Whatsapp icon Whatsapp

Como obter cloro líquido?

O cloro utilizado em piscinas passa por Eletrólise.
O cloro utilizado em piscinas passa por Eletrólise.

Todos nós sabemos que o elemento Cloro, em sua forma natural, se encontra no estado gasoso, mas como então ele é usado em forma de líquido para o tratamento de piscinas e água para Saneamento?

Tudo funciona à base da Eletrólise, que é definida como todo processo químico não espontâneo provocado por corrente elétrica. No caso da liquefação do gás Cloro, o processo diz respeito à Eletrólise aquosa, que é a passagem da corrente elétrica através de um líquido condutor, neste caso, a água.

A eletrólise do gás cloro (Cl2) é utilizada na produção de compostos orgânicos clorados e alvejantes. Esta última função se refere à propriedade do Cloro de eliminar microorganismos, ou seja, ele é usado para desinfecção. Como já foi dito, o cloro usado nesta função se encontra no estado líquido, acompanhe o processo que permite transformar Cloro gasoso em Cloro líquido:

Cl2 + H2O ↔ HCl + HClO

A reação de Cl2 no estado gasoso com água dá origem aos produtos HCl e HClO, ambos compostos se encontram no estado líquido.
 

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)
Publicado por Líria Alves de Souza

Artigos Relacionados

Pilha de Combustível
Entenda a diferença entre células e pilhas de combustíveis, sua constituição, funcionamento e por que elas vêm sendo consideradas por muitos como as pilhas do futuro.
Pilhas alcalinas
As pilhas alcalinas são essencialmente aquelas que possuem uma base como eletrólito em vez de um ácido.
Pilhas ou Células Eletroquímicas
Entenda o que caracteriza uma pilha em Eletroquímica, como ocorre o seu funcionamento, o que é o cátodo, o ânodo, a ponte salina, entre outros conceitos.
video icon
Texto"Matemática do Zero | Semelhança de Triângulos" em fundo azul.
Matemática do Zero
Matemática do Zero | Semelhança de Triângulos
Nessa aula veremos que para dois triângulos serem semelhantes é necessário que os ângulos correspondentes sejam congruentes e os lados homólogos proporcionais. Para isso, basta analisar os seguintes casos de semelhança de triângulos: AA (Ângulo, Ângulo), LLL (Lado, Lado, Lado) e LAL(Lado, Ângulo, Lado).