Energia de Ligação

Definição conceitual de energia de ligação

Observe a reação de formação de átomos de hidrogênio isolados, a partir de 1 mol de  moléculas do gás hidrogênio abaixo:

H2(g) → 2 H(g)   ?H = +435 kJ

Note que é preciso o fornecimento de 435 kJ de energia ao sistema. A energia é necessária na primeira etapa da reação, em que ocorre a quebra da ligação covalente do gás hidrogênio. Visto que absorve energia, esse é um processo endotérmico.

O mesmo ocorre em outros tipos de reação, inclusive com duplas e triplas ligações. Nesses casos, a energia de ligação corresponderá à energia necessária para romper 1 mol de ligações duplas e triplas, respectivamente. Como nos casos a seguir:

O2(g) → 2 O(g)    ?H = +497,8 kJ
O?O(g) → 2 O(g)    ?H = +497,8 kJ

N2(g) → 2 N(g)   ?H = +943,8 kJ
N≡N(g) → 2 N(g)   ?H = +943,8 kJ

Assim, esse valor da energia de ligação será o valor da variação de entalpia (?H) da reação.

No entanto, quando as reações em questão envolverem não só a quebra das ligações, mas também a formação de novas ligações, será necessário somar todas as energias envolvidas em todas as ligações, para determinar a entalpia da reação.

É importante lembrar que à medida que ocorre a formação da nova ligação, a energia é liberada, sendo, portanto, um processo exotérmico.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Para entendermos como se determina a energia total absorvida, veja o exemplo abaixo, da reação de formação do HCl(g):

H2(g) + Cl2(g) → 2 HCl(g)    ?H = ?
H?H(g) + Cl?Cl(g) → 2 H?Cl(g)    ?H = ?

Nesse caso, para romper 1 mol de ligação H?H, a absorção de 436 kJ é necessária. E para romper 1 mol de Cl?Cl, absorve-se 242,6 kJ. Somando esses dois valores, obtemos a quantidade de energia absorvida: ?H = +678,6 kJ. Lembrando que o resultado é positivo, pois a energia foi absorvida; e, em processos endotérmicos, o valor da entalpia é sempre positivo.

Já na formação de 1 mol de ligação H?Cl, foram liberados 431,8 kJ. O total de energia liberada é de 836,6 kJ, visto que na reação são formados 2 mols. Sendo um processo exotérmico, esse valor é dado como negativo.

Descobrimos o valor de ?H somando esses valores:

?H =?Henergia total absorvida + ?Henergia total liberada
?H = (431,8  + (-836,6) kJ)
?H = - 182 kJ

Usando esse método é possível determinar a entalpia de muitas reações. Na tabela abaixo constam os valores medidos de algumas energias de ligação:

Tabela com valores de energias de ligação em kJmol

A energia absorvida no rompimento de 1 mol de ligações é a energia de ligação
A energia absorvida no rompimento de 1 mol de ligações é a energia de ligação
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Lista de Exercícios

Questão 1

Veja a seguir a reação de cloração do etano na presença de luz:

Sabe-se que ela apresenta uma variação de entalpia igual a -35 Kcal.mol-1.Considerando os valores das energias de ligação presentes na reação, determine a energia da ligação C-Cl no composto CH3Cl.

C-H = 105 kcal.mol–1
Cl-Cl = 58 kcal.mol–1
H-Cl = 103 kcal.mol–1
C-C = 368 kcal.mol–1

a) -75 kcal.mol–1.

b) - 85 kcal.mol–1.

c) 85 kcal.mol–1.

d) - 95 kcal.mol–1.

e) 95 kcal.mol–1.

Questão 2

Observe a tabela referente aos valores de entalpias de ligação:

Com base nos valores fornecidos, qual será o valor do ΔH da combustão de 1 mol de metano?

a) – 532 kJ.

b) – 632 kJ.

c) + 432 kJ.

d) + 332 kJ.

e) + 732 kJ.

Mais Questões
Assuntos relacionados
As reações e fenômenos físicos que geram perda ou ganho de calor são estudados na Termoquímica
Termoquímica
Confira uma introdução ao estudo da Termoquímica que oferece uma base para que você prossiga aumentando seus conhecimentos nessa área.
A temperatura de ebulição da água depende da pressão atmosférica exercida sobre a superfície do líquido
Variação da pressão atmosférica e ponto de ebulição
Entenda por que em lugares onde a altitude é menor, o ponto de ebulição da água também é menor.
O núcleo atômico possui uma estrutura complexa. Para estudar as suas propriedades, utilizamos os modelos nucleares
Modelos nucleares
Conheça os principais modelos nucleares e saiba como eles descrevem os núcleos atômicos.
Nunca mais fique com dúvida quando o seu professor passar aquelas equações termoquímicas no quadro!
Equações Termoquímicas
Aprenda tudo que você precisa saber para interpretar as equações termoquímicas e escrevê-las corretamente.
Detritos domésticos são lançados nas águas e, mesmo em pequenas quantidades (ppm), podem provocar poluição
Concentração de soluções químicas em ppm
Entenda o que é a concentração em ppm (partes por milhão), como realizar seu cálculo e confira exemplos do cotidiano que usam essa grandeza.