Você está aqui
  1. Mundo Educação
  2. Química
  3. Química Geral
  4. Exceções à Regra do Octeto

Exceções à Regra do Octeto

A teoria eletrônica da valência, criada em 1916, pelos cientistas Gilbert N. Lewis e Walter Kossel, mais conhecida como Regra do Octeto, diz o seguinte:

Definição da regra do octeto

Assim, ao realizarem ligações entre si, independentemente do tipo de ligação (iônica, covalente ou metálica), os átomos envolvidos perdem, ganham ou compartilham elétrons com a finalidade de adquirir esse octeto eletrônico, ou seja, de ficar com oito elétrons na camada de valência e atingir a configuração de gás nobre.

Entretanto, na prática, existem exceções a essa regra, pois alguns elementos ficam estáveis com menos de oito elétrons e outros com mais. Além disso, ainda há alguns que se estabilizam com um número ímpar de elétrons. Vejamos alguns exemplos:

  • Contração do octeto (Estáveis com menos de oito elétrons):

Ocorrem nos elementos do segundo período em diante, principalmente nas moléculas que apresentam o berílio e o boro, além também de alguns óxidos de nitrogênio. Abaixo temos dois casos assim:

Exemplos de ligações que se completam com menos de oito elétrons, ocorrendo uma contração do octeto

No primeiro caso temos o difluoreto de berílio. Note que apenas com duas ligações, isto é, com 4 elétrons na camada de valência, o berílio já atinge a estabilidade eletrônica.

Já no segundo caso, no trifluoreto de boro, o boro adquire estabilidade compartilhando seus três elétrons de valência com três átomos de flúor, assim ele fica estável com apenas 6 elétrons na camada de valência.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em ambos os casos os átomos do flúor ficam com o octeto completo, mas o elemento central não.

  •  Expansão do Octeto (estáveis com mais de oito elétrons):

Esse caso ocorre em elementos do terceiro período em diante, pois, visto que são mais de oito elétrons que terão que se comportar na camada de valência, o átomo precisa ser relativamente grande. É por isso que os elementos do segundo período nunca se expandem. Os elementos principais nos quais essa expansão do octeto ocorre são o fósforo (P) e o enxofre (S):

Exemplos de ligações que se completam com mais de oito elétrons, ocorrendo uma expansão do octeto

No primeiro caso, o fósforo ficou estável com 10 elétrons em sua camada de valência; já no segundo exemplo, o enxofre ficou com 12 elétrons.

Isso pode ocorrer também em compostos de gases nobres formados em laboratório, como o XeF2 e o XeF4.

  • Estáveis com um número ímpar de elétrons:

São poucos os elementos em que isso ocorre, mas os mais comuns são os radicais livres NO, NO2 e ClO2, em que os elétrons na camada de valência dos átomos centrais são apenas 7. Veja um desses casos:

Exemplos de ligações que se completam com número ímpar de elétrons

O trihidreto de boro é uma exceção à regra do octeto, pois o boro possui apenas seis elétrons em sua camada de valência
O trihidreto de boro é uma exceção à regra do octeto, pois o boro possui apenas seis elétrons em sua camada de valência
Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
Artigo relacionado
Teste agora seus conhecimentos com os exercícios deste texto
Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios

Questão 1

Dadas as moléculas abaixo, indique a única que não segue a teoria do octeto.

a) CS2

b) CBr4

c) PCl3

d) BeH2

e) NH3

Questão 2

De acordo com a teoria do octeto, um átomo adquire estabilidade quando alcança a quantia de dois ou oito elétrons na camada de valência durante a realização de uma ligação química com um ou mais átomos. Existem, porém, situações em que alguns átomos não necessitam de oito elétrons para se tornarem estáveis, pois essa quantidade pode ser menor ou maior que oito elétrons. Baseando-se nesse fato, qual dos elementos listados é uma exceção à teoria do octeto?

a) Carbono

b) Oxigênio

c) Flúor

d) Nitrogênio

e) Boro

Mais Questões
Assuntos relacionados
O cloreto de sódio é um exemplo de composto formado a partir de ligação iônica entre os átomos
Ligação Iônica
Entenda como ocorre a ligação iônica, descubra seus princípios e características e aprenda a montar as fórmulas de compostos iônicos.
Transformações gasosas - exercícios
Aprenda a resolver questões envolvendo gases perfeitos.
As patas da lagartixa possuem milhares de filamentos que realizam uma força de atração com as moléculas da superfície
Força Intermolecular de Dipolo Induzido
Por que o gelo-seco sublima? Por que as lagartixas andam pelo teto? Leia aqui como esses fenômenos são explicados pelas forças de dipolo induzido.
Imagem meramente ilustrativa de ligação química envolvendo elétrons em camadas internas do átomo
Ligações químicas entre elétrons de camadas internas
Veja novos estudos que mostram a possibilidade de ligações químicas entre elétrons de camadas internas, o que vai contra as regras básicas da química.
Na molécula do etanol, temos apenas ligações sigma
Ligação sigma
Conheça as principais características da ligação sigma e entenda como ela acontece!
O Boro é um elemento químico que se localiza no grupo XIII da Tabela Periódica
Hibridização do boro

Clique e entenda passo a passo como ocorre a hibridização do boro e por que ela é conhecida como hibridização do tipo sp2.

Representação dos orbitais sp3 na molécula do metano
Hibridização sp3 do carbono
Clique e conheça como ocorre a hibridização sp3 do carbono e em que tipo de moléculas ela está presente.
A substância metano apresenta apenas ligações sigma entre os átomos.
Tipos de ligações sigma
Clique para aprender a determinar o tipo de ligação sigma existente entre os átomos presentes em uma molécula. Essa determinação é totalmente dependente do orbital (s, p ou hibridizado) incompleto existente em cada um dos átomos envolvidos nesse tipo de ligação. Retire todas as suas dúvidas sobre o assunto aqui!
O gás metano é uma substância cujas moléculas apresentam geometria tetraédrica.
Geometria tetraédrica
Clique aqui e amplie seus conhecimentos sobre geometria molecular conhecendo as principais características que determinam a geometria tetraédrica, a qual ocorre em moléculas pentatômicas cujo átomo central está ligado a quatro átomos iguais ou diferentes.
A Cromatografia é muito utilizada em laboratórios na identificação de substâncias orgânicas
Análise Cromatográfica ou Cromatografia
É um processo físico-químico de separação de misturas, mais especificamente, de sólidos em uma solução.
A teoria atômica criada por Dalton conseguiu explicar microscopicamente a lei criada por Lavoisier
Explicação de Dalton para as Leis Ponderais
Veja como a teoria atômica de Dalton explica as leis ponderais de Lavoisier e Proust.