos iônicos porque possuem íons, a formação do sal de cozinha (cloreto de sódio) se dá a partir de átomos de sódio (Na) e de cloro (Cl), é a substância que mais representa uma ligação iônica. É possível separar os íons citados através de uma reação com outros reagentes, isto só ocorre devido à reatividade destes íons.
Agora veja os passos para isolar o íon Cloreto (Cl) presente no Sal de cozinha (NaCl).

Material:

• Porção de sal de cozinha - 100 gramas;
• Ácido nítrico (HNO3) - 100 mL ;
• Solução de nitrato de prata (AgNO3);
• 2 béqueres (recipientes de vidro transparentes).

Procedimento:

1. Prepare uma solução de sal de cozinha adicionando água destilada a um béquer contendo a porção de sal;

2. A solução de AgNO3 é feita adicionando-se nitrato de prata a 100 mL de água destilada, é importante que a solução seja saturada;

3. Adicione o ácido nítrico (HNO3) à solução de sal de cozinha;

4. Por último acrescente a solução de nitrato de prata (AgNO3) e misture, observe a formação de um precipitado no fundo.

O que ocorreu afinal?
O íon cloreto (Cl-) do cloreto de sódio (NaCl) se transforma em um precipitado sólido de cloreto de prata (AgCl), este precipitado é insolúvel e por isso fica depositado no fundo do recipiente.

Equação do processo:

NaCl + AgNO3 → AgCl + NaNO3

A equação permite demonstrar que o íon Cl- do NaCl é transferido para o AgCl durante a reação.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por: Líria Alves de Souza
Assuntos relacionados
As reações e fenômenos físicos que geram perda ou ganho de calor são estudados na Termoquímica
Termoquímica
Confira uma introdução ao estudo da Termoquímica que oferece uma base para que você prossiga aumentando seus conhecimentos nessa área.
Quando adicionamos açúcar na água que está fervendo, ela para de ferver. Isso é explicado pela ebulioscopia, uma propriedade coligativa
Propriedades Coligativas
Entenda o que caracteriza as propriedades coligativas, veja exemplos de cada uma delas e como calculá-las.
A clorofila é o pigmento verde das folhas.
Química da fotossíntese
Química da fotossíntese, fotossíntese de plantas, petróleo, carvão, fonte de energia, molécula de clorofila, energia luminosa, constituição celular, processo fotossintético das plantas, absorção de luz, dióxido de carbono.
O cientista americano Gibbs e sua fórmula da Energia Livre para o cálculo da espontaneidade de uma reação.
Energia Livre de Gibbs
Energia Livre é a energia da qual o processo dispõe para realizar trabalho útil, e pode ser usada para indicar a espontaneidade da reação.
Os dentes devem ser bem cuidados pois são essenciais para a mastigação e consequente sobrevivência do ser humano.
Equilíbrio Químico nos dentes
Dentro da boca há um equilíbrio químico no qual a hidroxiapatita se dissocia dos seus íons.
O soro fisiológico deve ser isotónico em relação ao sangue, ou seja, ambos devem possuir a mesma pressão osmótica
Pressão Osmótica
Para impedir que a osmose ocorra é só aplicar uma pressão externa, denominada pressão osmótica, sobre a solução mais concentrada.