Whatsapp icon Whatsapp

Por que as pilhas deixam de funcionar?

Não jogue pilhas usadas no lixo.
Não jogue pilhas usadas no lixo.
Pilhas são dispositivos nos quais uma reação espontânea de oxirredução produz corrente elétrica, mas o que faz estes dispositivos pararem de funcionar?

As pilhas só existem pela diferença de potencial (ddp) mantida por um gerador que é movido pelo fluxo de elétrons de um circuito fechado. Com o passar do tempo as pilhas se esgotam, ou seja, deixam de funcionar. Isto ocorre porque após algum tempo a ddp apresenta um valor insuficiente para sustentar uma corrente elétrica e a pilha é considerada esgotada.

É aí que surge a recarga, mas é preciso tomar alguns cuidados para fazer uso desta propriedade: para que uma pilha possa ser recarregada, suas semi-reações devem ser reversíveis, ou seja, precisam ocorrer em sentido oposto às que ocorrem na pilha em uso. Pilhas não recarregáveis podem explodir ao tentar recarregá-las.

Outro cuidado: não deixe as pilhas sem uso dentro dos aparelhos eletrônicos durante um longo tempo, para não ocorrer os chamados vazamentos. As lentas reações de oxirredução podem atacar o invólucro de zinco do interior da pilha, causando sua ruptura e em conseqüência o vazamento da corrosiva pasta ácida, danificando os aparelhos eletrônicos.

Agora uma pergunta: por que as pilhas alcalinas duram mais? Elas duram cerca de cinco vezes mais que as pilhas ácidas. As pilhas alcalinas funcionam com uma pasta básica de NaOH, já as pilhas ácidas com uma solução ácida de NH4Cl. O Hidróxido de sódio (NaOH) possui uma maior condutividade elétrica.

É importante ressaltar que não se deve descartar pilhas usadas em lixo comum, havendo lugares específicos para o descarte apropriado deste material. Procure os postos de recolhimento de pilhas de sua cidade, um exemplo são as agências do Banco Real, elas recolhem este tipo de lixo para uma posterior reciclagem.
Publicado por Líria Alves de Souza

Artigos Relacionados

Eletrólise em meio aquoso
Eletrólise
A eletrólise é uma reação não espontânea em que a energia elétrica é transformada em energia química.
A equação de Nernst é utilizada no potenciômetro (representado na imagem), equipamento que mede o pH ou o Kps de uma solução
Equação de Nernst
Clique e aprenda a determinar a voltagem de uma pilha em um determinado momento do seu funcionamento por meio da Equação de Nernst!
Ilustração da pilha de Daniell
Pilha de Daniell
Conheça a pilha de Daniell ou pilha de zinco-cobre, como ela é montada e seu funcionamento.
As pilhas de mercúrio são muito utilizadas em aparelhos elétricos que exigem um trabalho mais eficiente e duradouro
Pilhas de mercúrio
Conceito, aplicações, constituição, funcionamento, semirreações do cátodo e do ânodo, reação global e benefícios da utilização das pilhas de mercúrio.
O alumínio metálico produzido por eletrólise encontra-se no estado líquido
Produção de alumínio por eletrólise
O alumínio é atualmente um dos metais mais empregados em estruturas metálicas e na produção de objetos. Veja como ele é obtido industrialmente.
video icon
Biologia
Morfologia vegetal: adaptações da folha
Adaptações morfológicas especiais permitem às folhas desempenhar novas funções ou apenas exercer de forma mais eficiente processos como fotossíntese, respiração ou transpiração. Essas adaptações podem envolver a modificação completa da folha ou somente a mudança de cor, por exemplo. Venha entender melhor o assunto com a nossa videoaula sobre as adaptações da folha!

Outras matérias

Biologia
Matemática
Geografia
Física
Vídeos
video icon
Videoaula Brasil Escola
Inglês
Genitive Case
É hora de aperfeiçoar sua gramática na Língua Inglesa. Assista!
video icon
Videoaula Brasil Escola
Sociologia
Democracia racial
Você sabe o que significa democracia racial? Clique e nós te ensinamos!
video icon
Tigres Asiáticos
Geografia
Tigres Asiáticos
Assista à nossa videoaula sobre os Tigres Asiáticos, e conheça as razões do desenvolvimento rápido desses territórios.